A BIOGUERRA DOS EUA – CARTA ABERTA AO PRESIDENTE DOS EUA, Donald Trump – SARS-US, MERS-US, COVID-US – O MUNDO MERECE RESPOSTAS – PERGUNTAS ÀS QUAIS O GOVERNO DOS ESTADOS UNIDOS NECESSITA RESPONDER – por LARRY ROMANOFF

 

 

Perguntas a que o governo dos EUA precisa responder:

1. Sobre o assunto do uso de armas biológicas dos EUA, na China e na Coreia do Norte, hoje, quase todos sabem a verdade, dado o enorme volume de evidências acumuladas além da discussão acalorada. Depois de mentir sobre esta questão, durante 70 anos, importar-se-ia de admitir, finalmente, o que fizeram? [1] [2] [3]

2. Na vossa campanha, durante décadas, de guerra biológica contra a pequena Cuba, incluindo a distribuição de febre hemorrágica e de gripe suína que levou Cuba a matar todos os 500.000 porcos do país, a evidência da responsabilidade dos EUA é esmagadora. Vocês não só mentiram sobre este assunto durante 70 anos, mas tentaram reverter a situação, acusando Cuba de ser “um estado marginalizado” com um programa de guerra biológica. Importar-se-ia de corrigir a falsidade das vossas acusações e, finalmente, admitir perante o mundo, o que fizeram? [4] [5] [6]

3. Por favor, expliquem por que razão os EUA têm cerca de 400 laboratórios militares de armas biológicas espalhados em países (principalmente pobres e atrasados) em todo o mundo, incluindo novos laboratórios na Geórgia, Ucrânia, Moldávia, Arménia, Azerbaijão, Uzbequistão e Cazaquistão. Por que não os construíram no vosso território? Várias nações estão a exigir que desmontem esses laboratórios e os levem para casa, onde eles pertencem. Pensa cumprir? [7] [8] [9]

4. Em 2004, o Wenweipo de Hong Kong publicou um artigo intitulado “Primeiro surto de SARS suspeito nos EUA”, citando a Associated Press e a Reuters sobre uma americana de 45 anos que ficou gravemente doente com sintomas típicos da SARS, alguns meses antes de um surto em Hong Kong e que morreu no espaço de um dia, e todo o hospital, bem como cerca de 80 pessoas com quem ela teve contacto terem sido colocadas em quarentena. O Wenweipo e pesquisadores chineses, virologistas russos e especialistas militares especularam que o vírus SARS-US era necessariamente produzido pelo homem e teria, quase certamente, escapado de um laboratório militar americano, tendo essa fuga sido encoberta pelos EUA. Poderia comentar, por favor? [10]

5. Pode explicar como é que a comunicação mediática ocidental (EUA) soube, imediata e unanimemente, que o SARS-US foi provocado por civetas/gato almiscarado, quando, de facto, durante meses ninguém no local sabia de nada e, mais tarde, quase todos no terreno suspeitaram de Fort Detrick como sendo a origem? O SARS-US foi lançado na China, na província de Guangdong, no entanto, infelizmente, o paciente zero viajou imediatamente para Hong Kong, poupando a China, mas devastando Hong Kong. Poderia comentar?

6. O COVID-US, como o SARS-US, parece ser especificamente chinês, 99,5% afectando apenas chineses étnicos, sem estrangeiros infectados em Wuhan ou na China, o que naturalmente suscita questões. A Universidade de Harvard – com financiamento visível das forças armadas dos EUA – conduziu uma série de “estudos” ilegais e escandalosamente anti-éticos na China (depois de ter sido especificamente proibida de fazê-lo), recolhendo subrepticiamente centenas de milhares de amostras de DNA de chineses e transferindo-as ilegalmente para fora do país. Foram feitas muitas perguntas sobre a aplicação (militar) dessas amostras. Poderia comentar? [11]

