SALVATORE QUASÍMODO, “OUVE-SE AINDA O MAR” – tradução de MANUEL SIMÕES

 

(1901 – 1968)

 

 

 

Leave a Reply