CARTA ABERTA DE PE. HÉRMINO FERREIRA DA DIOCESE DE BRAGANÇA-MIRANDA AO SEU BISPO – enviada por MÁRIO DE OLIVEIRA

 

 

N.D. Com pedido de divulgação, chegou ao JF esta CARTA ABERTA . Aqui se divulga, depois de confirmada a veracidade da mesma. Espera-se contribuir assim para que a comunicação entre o Pe. Hérmino e o respectivo Ordinário do Lugar aconteça. Para bem de ambas as partes.

71 Comments

  1. Esta carta dá que pensar.
    Retrata bem o desespero de um padre que para conseguir ser escutado pelo seu bispo tem que recorrer a uma carta aberta e fazê-la publicar aqui…é triste a situação, mas muito reveladora do que andará pela diocese de Bragança.
    E agora senhor bispo?
    Vai desacreditar este padre, como desde há séculos é apanágio da igreja católica desacreditar os que ousam pôr a nu os podres da igreja?
    Melhor seria que depois disto o senhor bispo juntos fizessem um esclarecimento publico AO VIVO!
    Sim, ao vivo. Só para termos a certeza que o senhor padre está a ser bem tratado por si e que não é coagido a dizer o que outros queiram que ele diga.
    Enfim senhor bispo…por uma questão de honestidade, transparência, civilidade e humanismo, explique lá essa história dos DOIS MILHÕES DE EUROS que a sua Caritas Diocesana tem guardados, como refere a carta.
    E explique o resto que lá vem denunciado.
    Sem azia, se faz favor!
    Quo vadis dom José!?

  2. Uma sábia e oportuna proposta, esta de Lucas dos Santos, que põe à prova a capacidade de humildade do bispo D. José Cordeiro. O Pe. Hérmino sentir-se-ia certamente compensado. Mas se não quiser ir tão longe, ao menos divulgue aqui, por escrito, e no Jornal Fraternizar onde param os dois milhões de euro da Cáritas. E também cada um dos outros parágrafos da Carta. Porque o Pe. Hérmino é cego devido à diabetes, mas não é surdo. E escuta o que lhe for dito ou lido. E se nem este gesto é capaz de ter, uma coisa lhe peço: não se meta a perseguir quem apenas pede que o escute e se lhe explique. E, por favor, não faça nada que atente contra a vida dele. Porque já não seria a primeira vez que quem na igreja católica se tornou incómodo aos da cúpula apareça morto, dias depois, na cama. Numa aparente morte natural. Sem que a autópiia ao cadáver revele o crime. Escutemos Jesus, o filho de Maria, “Quem entre vós quiser ser o primeiro, faça-se o último e o servo de todos”. Também por causa disso, foi morto na cruz do império. Mostre, D. José, que vai por Jesus, não pelo Cristo-Poder invicto. Seja Jesus. Não Poder invicto.

  3. O senhor bispo recusa-se a falar com um cego???
    Que vergonha senhor bispo!!!
    E são vocês os pregadores da moral e bons costumes!
    São vocês os que pregam o amor ao próximo, a caridade, o saber ouvir, a paciência, a humildade e sei lá mais o quê.
    Que vergonha senhor bispo!
    O senhor padre deve-lhe obediência, é seu subalterno, mas a si compete-lhe ser humilde.
    Isto que o senhor bispo está a fazer a este padre é perseguição laboral!
    Que vergonha senhor bispo!!!
    Será que há mais padres na sua diocese que se o confrontarem são perseguidos por si?
    Que vergonha senhor bispo!!!

  4. Infelizmente a Igreja comandada per bispos destes dá um péssimo exemplo. Há outros casos na diocese de bragança miranda, este bispo só fala do que lhe convém e do que lhe traz beneficio. Precisa-se transparencia no meio de tanta corrupção

  5. Lembrais-bos da manifestação de fiéis contra o Bispo de Bragança à porta da igreja, lá prás bandas de Carrazeda de Ansiãs por causa do bispo tirar de lá o padre?
    O que aconteceu ao padre Óscar?
    Oubi dizer que está castigado, sem paróquia.
    Como se goberna agora o rapaz?
    E será só esse padre que anda a amargar por causa do Bispo?
    Oubi dizer que nem os vhotes lhe escapam. Pois se nem um cego lhe escapa!
    Isto é o que dá mandarem um Bispo garoto a mandar na diocese.

    1. João Manuel Lobato,o Senhor Bispo não trata os seus colaboradores da mesma maneira.Uns são afilhados outros são indesejados,no caso do Senhor Padre Óscar ele é um dos indesejados.Porquê?.Porque é um Homem educado,pontual e sobretudo honesto.Então o poder eclesiástico juntou-se ao poder politico e eis que deu no que deu,a sua suspensão.De forma alguma interessava ao Senhor Bispo e seus afilhados ele manter-se em Carrazeda de Ansiães.O Evangelho para esses senhores já não é o que Jesus Cristo pregou aos seus discípulos?.Mudou?.Enquanto os interesses falarem mais alto que a Religião,podemos dizer que os fiéis acabarão por perder a sua fé e abandonar a Igreja.O Senhor Bispo que seja um Bispo a sério e que repare o mal que fez e está a fazer ao Senhor Padre Óscar.

  6. O Padre mais tontinho da diocese de Bragança – Hérmino Ferreira. Recusou sempre ser ajudado. Nas missas só dizia toleiras, hoje está completamente marado. Nas reuniões de clero, quando estava lúcido (se é que alguma vez esteve…) só dizia bacouradas! E anda este maluquinho do Mario de Oliveira nestas coisas. O bispo de Bragança incomoda-vos muito! Mas vai continuar, isso não duvideis. Quem ora muito e trabalha é assim. Quanto ao Hérmino, peça ajuda, mas isso sempre foi muito difícil. Um chochinho…

    1. Viva, Chicolinda, embora duvide que seja nome de gente que não tem medo e dar a cara. Pois então tome na devida conta esta Nota de Director (N.D.) do JF, na Edição 142 de Novembro 2018:
      Congratulem-se com o JF, que há razões para isso. A CARTA ABERTA de Pe. Hérmino Ferreira, Diocese de Bragança-Miranda, divulgada como DESTAQUE, da Edição 141, na última semana de Outubro 2018, e, três dias depois, também no Blog A VIAGEM DOS ARGONANUTAS, como Texto Fraternizar, surtiu o desejado efeito. Menos de uma semana depois, na tarde do dia 31 de Outubro, o Bispo D. José Cordeiro, acompanhado pelo seu secretário particular, dirigiu-se pessoalmente à casa onde Pe. Hérmino reside com uma irmã de sangue, para se encontrar cara a cara com ele. Na conversa referiu-se expressamente à Carta Aberta, divulgada pelo JF e pediu-lhe que apresente uma proposta concreta de actividade pastoral na diocese, que ele com gosto o nomeará oficialmente. Cabe agora ao Pe. Hérmino a liberdade de escolher que actividade pastoral quer assumir e realizar, de acordo com a sua própria consciência. Pessoalmente, congratulo-me com este resultado, prova provada de que outra coisa não quero, como presbítero-jornalista da Igreja do Porto, senão que seja feita justiça a quem na igreja como na sociedade se sente injustiçado. Quanto a mim, estou bem com a minha condição de presbítero-jornalista da Igreja do Porto, mesmo sem nomeação diocesana, uma vez que não é a nomeação episcopal que me faz ser o que sou por vocação, desde o ventre de minha mãe, Ti Maria do Grilo, jornaleira. Congratulem-se, pois, comigo, com o Pe. Hérmino e com o JF. Entretanto, há ainda uma grave situação, referida na Carta Aberta, que continua por esclarecer. Concretamente, O que é feito dos mais de dois milhões de euro da Caritas diocesana?!