7. Por favor, pode explicar por que motivo é que o MERS-US explodiu na Coreia do Sul, no laboratório de armas biológicas JUPITR-ATD, na Base Aérea dos EUA em Osan, e por que razão mais de 100 soldados sul-coreanos ficaram, subitamente, em quarentena nessa base? [12]

8. Por favor, poderia explicar por que motivo o Ebola surgiu simultaneamente em três locais diferentes, a milhares de quilómetros de distância uns dos outros e cada um desses locais, a um passo de um laboratório militar dos EUA de armas biológicas? [13] [14] [15]

9. Por favor, poderia explicar por que razão as forças armadas dos EUA parecem estar a liderar com tanta força o surto da COVID-US na Coreia do Sul e por que é que os militares dos EUA têm contacto tão frequente, “hanging with a Jonestown outfit” [16] com o Culto religioso fanático Shincheonji, que tem sido a fonte da maior parte das infecções por COVID-USA na Coreia do Sul? Por favor, poderia também explicar a coincidência do MERS-US e do COVID-US que parecem ter sido originados, talvez, nos mesmos laboratórios JUPITR-ATD da mesma Base Aérea de Osan?

10. Comentou, recentemente, que poderia matar toda a população do Afeganistão em poucos dias. “O Afeganistão seria varrido da face da Terra. Teria desaparecido e sem usar armas nucleares. Teria desaparecido – literalmente, em 10 dias”. Como é que estava, precisamente, a propor fazê-lo? Armas biológicas pareceriam ser a única alternativa. A Febre Hemorrágica Viral e o Hantavírus funcionaram, outrora, para os EUA na Coreia do Norte; devem funcionar novamente. Por favor, exemplifique minuciosamente. [17] [18] [19]

11. Por favor, poderia explicar à China e ao mundo, por que é que o CDC encerrou o laboratório de armas biológicas USAMRIID de Fort Detrick? Seria realmente devido, como alegou a comunicação mediática, a uma simples “falha na maneira de agir”? Fechar por contaminação maciça e/ou infecções, por que motivo é que aquele local enorme (80.000 metros quadrados) foi mantido impedido, durante seis meses de testes e de descontaminação, antes de ser permitido retomar apenas parcialmente, o trabalho? Poderia explicar, também, por que razão a maioria dos sites de notícias em inglês foi subitamente impedida de fazer qualquer referência ao encerramento de Fort Detrick, quando o coronavírus entrou em erupção em Wuhan? [20] [21]

12. Em Outubro de 2019, o seu país organizou o Evento 201 [NR] que, retrospectivamente, parecia ter sido uma simulação ao vivo, do surto de vírus que, pouco depois, ocorreu em Wuhan. Mais ainda, num documentário da Netflix, em 2019, intitulado “The Next Pandemic”, Bill Gates previa uma pandemia resultante de um surto semelhante ao coronavírus – a começar num mercado chinês. Pode explicar essas coincidências visivelmente surpreendentes? Se o Evento 201 era um exercício civil inocente, por que é que a CIA estava envolvida como participante? Será que conduziram a simulação?

13. É estranho que nos meses anteriores ao surto do coronavírus (e, novamente, durante a epidemia), a China tenha sido atingida por quatro surtos virais inexplicáveis em rápida sucessão, vírus animais novos ou incomuns, que destruíram grande parte do gado e das aves de capoeira do país, causando muito impacto económico, danificando e exigindo a compra de grandes quantidades de produtos agrícolas dos EUA. Parece que a Mãe Natureza decidiu alinhar-se com a política externa dos EUA, não só unindo-se à sua guerra comercial e ajudando o seu esforço para “derrubar a China”, mas a sua cumplicidade visível e sem precedentes, na escolha da pior época possível do ano e talvez da pior localização. Em sua opinião, essas meras coincidências seriam apenas uma questão de má sorte? Poderia comentar e prever quando esta situação irá acabar? [22]