    2. Ó senhor padre Chicolinda, que vergonha o seu comentário!
      Como sei que é um senhor padre?
      Fácil!
      Quem é que vai às reuniões do clero se não os senhores padres?
      Então o senhor reverendo Chicolinda em vez de debater o conteúdo da carta aberta do seu colega vem para aqui insultá-lo e insultar o senhor padre Mário Oliveira?
      Que vergonha senhor padre!
      Certamente não aprendeu isso nos Evangelhos.
      Não lhe faria nada mal banhar-se nas águas da Congida para refrescar as ideias, ou então ir até ao penedo durão aprender a sabedoria das àguias de Boneli ou perceber com os abutres do Egipto, que até os abutres (aves) não insultam os seus pares.
      Discuta conteúdos senhor padre Chicolinda, não insulte.
      Que vergonha senhor padre!

    3. O padre Chicolinda,é que devia estar caladinho.Quem não tem coragem para dar a cara não é digno de credibilidade,logo não tem o direito de vir enxovalhar o tal Senhor Padre Hérmino.Marado deve ser o padre Chicolinda…Vá dar uns passeios deve estar a precisar,e não se esconda atrás de um nome que não é o seu , não ande a jogar ao esconde esconde.

  7. O Sr Padre Hérmino faz aqui umas perguntas muito pertinentes. Seria bom que alguém da diocese falasse sobre isto, mas não só falam daquilo que lhes interessa. Era bom que alguém falasse ou escrevesse sobre o que se está a passar nas contas da diocese e nos Centros Sociais e Paroquiais. Falta credibilidade na diocese, falta bom senso.

    1. Sim, sim, Ramiro Fonseca. Até porque, como nos diz JESUS SEGUNDO JOÃO, só a Verdade nos faz livres. Cabe ao Bispo D. José Cordeiro fazê-lo. Deixe de viajar tanto para Roma, de onde veio para Bragança. Ou então regresse lá de vez. E o seu imediato sucessor na diocese – para bispos continua a não haver falta de vocações! – peça de imediato uma auditoria às contas. Não é só o Pe.Hérmino que está em causa. É a diocese que agora está confrontada com a sua lúcida e corajosa CARTA ABERTA. Vamos a isso, D. José Cordeiro? O meu abraço presbiteral.

    2. Ramiro Fonseca, levanta aqui uma questão muitíssimo pertinente – a relativa aos Centros Sociais e Paroquiais. Todos os cidadãos têm o direito de saber o que se passa, não só os católicos, porque o dinheiro público que vai para os CSP provêm dos impostos de todos e não só de quem é católico. O sr bispo que explique, por exemplo, o que se passou e anda a passar-se com o CSP de Rebordãos. É que se ouve dizer por aí muita coisa e ninguém aparece para apresentar contas publicas e esclarecer. O sr bispo parece que veio dividir para reinar. Seja transparente. Esclareça!

  8. Concordo plenamente com o Senhor Mário de Oliveira.Já agora deixo aqui um recadinho para o Senhor D José Cordeiro que é o seguinte.Por é que a Cáritas diocesana tem esses milhões guardados?.Será que não há necessitados na nossa Diocese?Não há idosos que deixam de comer para pagarem os medicamentos e mesmo assim ainda não os compram todos?.O Senhor D José já se inteirou disso?…Talvez prefira privar com ricos e os que detêm poderes…E voltando aos tais milhões faço aqui um pedido ao Senhor D José.A Igreja de Pombal de Ansiães Aldeia que me viu nascer necessita e MUITO de obras.Vi todas as Igrejas do Concelho serem restauradas menos aquela que é tão bonita!.Não quer custear as obras que ela precisa?.Se o dinheiro está em conta bancária e não é preciso para mais nada talvez com a sua boa vontade possa servir para restaurar aquela Igreja que faz parte do nosso Patrimóneo Religioso.Deixo à Sua consideração.

  9. Depois destas denuncias todas, tão sérias, tão graves, o senhor Bispo D. Cordeiro tenciona continuar calado? Não vai dar explicações aos “seus” diocesanos? Considera-os tão propriedade sua que não merecem um esclarecimento? Considera-se V. Exª Rev.mª assim tão acima do bem e do mal que não possa humildemente descer à terra e falar àqueles a quem, quiçá, considere seus subditos?

    1. O Bispo devia ser “IRREPREENSÍVEL”devia,a ética assim o exige,mas a verdade é que não é.O que ele está a fazer ultrapassa todos os limites sejam eles pastorais,morais,falta de bom senso e uma total falta de respeito para com muitos colaboradores e nomeadamente o Povo desta Diocese.Vá lá Senhor Bispo,veja se ocupa como deve ser o seu lugar e não trate as pessoas abaixo de cão que é o que está a fazer.Afinal o Senhor vive à custa de quem?.

  10. Parabéns senhor padre Hérmino pela sua carta tão corajosa.
    Certamente muito mais terá a denunciar, porque o deixa nas entrelinhas do final da carta.
    Para bem da verdade que nos liberta de tudo o que nos oprime, esperamos que outros padres denunciem também.
    É que nem todos são como os vaidosos que rodeiam o bispo, o bajulam e granjeiam a sua confiança. Esses é só carrões, roupas de luxo, férias de luxo, concertos caros, futebol no estrangeiro e mais um rol de coisas que descaradamente publicam nas páginas das redes sociais.
    Senhor bispo, faça-se um favor: VOLTE PARA ROMA!!!
    Já fez estragos de mais.

  11. Já era tempo de o senhor bispo dar a cara e prestar contas com transparência. Para além das denúncias graves feitas pelo senhor padre Hérmino, têm aparecido outras nos comentários. Fora aquelas que as pessoas eventualmente tenham medo de denunciar!
    Se o senhor bispo é capaz de perseguir os senhores padres, sem olhar à idade nem ao estado de saúde, imaginamos o que seja capaz de fazer com os leigos!
    Era melhor que o senhor bispo deixasse de se comportar como um menino mimado e prestasse contas públicas. Se não quer fazê-lo aqui, nem no Jornal Fraternizar, ao abrigo do direito de resposta à carta aberta, faça-o no Jornal da sua Diocese.
    Seja transparente, seja IRREPREENSÍVEL como pede o líder máximo da sua Igreja.
    E no caso do líder máximo da sua Igreja, um pedido do Papa é uma ORDEM!
    Ou acaso o senhor bispo esqueceu que a palavra do Papa é INFALÍVEL, de acordo com os cânones da sua Igreja?
    Os seus padres devem-lhe obediência a si e aos seus sucessores e o senhor bispo não deve obediência ao seu Papa? O senhor bispo só deve obediência ao seu Deus QUE NUNCA NINGUÉM VIU?
    Só para terminar, senhor bispo, deixo-lhe do dicionário da Língua Portuguesa, o significado da palavra IRREPREENSÍVEL e uma questão final:
    “Que não merece censura; que não merece ser repreendido.”

    Acaso o senhor bispo pensa que a sua conduta não merece censura nem repreensão do povo???

    ACORDE!!!

    1. A Concordata protege padres e bispos de tudo. Até os livra de pagar impostos!
      Ser irrepreensível é algo que não me parece que a Concordata recomende aos bispos…
      Que “santa” é a Concordata…até os livra de terem que responder em Tribunal Civil!
      Eles só prestam contas ao Eclesiástico e ao tal DEUS QUE NUNCA NINGUÉM VIU.
      Quem dá o sustento aos bispos e aos padres?
      O povo crédulo, crente, que na sua fé simples, humilde, sem questionar, vai à igrejas, às missas, à idolatria das procissões, carregando bonecos a que chamam santos, em andores.
      É disto que esses comilões se alimentam:
      – da boa fé dos simples.
      É só reparar nas missas que os crentes pagam pelas intenções de defuntos. O padre celebra UMA ÚNICA MISSA, mas foram, por exemplo, 20 crentes a encomendá-la para esse dia. O padre não recebe por uma missa, já que foi isso que ele realmente fez – uma missa pelas intenções de 20 pessoas. Ele recebe por 20 missas! E em 15!20 minutos, mete ao bolso 200€ ou mais. Sem recibo, livres de impostos!!!
      Sabendo que cada um destes negociantes pode celebrar até 3 missas por dia, de acordo com as regras canónicas deles, é só fazer as continhas.
      Esta gente GOVERNA-SE à custa da boa fé dos incautos.
      Para não falar de CPS, e outras muitas mais coisas subsidiadas pelo Estado Laico em que essa gente anda metida.
      Uma cambada de parasitas!!!
      Jamais o bispo prestará contas às pessoas honestas!

    2. O Senhor Bispo D José Cordeiro é o maior!!!. Não deve obediência a ninguém, pensa ele, mas pensa mal.Como pode ele ser obediente a DEUS se ele se uniu ao diabo?.A ele ninguém lhe desobedeceu ele é que se escudou no silêncio e no empolgamento do eu cá sou o Bispo faço o que me apetece e não se dignou responder a quem só queria saber a razão do seu afastamento deste Concelho,isto no caso do Senhor Padre Óscar.Aqui está a prova de que ele não tinha resposta plausível para lhe dar muito embora todos saibamos bem os motivos.Não se esqueça que o Povo não é burro o Povo sabe tudo.Senhor Bispo procure outros caminhos porque os que tem pisado há uns tempos para cá são muito maus.

  12. Mais uma explicação é pedida ao Bispo da nossa Diocese.Mas pelo que vejo ele não dá explicações a ninguém está-se borrifando para as causas e para as pessoas que têm o direito de ser informadas.Onde está a humildade que lhe era suposta ter quando aceitou seguir a vida Eclesiástica e agora na figura de Bispo?.Que triste figura está a fazer Sr Bispo!!!.Como pode desprezar assim as ovelhas/pessoas que lhe foram confiadas?. Que doutrina é que professa, a Cristã que é a da humildade e amor ao próximo,ou a do riquísmo do luxo,da vaidade e do ódio?….Esta segunda doutrina são só pecados Sr Bispo!…Sr Bispo estamos a viver o Advento,o Natal aproxima-se seja generoso,quanto mais não seja, seja fiel ao seu rebanho.As suas ovelhas gostariam que o Sr se explicasse.Brinde-nos com essa prenda neste NATAL.

  13. Maria José Silva,dessa ainda não tinha ouvido falar mas deste Bispo e seus “PUPILOS” venha o que vier já nada me surpreende.O que eles são é uns ditadores, quem não disser amém com eles é descriminado,falo por mim mesma.Pessoalmente estou desiludida com essa gente.Como diz e bem o povo/pobre que sofra e que pague.Confiemos na justiça Divina.

    1. Lurdes Carvalho isto só é a ponta do iceberg. Há por aí muitos santos negócios que parecem perfeitamente inocentes e tão normais como outros mas que na verdade pertencem à santa igreja. Quem aparece a dar a cara são cidadãos leigos, mas o dono do negócio não são eles.

      1. Joaquim Gonçalves Silva vamos ver se com as “alterações climáticas” o iceberg se desmantela e que tudo seja esclarecido o que acho muito difícil.

  14. Ontem, dia 27 de Fevereiro de 2019, a Carta Aberta do Padre Hérmino Ferreira tinha 1306 leituras, registadas nas estatísticas de “A Viagem dos Argonautas”. Haverá mais leituras, através das redes sociais, que não conseguimos incluir nas nossas estatísticas.Tendo em conta também os 29 comentários de excelente nível que mereceu este post, julga-se que está a ser alcançado o objectivo de contribuir para o diálogo. Não se perde a esperança de se alcançar o entendimento entre as partes e de que justiça seja feita. Estamos disponíveis para continuar neste caminho. João Machado.

    1. Acabo de ler e fico agradevelmente surpreendido com o acolhimento que está a ser dado a esta CARTA ABERTA,do Pe. Hérmino Ferreira, da Diocese de Bragança e Miranda. Como ela começou por ser publicada no site http://www.jornalfraternizar.pt do qual sou seu Editor e Director, acho que o mensário, agora só online, cumpriu bem o seu dever deontológico. Um dever que outros jornais ditos de referência recusaram assumir na altura. Certamente pelo ‘melindre’ que é mexer em interesses eclesiásticos instalados. Coisa que o vespertino REPÚBLICA, onde recebi a minha Carteira Profssional de Jornalista me ensinou a não respeitar. Assim como Jesus Nazaré, o dos Evangelhos canónicos, tão pouco os respeitou. O chicote no templo, protagonizado por ele, em abril do ano 30 em Jerusalém, é disso o mais gritante exemplo. Os interesses instalados eclesiásticos hão-de ser tratados como todos os outros. Está a ser difícil. É ver que até os horrendos crimes de pedofilia dos clérigos, uma realidade tão antiga quanto a existência dos clérigos, só agora começam a sair do armário de séculos, tantos quantos os da Cristandade Ocidental, que o Concílio Vaticano II derrubou nos Documentos que aprovou, mas que os papas pós-concílio, com destaque para João Paulo II e Bento XVI tudo fizeram para travar. E, infelizmente, com êxito. Bom será que o bispo D. José Cordeiro deixe de insistir na postura de varrer o lixo para debaixo do tapete. Os milhões da Caritas diocesana exigem uma clarificação. O Silêncio em volta desse caso e de outros mais, grita dia e noite e acabará por derrubar o bispo e, porventura, a diocese. Porque as populações, felizmente, já não são mais ‘rebanho’, nem os bispos, por mais que se mascarem de ‘pastor’, onseguem esconder os mercenários que efectivamente são. Resultado, O templos paroquais e as catedrais acabarão vazios e frequentados por ratos. De resto, à luz de Jesus, da sua Fé e da sua Teologia, nunca deveriam ter sido sequer construídos. Muito menos frequentados. Porque só lá onde dois ou três vivem a actuam reunidos em nome de Jesus é que o seu Sopro ou Ruah é fecunda intervenção política.