14. Parece que a gripe suína que devastou o gado da China, em 2019, não foi um acto de Deus ou da natureza, mas foi praticada por pessoas desconhecidas a pilotar pequenos drones sobre as fazendas de porcos do país e a infectar milhares de locais, o que resultou no abate de mais de 100 milhões porcos. Parece –lhe fora do comum? Gostaria de comentar sobre os prováveis culpados? (Ver nota 2. acima) Por favor, note que os “gangues chineses” e os “especuladores de carne de porco” já estão fora de suspeita. [23]

15. Em relação ao COVID-US, não acreditamos que tenha sido trazido para a China por soldados infectados nos jogos militares de Wuhan. Se isso fosse verdade, todos os soldados estrangeiros teriam sido infectados primeiro e levado o vírus para os seus países de origem, mas os acontecimentos não progrediram nesta sequência. Por favor, conte-nos como pode ter acontecido? Claro que o povo chinês tem todo o direito de sabê-lo.

16. Foi provado, conclusivamente, que a COVID-US não se originou no mercado de Wuhan, nem em Wuhan, nem na China. Além do mais, as estirpes do vírus na maioria das nações, são diferentes daquela que contaminou Wuhan. Por favor, poderia comentar, à luz das suas declarações sobre o “vírus chinês”? [24]

17. Da mesma maneira, as pessoas em Itália e no Irão gostariam de saber como é que estirpes diferentes do vírus podem ter viajado para os seus países. Mais ainda, o mundo inteiro interroga-se por que razão houve duas grandes ondas de infecção global, a primeira infectando 25 países ao mesmo tempo por volta de 25 de Janeiro e a segunda, com 85 países a experimentar simultaneamente vários surtos domésticos explosivos, à distância de alguns dias uns dos outros, por volta de 25 de Fevereiro – e, principalmente, por uma estirpe diferente da estirpe que afectou a China. Visto que só os EUA têm todas as diversas estirpes, parece que estas infecções devem ter tido origem no seu país. Poderia explicar como é que isso pode ter acontecido? [25]

18. De acordo com o exposto acima, o Japão, a Coreia do Sul, a Itália e o Irão relataram que os seus surtos internos de COVID-US não tiveram casos confirmados de exposição à China, mas mostraram ligação com os Estados Unidos. De maneira semelhante, a Austrália alega que 80% das suas infecções vieram dos EUA, outros países também identificaram infecções que foram fabricadas na América. Além do mais, as enormes erupções reprimidas em Washington e Nova York eram de origem inteiramente doméstica, sem ligação comprovada com a China. Por favor, como explica estes factos? [26] [27] [28]

19. A China, a Itália e várias outras nações da Ásia e da Europa documentaram agora provas de que o COVID-US circulava nas suas populações, durante vários meses antes do surto em Wuhan. O Japão e Taiwan documentaram a prova de que vários japoneses foram infectados no Havaí, no final de Setembro de 2019. Por favor, poderia abordar e explicar estas situações? [29] [30]

20. Há dois anos, John Bolton demitiu todo o grupo executivo responsável pela coordenação da resposta à pandemia, estripando a infraestrutura de defesa contra doenças infecciosas do seu país. À luz dos acontecimentos actuais, pode explicar as acções de Bolton e a sua aprovação? O Sr. também reduziu o financiamento ao CDC, eliminando 80% dos seus esforços globais de prevenção de doenças; por outras palavras, o departamento que poderia ter ajudado outras nações a detectar e a controlar as epidemias que sofreram mais tarde. Mais especificamente, uma epidemiologista importante do CDC foi incorporada na agência de controlo de doenças da China, mas eliminou a posição dela e trouxe-a de volta para os EUA, pouco antes do surto de vírus em Wuhan. Por favor, queira explicar por que razão a retirou naquele momento específico? [31] [32] [33]