  15. Admirável comentário o do Senhor Padre Mário de Oliveira com o qual concordo totalmente.Não podemos deixar que as coisas continuem como estão.A verdade e a justiça acima de tudo doa a quem doer e mais nada.E o caso do Senhor Padre Óscar Paiva também não pode ficar esquecido.

  16. Muito bom saber o quanto a carta do senhor padre Hérmino tem sido lida aqui neste site. padre Mário Oliveira, muito brigado pelo seu comentário, pelas suas denúncias sempre acutilantes e certeiras e muito obrigado também ao senhor João Camacho pela transparência desta página. Lourdes Carvalho, tem toda a razão, o caso do senhor padre Óscar Paiva não pode ficar esquecido, assim como não pode ficar esquecido o paradeiro dos mais de dois milhões de euro da Cáritas Diocesana. Já agora, diz-se por aqui, que do santuário dos Cerejais também é preciso explicar por onde andam mais de um milhão de euro.

  17. Então e nos outros santuários das inúmeras senhoras de pau está tudo bem? Não há roubalheiras por lá? Vamos ver se sou capaz de dar conta do recado dos santuários de bonecas de pau milagreiras na diocese do bispo: senhora da assunção em Vila-Flor; senhora do aviso em Bragança; senhora da serra em Bragança; senhora das graças em Bragança; senhora da luz em Miranda; senhora do campo em Macedo; senhora do amparo em Mirandela… Talvez até haja mais senhoras-estátuas de pau que a crendice popular traz em ombros e cobre de ofertas em dinheiro e até em ouro, só que eu não lhes sei os nomes nas as terras que estas bonecas dominam.
    Mas o que me deixa boquiaberto é que a crendice chega a pessoas supostamente cultas e com cargos de muita responsabilidade.
    Como se explica que haja presidentes e vice-presidentes de Câmaras Municipais que vão às procissões da santa igreja e carregam os andores das senhoras de pau às costas?
    Será que é porque acreditam mesmo que aqueles bonecos de pau fazem milagres, ou será que é só para fazerem a crendice popular acreditar que eles também acreditam?
    Desculpem-me os crentes, mas eu não acredito em religiões, acredito em pessoas e acredito que as religiões foram criadas por pessoas para poderem dominar outras pessoas.

  18. E o Senhor Bispo continua surdo e mudo como se não fosse nada com ele.Eu acho que as pessoas já estão a perder a paciência.Vá lá Senhor Bispo explique-se que já é tempo demais.

    1. Sabem, Lourdes Carvalho e João Almeida e demais leitoras, leitores-comentadores desta Carta Aberta? Nunca o bispo D. José Cordeiro virá explicar-se aqui neste Blog. Muito sinceramente o digo, não é sequer o que eu espero dele. Como bispo titular e residencial da Diocese de Bragança-Miranda, ele sabe que tem por ele a Concordata que, como tratado entre dois Estados – o do Vaticano e o de Portugal – está acima da própria Constituição da República. Enquanto ela existir, os privilégios clericais-episcopais estão de pedra e cal. E tudo isento de impostos. Importa que as pessoas mais lúcidas e conscientes e sem pretensões a carreirismos de nenhuma espécie, aceitem viver próximas e religadas às populações crédulas e carenciadas de tudo, para que elas progressivamente abram os olhos da sua mente e deixem os santuários das nossas senhoras às moscas e às urtigas. Têm de ser elas a fazê-lo. E só o farão, quando, como Jesus na cruz do império, recusarem o ópio que todos esses espaços são. Um ópio que ajuda a anestesiar as inúmeras dores da vida, sem nunca as curar, pelo contrário, até agravar. O Bispo D. José Cordeiro deveria assumir este serviço pastoral maiêuitico junto das populações, mas como, se o sonho dele, ao deixar Roma rumo a Bragança, é chegar a cardeal da Cúria e, se possível, a papa? Exijamos, sim, o fim da Concordata e com ela a primazia dos bispos residenciais católicos na sociedade portuguesa. É o primeiro grande passso para a libertação das mentes das populações condenadas a um multisecular e imerecido abandono-sofrimento. Demo-lo. Fico em comunhão.

  19. Seja como for o Senhor Bispo se fosse um verdadeiro Pastor da Igreja e se soubesse ocupar o seu lugar zelando pelo Povo que lhe foi confiado punha de lado os interesses e não se escondia à sombra da Concordata para esconder os seus erros e talvez os de outros,mas sim ter humildade para se redimir dialogando com o Povo,Povo esse que foi quem pagou a sua ordenação e ainda hoje continua a pagar todas as suas mordomias.Muito sinceramente digo que devia ser ele o primeiro a dar o exemplo.O que ele e alguns Párocos estão a fazer com tudo isto é tirarem às pessoas a vontade de os ouvirem até porque um Católico pode perseverar a sua Fé, ir à Igreja quando quiser, fazer as suas Orações sem ter que se sujeitar muitas vezes a piadas e histórias que nada têm a ver com o Momento ou seja a Celebração da Santa Missa.Sou Católica não muito praticante,agora até sou Cristã de Porta Aberta.Temos uma Igreja com dois pesos e duas medidas com o que eu jamais concordarei,somos todos Filhos de DEUS.

  20. O povo de Carrazeda continua à espera da tal resposta do bispo a propósito da saída do Padre Oscar…mas está visto que o bispo se vai fechar na hipocrisia. Mas já toda a gente sabe que o Padre Oscar tinha que sair porque não alinhava nos esquemas dos outros e assim o bispo quer camuflar o que se passa nos lares e outras instituições. Vergonhoso o que se continua a passar por aqui

  21. Manuel j Morgado,na verdade todos nós sabemos o que passou na transferência do Senhor Padre Óscar Paiva.Quanto ao Senhor Bispo se fechar na hipocrisia não me admira minimamente pois ele é mesmo Hipócrita e Covarde e será nesses parâmetros que viverá melhor pese embora lhe fique “MUITO MAL”,
    de duas uma ou se está na Igreja Católica e se é Católico cumprido as Leis de DEUS e não dos interesses instalados, ou então o que ele e outros fariam melhor seria demitirem-se ou irem para Roma e ficarem por lá para sempre,gente desta não faz cá falta nenhuma só nos fazem pecar.

  22. Para quem não sabe e para que conste então aqui vai.No concelho de vila flor há um padre que aliciava uma criança quando ele se ia confessar e levava-o para casa dele e o diabo a sete.A família apresentou queixa e o tal padre e o queixoso já foram ouvidos pelo bispo.Isto é só para bocês verem a pouca vergonha que vai neste concelho.Ele são os centros sociais e paroquiais que foram roubados para já estão a ser invetigados O da fontelonga e o do mogo já se sabe que os istrago cão mais de 300.000 euros.Agora num sabem o que se passa com a fonte longa está tudo de bico calado mas que há lá muita coisa ruin ai isso há.

  23. Querida Sofia Antas. Não me surpreendeem as revelações que aqui nos acaba de fazer. Na Diocese de Bragança-Miranda, o bispo titular está bem seguro pelos cardeais da Cúria romana, seus amigos e sem os quais nunca seria o que é,desde há anos, D. José Cordeiro. No máximo, seria um clérigo mais dos que por aí levam a sua vidinha mais ou menos criminosa, sem que a PJ se atreva a sair-lhes ao caminho e a invadir-lhes as respectivas residências paroquais. Já o fazem a alguns autarcas municipais e respectivos muncípios, mas não aos clérigos párocos nem às muitas paróquias que cada um deles tem por conta. As graves revelações que aqui nos faz não me surpreendem, porque de D. José Cordeiro e da sua diocese Bragança-Mirande já nada me surpreende. Tudo lhe é permitido. Desde que a Carta Aberta do Pe. Hérmino revelou a ponta do iceberg da corrupção que grassa na Diocese e nada aconteceu, não é agora que esses gravíssimos abusos de menores que aqui denuncia vão causar mossa ao todo-poderoso bispo. As famílias podem apresentar queixa ao bispo, como aqui nos diz, e os envolvidos nos diversos casos podem ser ouvidos por ele. Quando deviam ser ouvidos pela PJ. Não são. Assim, fica tudo em família, não a de sangue, obviamente, mas a da Máfia que sempre têm sido as dioceses territoriais. Saiba que os bispos titulares são administradores das respectivas empresas e só prestam contas ao Bispo de Roma que os nomeou e ao qual juram fideldade e sigilo. É assim, desde Constantino, imperador de Roma, o tal que aprovou o Credo de Niceia-Constantinopla e o impôs por decreto a todos os seus súbditos. Hoje, súbditos de cada papa, todos sucessores de Constantino. Saiba, querida Sofia Antas, que o cristianismo é estruturalmente imperial, por isso, prepotente, mentiroso, ladrão e assassino. Já é ele que, em Abril do ano 30, crucifica Jesus, o filho de Maria e faz dele o maldito dos malditos. E continua aí com o poder de julgar e condenar todos os outros poderes do mundo, sem que nenhum deles o possa julgar e condenar a ele. O que fazer, então, perante isto? Uma coisa podemos fazer. Concretamente, deixarmos às moscas todos os templos e todos os santuários. E organizarmos a nossa vida, longe de todos esses locais e seus clérigos. Porque a Deus nunca ninguém O viu e, segundo nos revela Jesus, Ele é mais íntimo a nós que nós próprios e habita-nos para nos potenciar de dentro para fora, de modo a fazermo-nos próximos uns dos outros até nos tornarmos plena e integralmente humanos religados uns aos outros e ao cosmos. Ousemos,pois ir por aqui num Hoje sem ocaso. Omeu beijo de irmão.

  24. Mário Pais de Oliveira,esqueci-me de dizer no meu anterior comentário que a policia judiciaria foi buscar o tal padre a sua casa agora o que se vai passar temos de esperar pra ver se calhar não vamos ver nada mas.

    1. Querida Sofia Antas. Se a PJ já levou o referido clérigo, poce ser que também acabe por levar o bispo D. José Cordeiro que sabe de tudo,mas faz de conta. As populações de Bragança-Miranda, assim como as do resto do país, estão bem melhor sem clérigos do que com eles. Somos seres humanos e só religados uns aos outros podemos viver com dignidade. Os clérigos são estranhos no meio das populações. E estas não reconhecem a voz dos estranhos. Só a de outros seres humanos como elas. Basta de estranhos a conduzir as nossas vidas. Ousemos tomar em mãos os nossos próprios destinos. O meu beijo. E um grande abraço ao Pe. Hérmino, cuja Carta Aberta veio mostrar que o rei-bispo vai nu.

      1. Padre Mário Oliveira, será que um dia ficaremos a perceber claramente porque é que que há cada vez mais padres com uma rica vida, ou melhor dizendo, com uma vida de rico? Carros e motas de luxo, roupas de Griff, boas casas e apartamentos luxuosamente mobilados, viagens duas e três vezes por ano instalados em hotéis de luxo, comer em restaurantes gourmet com Chefes de estrela, concertos musicais caros, ir aos estádios de futebol ver o Benfica jogar no estrangeiro…
        Depois ainda se gabam disso nas redes sociais.
        A mim quer-me parecer que isto anda tudo ligado, a corrupção que grassa na igreja e a vida folgada destes folgazões.
        Mas tem toda a razão, o melhor mesmo é deixar de frequentar igrejas.
        Com elas vazias o Estado Laico terá que deixar de subsidiar as Instituições desta gente.

  25. Já agora que se fala aqui das Instituições Sociais eu gostava muito que o bispo dissesse porque é despediu a antiga diretora da Obra Kolping de Bragança.
    Pergunto-me o que se terá passado, se a senhora foi vezes de mais à missa, se andava mal vestida, se tinha um carro a cair de podre, ou se seria demasiado zelosa com as crianças que a Instituição acolhe, ou até demasiado simpática com as funcionárias que lá trabalham.
    Não é por nada, é mesmo só para perceber o que se passou…
    É que essa Instituição é da santa igreja do bispo, mas é mais uma que vive à custa dos subsídios do Estado Laico.
    É estes gosmas da igreja católica pensam que é só mamar e não dar explicações sobre o que acontece por lá.
    Estamos fartos sr bispo.
    Fartos da sua incompetência, da sua falta de transparência e da sua hipocrisia.
    Até já estamos fartos do seu sorrisinho!

  26. Mário Pais de Oliveira o tal Clérigo foi levado pela policia judiciaria ou sexta à noite ou sábado de manhã do fim de semana que passou mas no domingo já rezou missa esteve lá pouco tempo.A vergonha é coisa doutros tempos!.Desejo-lhe um bom fim de semana.

    1. Alberto da Silva
      Se estiver à espera que o Sr Bispo fale espere numa poltrona bem confortável porque senão vai-se cansar.O Senhor Bispo não dá satisfações a ninguém,é tudo dele e então põe e dispõe a seu bel prazer.Muitas pessoas do Concelho de Carrazeda já estão desde Setembro do ano que passou à espera de resposta às muitas cartas que lhe enviaram pelo fato de ele ter transferido um Padre deste Concelho para outro sem qualquer razão a não ser a de que ele era um”HOMEM HONESTO” Para ele o Povo não conta para mais nada a não ser para lhe dar o direito de ele ser um Bispo Residencial e passear,viver à grande e à francesa à custa do Pobre Povo que é quem paga.Segundo li ele está protegido pela Concordata, então só resta lutar para que acabem com a tal Concordata até que a “Corda” rebente.