21. Sobre o COVID-USA, por que motivo é que o CDC proibiu testar os americanos? Por que é que o CDC se recusou a testar mesmo aqueles que já estavam numa Unidade de Cuidados Intensivos e num ventilador? Seria para impedir que os americanos soubessem da epidemia já espalhada no país deles? Por que é que a Dra. Helen Chu emitiu uma ordem ameaçadora de “cessar e desistir” para parar de testar as zaragatoas nasofaríngeas que a sua equipa de pesquisa da gripe havia recolhido no Estado de Washington, a partir de Outubro de 2019? Foi para impedir que surgisse o conhecimento de que o vírus já circulava livremente meses antes? Este ponto é pertinente porque, normalmente, a razão pela qual não fazemos uma pergunta em particular é porque já sabemos a resposta, e a razão pela qual não fazemos a pergunta publicamente, é porque não queremos que mais ninguém saiba a resposta. [34]

22. O Director do CDC, Robert Redfield, admitiu que as mortes por gripe nos EUA eram realmente do coronavírus. Quantas das 35 milhões de infecções e 20.000 mortes foram diagnosticadas erradamente? Será que foi acidental? Quando a causa da morte foi descoberta nas autópsias, por que razão é que as informações foram mantidas em segredo? Por que é que as famílias das vítimas falecidas foram informadas de que morreram de gripe, quando os atestados de óbito diziam “coronavírus”? [35]

23. Tenho muitos relatos de americanos em Washington, Nova York, Califórnia, Maryland, Virgínia e outros Estados, que alegam a existência de infecções, principalmente na parte final de Dezembro de 2019, mas várias no início de Setembro, todas descrevendo sintomas persistentes, semelhantes com o COVID -US.

“Tenho a certeza que recebeu milhares de e-mails, mas queria que soubesse o quanto gostei e acreditei no seu artigo. Estou a tentar encontrar essas informações online. Acredito firmemente que sou um dos cidadãos dos EUA que tiveram esse vírus em Dezembro de 2019. Por favor, continue a sua pesquisa.”

“Moro no sudoeste da Pensilvânia. Fiquei doente muito rapidamente, em 23 de Dezembro, no trabalho. Pensei que estava com gripe, embora fosse diferente de tudo que já tive antes. Em retrospectiva, vejo que tinha todos os sintomas do coronavírus”.

“Foi de 30 de Setembro de 2019 a 9 de Outubro de 2019, que o meu marido foi hospitalizado.”

Poderia comentar sobre a existência visível e generalizada, do COVID-US nos Estados Unidos, a partir de Setembro de 2019?

24. A OMS salientou que o mais importante era “testar, testar, testar”, mas os EUA são o único país que se recusou firmemente a testar, usando muitas desculpas que parecem coxas e suspeitas, em retrospectiva. O Dr. Ashish Jha, do Instituto Global de Saúde de Harvard, disse que a “resposta dos Estados Unidos tem sido péssima. É difícil imaginar como eles poderiam ter feito pior. Ainda somos o único país importante do mundo que [não está a fazer] testes generalizados para o coronavírus. (…) Isto é uma loucura, dada a nossa capacidade técnica e científica”. Por favor, poderia comentar? [36]

25. O Sr. deu a si mesmo a nota máxima ao lidar com esta crise, dizendo: “Eu daria nota 10. Considero que fizemos um óptimo trabalho”. Gostaria de explicar como chegou a esse número? Entretanto, até o New York Times discordou desta afirmação, dizendo: “A falha em explorar o estudo da gripe [Dra. Helen Chu], detalhada aqui pela primeira vez, foi apenas uma de uma série de oportunidades perdidas pelo governo federal de garantir mais testes generalizados durante os primeiros dias do surto, quando a contenção teria sido mais fácil”. Por favor, poderia comentar? [37] [38]

26. A sua Casa Branca e a comunicação mediática dos EUA fizeram muitos gracejos sobre a proximidade da Universidade de Wuhan com o mercado de marisco – onde vocês alegaram que o surto de vírus se tinha originado. Por favor, solicite a um dos seus funcionários que faça uma pesquisa no mapa sobre o seguinte endereço – Trade Tower I, No. 568, Jianshe Avenue, Jianghan District, Wuhan 430022. [39] Agora, peço-lhe, importa-se de escrever um parágrafo sobre o seguinte tema: “Consulado Geral dos EUA próximo – de maneira suspeita – do mercado de marisco em Wuhan”?