      1. Lurdes Carvalho, a Concordata é um Tratado Internacional entre o Estado Português e a Cidade Estado do Vaticano, não é fácil de acabar com ela. Pois se nem a revolução de Abril de 1974 conseguiu tal proeza!
        O Vaticano não é uma religião nem o Papa é um santo. O Vaticano é um Estado independente, dentro da cidade de Roma, capital do Estado Italiano. O Papa é um chefe de Estado e cabeça de uma religião com 2000 anos de existência.
        Para mim a solução passa por não frequentar as igrejas dessa gente perigosa. Para a solução é igrejas vazias. Que fiquem lá eles e que se comam uns aos outros.
        Prefiro a amizade, o amor incondicional, a honestidade, a partilha, entre autênticos seres humanos que entendem e respeitsm a sua humanidade a sua fragilidade e por isso respeitam os outros.
        Enfim, é só a minha opinião.

  27. Lurdes Carvalho, o padre Óscar Paiva foi nomeado para 10 paróquias em Miranda do Douro, por Decreto do bispo com data de 31 de julho 2019.
    Veja aqui:
    https://www.diocesebm.pt/sites/default/files/documentos/comunicado_001_2019_-_servico_eclesial.pdf

    Falta saber se o padre Óscar aceita a absoluta e suprema decisão do Ordinário da Diocese…
    Não, Lurdes Carvalho, não estou a ofender a figura eclesiástica porque aos bispos também se dá essa designação, caso não saiba.

    1. José Manuel Pires
      Se o Senhor Padre Óscar aceita ou não aceita a nomeação do Sr Bispo,essa pergunta deve fazer-lha diretamente a ele.Conversados?.

      1. José Manuel Pires
        Depois de ler com mais atenção as nomeações feitas no dia 31 de Julho pelo Senhor Bispo reparo que no Arciprestado de Moncorvo onde se inclui Carrazeda de Ansiães não vi nomeação nenhuma ou que se mantivessem as anteriores nomeações a não ser em relação ao Sr Padre Bruno que fica como Formador do Seminário de S José mantendo as anteriores nomeações.Pela lógica, penso eu deveriam ser todos os Clérigos mencionados dizendo que mantinham as anteriores nomeações e não estão,a menos que a (Lei da Igreja) considere que não é
        necessário!.Se assim for desde já me redimo.

    1. Deixo-Vos aqui, à guisa de Comentário, o meu Twitte de hoje: Há mais um caso de um clérigo católico acusado de abusos sexuais num adolescente. É da Diocese de Bragança. Pouco adianta denunciar casos. O que importa é atacar a causa que os provoca. E a causa é o Sistema eclesiástico. Mascara-se de bom e santo mas é intrinsecamente corruptor.

      1. Mário Pais de Oliveira,é muito importante e urgente que se saiba quem é o outro clérigo acusado de abusos sexuais a um adolescente porque a prática pode continuar. É um ser tão importante que o seu nome não possa ser revelado, que querem que fique incólume a tão hediondos atos?.Eu, pessoalmente penso que terá que ser feita a devida justiça.Mas este é o meu pensamento seja quem for.

    2. José Manuel Pires
      No dia 2 de Agosto perguntou a Sofia Antas sobre as nomeações do Bispo em 31 de Julho onde suspendeu um Padre logo a seguir no dia 3 o Padre Mário Pais de Oliveira vem denunciar que há mais um clérigo da Diocese de Bragança acusado de abusos sexuais num adolescente.Por acaso quando fez a pergunta a Sofia Antas já sabia já do segundo caso ou foi mera coincidência?…

  28. Tem toda a razão padre Oliveira naquilo que escreveu no seu Twitte. “O Sistema eclesiástico é corruptor, mascarado de bom e santo”.

    Na verdade é um lobo mascarado de cordeiro e nessa diocese, por coincidência o “cordeiro” é bispo.

    Segundo notícia do JN de ontem, 4 de agosto 2019, o padre vai aguardar no estrangeiro o desfecho do processo que está a decorrer no tribunal do santo ofício em Roma (hoje em dia a santa inquisição está camuflada com o nome eufemístico de congregação para a doutrina da fé).

    Espero mesmo que seja uma notícia falsa.
    Francamente! Se o homem é inocente porquê escondê-lo no estrangeiro?

    Para onde é que o bispo está a pensar enviá-lo?
    Para o Vaticano onde ninguém mais o julgará e condenará, ou para uma qualquer Missão que acolhe crianças e jovens órfãos em África?
    Se ele é mesmo pedófilo isso será igual a “meter a raposa dentro da capoeira das galinhas”!

    Porque razão não pode aguardar em Portugal?
    O bispo que o meta num mosteiro de clausura, mas em Portugal!!!

    Também a TVI hoje, no “Jornal da Uma” passou e confirmou essa notícia do JN, adiantando ainda que o processo já se desenrola desde o início do ano e que o padre já confessou ter mantido uma relação com esse menor, hoje adulto.

    Segundo o Correio da Manhã, que noticiou em primeira mão no passado dia 3 de agosto, o seminarista tem agora 18 anos, logo, já é considerado adulto e imputável.

    Não sei quem é esse seminarista, uma vez que ele prefere o anonimato, e faz muito bem em preferir para se resguardar, por isso também não sei quando fez os 18 anos…mas pergunto-me em voz alta:

    1 – A ser verdade o que noticiou a TVI, que o processo já decorre desde o início do ano 2019, será que quando se iniciou o processo a vítima ainda era menor e a santa igreja esperou pela sua maioridade para finalmente tornar público este crime, esperando com isso diminuir a culpa do abusador?
    2 – Porque será que a vítima não apresentou qu€ixa às autoridades civis?

    Há umas “santas senhoras” que escreveram uns comentários à notícia do JN insurgindo-se contra a vítima. Uma dessas senhoras que suponho não seja mãe nem saiba o que tal coisa possa ser, até considera que aos 17 anos já se é adulto. Aliás nenhuma dessas fanáticas deve saber o que é ser mãe…

    Aqui fica o link para quem quiser ler a notícia e os comentários:

    https://www.jn.pt/nacional/interior/padre-investigado-por-abuso-enviado-para-o-estrangeiro-11179317.html

    1. Outro caso e também na Diocese de Bragança?.Isto é vergonhoso!!!.Esta Diocese está mesmo podre.E agora o que vai fazer o Sr Bispo?.Ficaremos à espera do desenvolvimento do caso.

    2. Manuel Maria de Morais concordo consigo em tudo o que diz no seu comentário mas há uma situação que me surpreende que é o fato de o Senhor Padre Oliveira não revelar nem sequer qual o Concelho onde o tal clérigo presta serviços já que não quer revelar o nome.Seja quem for insisto que o Povo tem direito a saber. Queremos que os predadores fiquem longe das suas presas que são Seres Humanos Menores não são animais.Por aqui me fico.Fique bem.

  29. Mário Pais de Oliveira
    Já agora,não podem dizer quem o segundo acusado?.Era bem que se soubesse para a proteção dos menores. O Sr Bispo quer mandar o primeiro para o Estrangeiro,onde quererá ele esconder o segundo?.

  30. Lurdes Carvalho, não sei se há mais algum caso de padre pedófilo.
    O que há é o caso de um funcionário administrativo da escola profissional, uma escola privada. A PJ levou-o e o Juíz soltou-o sob fiança e termo de identidade e residência, com apresentação semanal às autoridades.
    Também não sei se a escola o despediu ou não, uma vez que o proprietário da escola é o papá do pedófilo.

    https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/homem-de-36-anos-atrai-menor-para-lhe-enviar-videos-de-cariz-sexual

      1. José Santos
        Não sei se já leu todos os comentários,mas dizem aqui que há Instituições que são Colégios de meninos filhos de pais endinheirados mas pertencem à Igreja.

  31. Caros Comentadores vejam que pessoa é o Bispo da nossa Diocese.
    Ontem dia 15 foi a Festa no Santuário de Nossa Senhora da Assunção em Vilas Bos/Vila Flor.O Padre acusado de abuso sexual pertencia a Vila Flor.Então o Bispo na Homilia terá pedido desculpas pelo acontecido dizendo que (todo o ser humano tem direito ao perdão).Para mim ele e outros estão possuídos pelo demónio só pode.Interpretem conforme as vossas consciências.Eu já cheguei mesmo à conclusão que só resta aos Cristãos que estão com Deus abandonar as Igrejas e que metam lá os porcos que cometem estes crimes.Diz-se por aqui que ele já foi para França,rico castigo!!!… Fiquem bem.

    1. Compaheiras, Companheiros
      Já é tempo de percebermos que dentro do Cristianismo não há salvação, no sentido pleno da palavra, concretamente, saúde em todas as dimensões. O cristianismo é uma ideologia-teologia que, no falar cultural de Jesus histórico, assassinado pelos sacerdotes e o império em abril do ano 30, corresponde a um ‘demónio’, visto então como o pai do Mal. Ataca as mentes dos seres humanos e dos povos e naquelas onde se instala faz dos mais dotados, elites privilegiadas, e das maiorias, multidões que rastejam e carne-para-canhão. E tudo dentro de um sistema de Poder em forma de pirâmide, poucos em cima e muitos na base. Ando há anos a insistir que é urgente passarmos de cristão a HUMANO. Todo o ‘divino’ é um mito criado pelo medo e pelo sentimento de fragilidade, por parte dos seres humanos. Em vez de corrermos a religar-nos uns aos outros, na horizontalidade, corremos a religar-nos a um estranho, chamado ‘divino’ que projectamos fora e acima de nós como todo-poderoso. E, depois, passamos a vida a buscar fora e acima de nós o que só dentro de nós religados uns aos outros se encontra. Dentro do cristianismo não há saúde = salvação. Só dentro da Humanidade religada. Neste particular, permitam-me uma referência ao meu Livro 50, editado no final de Junho último e já em 2.ª edição, ‘JESUS Segundo os 4 Evangelhos em 5 Volumes’, Seda Publicações. É um dos Livros – cerca de 500 pgs – que mais vai marcar positivamente este nosso milénio. Andaram a enganar-nos durante dois mil anos. E dois mil anos é muito ano. E é muita gente enganada. Deixo-Vos com o link de acesso a um vídeo que gravei esta semana e postei no Youtube. Convido-vos a abri-lo e a escutá-lo. As surpresas são mais do que muitas. Mas só a verdade praticada nos faz livres. Com clérigos e nossas senhoras se têm enganado-dominado-aterrorizado as multidões-rebanho. Enquanto eles, os criminosos divinizados, no topo da pirâmide, usam e abusam. E se banqueteiam. Impunemente. Mudar é preciso. De ser e de (conceito de) Deus. Eis então o link e o meu abraço: https://www.youtube.com/watch?v=zWSDsLfSyAg

      1. Padre Mário País Oliveira, porque foge à pergunta direta da Lurdes Carvalho?
        A senhora pergunta-lhe se há mais um padre pedófilo na diocese e quem é porque é preciso acautelar as crianças e você não só não responde como ainda têm o desplante de vir para aqui vender a banha da cobra do seu novo livro.
        Na verdade você não parece ser muito diferente desses a quem ataca.
        Lança a dúvida e deixa-a ficar no ar.
        Francamente!!!

      2. Senhor Padre Mário Pais de Oliveira
        Então quando se resolve dizer pelo menos em que Concelho trabalha o segundo Clérigo acusado de abuso sexual num Adolescente?.É assim tão grave mais grave que o primeiro?. Basta apenas dizer o Concelho é tão difícil assim?.Não me diga que o fizeram remeter ao “SILÊNCIO”.Vejo tudo muito calado já ninguém aqui faz comentários, espero que ao menos o tal Clérigo esteja coberto com a manta do Diabo que com uma ponta cobre e com a outra descobre.Continuação de uma boa tarde e uma boa semana de trabalho.

  32. Caro padre Mário Oliveira, adquiri e ando a ler o seu livro 50 que tanto tem apregoado. Confesso que até agora não encontrei nada de extraordinário e já vou a mais de meio da leitura. Se os Evangelhos da igreja que V. Exª tanto ataca têm anotações de rodapé, a sua tradução, pressuponho que seja sua e que não tem notas de rodapé, tem notas introdutórias, o que vai dar no mesmo. Trata-se e tão só da sua exclusiva interpretação daqueles textos, tal como as notas de rodapé da Igreja Católica que V. Exª critica são a exclusiva interpretação deles dos mesmos textos. Quanto a mim é isso e só isso.
    Pessoalmente prefiro a tradução sem quaisquer notas de rodapé ou notas introdutórias, do Professor Frederico Lourenço, esse sim, isento, porque Ateu confesso. Assim como gosto de outras interpretações de outros autores que, ou são Ateus ou têm outra religião.
    Depois uma outra situação que em V. Exª eu não consigo entender:
    – porque razão V. Exª só se debruça sobre os Evangelhos canónicos, sejam eles 5, ou 4 em 5 volumes como prefere, precisamente aqueles escolhidos pela Igreja que V. Exª tanto critica e a mesma que o ostraciza?
    Como sabe, há outros Evangelhos que essa Igreja que o ordenou a si sacerdote rejeita liminarmente. E o Exmº Sr. Padre Mário Oliveira, também os rejeita?