27. No início de Março, o Sr. declarou surpreendentemente, tornar secretas, todas as informações e reuniões da COVID-US, com toda a comunicação a ser reencaminhada pela Casa Branca e coordenada com os funcionários do NSC. Somente indivíduos portadores de uma habilitação de segurança podem participar nas reuniões secretas, sem telemóveis e sem computadores. Os membros da equipa excluídos alegaram que foram informados que a informação sobre o vírus era secreta “porque tinham a ver com a China”. Por favor, pode comentar a necessidade de um secretismo tão extremo (enquanto condena a China por falta de transparência) e explicar porque razão lidar com uma epidemia de vírus no seu país, tem algo a ver com a China? [40] [41] [42]

28. Os virologistas são unânimes em afirmar que o primeiro acto após um surto de um agente patogénico (natural ou artificial) é encontrar a fonte e localizar o ‘paciente zero’, para interromper a infecção na sua origem. Todos os países principais fizeram grandes esforços nesse sentido – excepto os EUA, que não fizeram nenhum esforço visível de qualquer tipo. Por favor, poderia explicar por que é que procedem assim?

29. Há vários meses, as autoridades médicas e estatais chinesas, italianas e iranianas pedem colaboração internacional para localizar o arquétipo genético preciso dos surtos globais e identificar a verdadeira origem do vírus. Como toda a Humanidade deseja desesperadamente as respostas, será que os EUA estão a cooperar nesse esforço?

30. Os media dos EUA fIzeram um grande alarido sobre a China punir o suposto autor das denúncias, Li Wenliang, com alguns media a inventarem afirmações falsas de que ele foi forçado a confessar e até foi preso. A narrativa oficial, é claro, é que os Estados Unidos valorizam os seus denunciantes, enquanto os chineses são maus com os deles. Mas hoje, Li Wenliang é um herói nacional na China. Gostaria de comentar e comparar a sua posição com as de Edward Snowden, Julian Assange e Chelsea Manning?

31. Está documentado que a vossa Radio Free Asia criou e divulgou amplamente as mentiras de que a Universidade de Wuhan é um laboratório de armas biológicas e o coronavírus escapou de lá. Como a Radio Free Asia faz parte integrante da vossa máquina de desinformação e se reporta a Mike Pompeo, ele ou o Sr. gostariam de comentar sobre essa difamação evidente?

32. A sua Casa Branca e a sua comunicação mediática tentaram denegrir a China com acusações e insinuações de um péssimo registo de fugas de agentes patogénicos biológicos, se bem que a China tivesse tido apenas duas ou três pequenas evasões, há cerca de 10 anos e nada desde então. No entanto, o vosso CDC verifica que, entre 2005 e 2012, os EUA tiveram 1.059 casos de roubo ou fugas de agentes patogénicos perigosos que infringiram o controlo. Um a cada três dias, durante sete anos. Por favor, poderia comentar sobre essa disparidade? [43] [44] [45]

33. Um teste de vírus na China custa menos de 100 dólares e é pago pelo Governo. Nos EUA, o custo do mesmo teste varia entre 1.500 e 3.000 dólares e tem de ser pago pelos pacientes – que podem não ter seguro de saúde. Por favor, pode comentar sobre a utilidade relativa do sistema de saúde dos EUA e, por favor, poderia referir a quem é que o mesmo sistema pode interessar?