  33. Caro Abigal dos Anjos. Prefiro aguardar por outros possíveis comentários a este meu Livro. Sublinho apenas que, pelos vistos, nem Frederico Lourenço sabe que os Evangelhos canónicos são 4, mas em 5 volumes. Pelo que o chamado Livro dos Actos dos Apóstolos não existe. O que existe é o II Volume do Evangelho de Lucas. Este meu Livro 50 é o primeiro Livro do mundo a dizê-lo e a mostrá-lo graficamente. E outra coisa que Frederico Lourenço, pelos vistos, também não sabe é que estes 4 Evangelhos em 5 Volumes não fazem parte da Bíblia judeo-cristã. E não esqueça nunca que áté o ateísmo dele é um ateísmo cristão. Aliás, por alguma coisa ele já é Prémio Pessoa. Esta a fazer um bom serviço ao Sistema de Poder, esse mesmo Sistema de Poder que sem Bíblia judeo-cristã não poderá subsistir. O meu abraço de irmão em humanidade
    P.S. Já leu a longa Entrevista que o Jornalista João Céu e Silva, do DN me fez, sobre este Livro e que saiu na edição de segunda-feira 26 de agosto 2019? É longa, mas imperdível. Deixo-lhe aqui o l link de acesso:
    https://www.dn.pt/edicao-do-dia/26-ago-2019/interior/padre-mario-da-lixa-este-livro-e-a-reposicao-da-verdade-sobre-jesus-historico-11232393.html

  34. Através do Jornal Fraternizar: recebemos a nota seguinte, com um comentário do padre Hérmino:

    “Pe. Hérmino, de Bragança-Miranda,
    responde a um obsceno Comentário à CARTA ABERTA
    que em 2018 escreveu ao Bispo da Diocese, D. José Cordeiro.
    Vale a pena ler.

    N.E. do Jornal Fraternizar
    De todos os Comentários à sua Carta Aberta ao Bispo de Bragança-Miranda que pôde escutar, graças a um Amigo seu que lhos leu, Pe. Hérmino quis responder a um deles, ofensivo da sua pessoa e, para cúmulo, obscenamente escondido atrás de um pseudónimo. Porém, devido à cegueira e às 3 sessões de hemodiálise por semana que o deixam exausto, ainda veio a ter de passar meses no Hospital St.º António no Porto, às voltas com a diabetes descontrolada que ataca progressivamente os dedos dos seus pés. Só agora, regressado a Bragança, ficou em condições de poder ditar para um amigo a resposta ao referido Comentário, que trazia guardada na sua cabeça. Aqui ficam, pois, o Comentário assinado por um tal Chicolinda, que diz bem o que anda escondido no coração do presumível clérigo que o escolheu. E, depois, a resposta de Pe. Hérmino
    1, chicolinda 3 de Novembro de 2018 às 12:31
    O Padre mais tontinho da diocese de Bragança – Hérmino Ferreira. Recusou sempre ser ajudado. Nas missas só dizia toleiras, hoje está completamente marado. Nas reuniões de clero, quando estava lúcido (se é que alguma vez esteve…) só dizia bacouradas! E anda este maluquinho do Mario de Oliveira nestas coisas. O bispo de Bragança incomoda-vos muito! Mas vai continuar, isso não duvideis. Quem ora muito e trabalha é assim. Quanto ao Hérmino, peça ajuda, mas isso sempre foi muito difícil. Um chochinho…
    2, A resposta de Pe. Hérmino Ferreira
    Olá, Chicolinda
    A 23 de Outubro de 2018 surgiu a minha carta aberta que mereceu de muitos dos que a leram um comentário de apreciação. Nessa altura apareceu o teu escrito que não passa de um ataque à minha pessoa…
    Afinal sofres de refluxos ou isso é apenas um vomito de mau hálito com cheiro a dor de cotovelo ou complexos de inferioridade?
    Um amigo meu ao vê-lo leu-mo pelo telefone e no fim comentou, “E agora?” Com a mesma calma com que o escutei, respondi-lhe, “Nunca ouviu dizer que para palavras loucas orelhas moucas? Não se preocupe, quem não deve não teme, pois quem me conhece sabe de onde sou, quem sou e como sou…aguardemos”.
    Mas agora, mais que um ano já passou, a curiosidade impeliu-me a querer saber o pensar daqueles que a comentaram. Olha, afinal sou transmontano e conhecedor da sabedoria do nosso povo expressa em provérbios e adágios. Começo por te lembrar este, “Cada um pensa dos outros aquilo que ele próprio é!” E mais, “Quem mais fala é quem mais tem que se lhe diga”, ou então repara, “Ao apontares um dedo para os outros ficas com 3 voltados contra ti”. Parece mentira mas é a triste realidade…
    Analisemos o teu escrito. Dizes que nunca gostei de ser ajudado, é que, “Cem conselhos ouvirás e só o teu seguirás”; não é assim que diz o povo?! Pois eu ainda não sei pensar pelos miolos dos outros…
    Falas que eu nas reuniões do clero dizia, “É preciso que haja uniformidade de critérios e de acção”. Que tem de mal isto que tantas vezes repeti? Não era apenas para que houvesse igualdade de oportunidade para todos? Afinal tu és dos privilegiados de cristal em que não se pode tocar, porque se partem logo todos? Falas também nas minhas homilias…afinal deixavas o teu dever de ofício para as vir escutar? Ou tinhas por lá alguma mulher de soalheiro que ouvia uma coisa e dizia outra? É que eu não posso entender que fossem assim tão más. Afinal, eram os próprios párocos que me convidavam para fazer o sermão da festa ou das missas cantadas.
    Explico-me. Sabes, eu sei que as inúmeras perguntas da minha carta aberta vos preocupam, mas como diz o povo, “Quem pergunta não ofende, apenas quer saber”. Portanto com as perguntas não ofendi ninguém…”
    Já que o teu QI não te desvendou, vou revelar-to eu agora…
    Tudo ao longo da vida sofre uma evolução, mas para que essa evolução seja perfeita é preciso que seja lenta e calma e ao mesmo tempo contínua e bem alicerçada ou enraizada no passado e na tradição, senão em vez de evolução temos uma revolução, porque se põe um telhado sem paredes nem alicerces…fica tudo no ar. Foi o que fizeram os peritos em inovações pioneiras que puseram tudo à deriva. Não será bom lembrarmos aqui o velho Diógenes da Grécia antiga que de candeia acesa passeava pelas ruas e praças de Atenas em pleno dia? E os ditos “doutos” ou sabichões talvez com pouco escárnio e julgando-o insano lhe perguntaram, “Que fazes Diógenes a esta hora do dia com uma candeia acesa?” Com a calma e a serenidade próprios de quem sabe o que diz e a profundidade de génio respondeu-lhes, “Procuro um Homem…”
    Realmente o mundo de hoje precisa de gente desse calibre, que seja capaz de, primeiro, conhecer tudo o que o rodeia para, segundo, poder julgar a realidade e não as aparências e, terceiro, agir com determinação e firmeza porque de boas “vontades” está o inferno cheio. Depois da inteligência ver a realidade, é preciso que a vontade se realize na acção.
    Estará tudo perdido? Não. Enquanto a educação for a implantação de uma segunda natureza tudo se pode remediar, pois os bons educadores que tenham inteligência e experiência serão capazes de num diálogo aberto e franco, de modo que os educandos mostrem a sua iniciativa e capacidades, que o educador moldará à sua maneira e experiência. A educação não se ministra com berros nem humilhações, ou não deixando expressar o educando, pois não sabe o que está dentro da casa quando as portas se fecham.
    Lamento a minha verbosidade mas é sincera e útil.

Leave a Reply