34. Este é o calendário documentado da China, referente ao surto da COVID-EUA:

– 26/Dezembro/2019: Jixian Zhang detecta quatro infecções por pneumonia anómala em Wuhan e refere-as ao CDC da província, no dia seguinte. As autoridades provinciais informam imediatamente o CDC nacional que se prepara para activar os protocolos de resposta à pandemia. Ainda não haviam sido agrupadas ou identificadas, infecções anteriores.
– 30/Dezembro/2019: o CDC nacional da China notifica a OMS.
– 31/Dezembro/2019: A OMS relata publicamente o novo surto de vírus.
– 7/Janeiro/2020: os virologistas chineses identificam o vírus e confirmam a determinação completa da ordem ou sequência dos elementos do genoma, cinco dias depois.

À luz do exposto, explique a sua argumentação de que as autoridades médicas chinesas “encobriram” o surto e “protelaram essa informação ao mundo, durante dois meses” de tempo de preparação. O atraso de dois meses alegado significaria que a China teria de notificar o mundo, em Outubro, de um vírus que não iria surgir senão seis semanas depois. Por favor, pode explicar detalhadamente as suas reivindicações?

35. Se fosse atribuída à China toda a narrativa acima e se o SARS, o MERS, a SIDA, o EBOLA, a gripe das aves, a gripe suína e o COVID-19 irrompessem primeiro nos EUA, o Sr. afirmaria que isto era prova cabal de que a China era a responsável. Não é de surpreender que grande parte do mundo, hoje, esteja naturalmente a tender acolocar esses surtos à sua porta. Gostaria de comentar?

36. O Sr. Pompeo deu instruções à equipa global do Departamento de Estado para culpar vigorosamente a China pelo COVID-US, embora eu acredite que o Sr. Pompeo tenha sido registado a afirmar que o governo “mente, engana e rouba” para atingir os seus objectivos. Se a memória não me trai, ele admitiu publicamente que a mentira é uma das capacidades americanas mais poderosas, espalhando acusações infundadas como que despejar água suja em água limpa para obter uma mistura poluída. Como o Sr. Pompeo funciona da maneira que o Sr. gosta, agradecia que comentasse em que medida partilha a filosofia dele? [46] [47]

37. Pompeo deu ordens específicas à equipa global do Departamento de Estado para retratar os EUA “em todas as entrevistas” como “A maior nação humanitária da História do Mundo”. Recentemente, o Sr. alargou as sanções contra o Irão, impedindo a compra de fornecimentos de materiais médicos críticos, e garantiu que o Banco Mundial recusaria o apelo da Venezuela de pedido de empréstimo para financiar a assistência médica. Enquanto a China, a Rússia e Cuba enviaram material e médicos para quase 100 países em todo o mundo, os EUA não prestaram assistência a ninguém. Essas acções parecem incoerentes com a sua auto-imagem de uma “grande nação humanitária”, parecendo ao mundo que os EUA são uma nação quase selvagemmente desumana. Por favor, poderia reformular essa discrepância visível?

38. Muitas pessoas no Irão e na Venezuela, também estão agora a morrer todos os dias, como consequência directa das suas políticas. Por favor, pode explicar qual é o prazer que resulta em matar essas populações?

39. Notícias recentes informaram que o Sr. ligou para o Presidente da pequena Coreia do Sul a implorar fornecimentos médicos. Isto parece um pouco patético, mas talvez possa explicar. Relata que a China está a enviar milhares de toneladas de fornecimentos médicos para os EUA. Poderia comentar sobre a posição de que o mundo devia tratar os EUA como os EUA tratam o Irão e se recusam a enviar qualquer coisa?

40. A pandemia da gripe “espanhola” de 1918, que matou de 20 milhões a 50 milhões de pessoas, provou ter sido originada nos EUA e propagada em todo o mundo por sigilo e imprudência. A pandemia do H1N1, de 2008, também se originou nos EUA e espalhou-se pelo mundo pelas mesmas causas, o seu CDC, durante seis meses foi incapaz ou não quis identificar o agente patogénico, mantendo o segredo e promovendo a desinformação, causando entre 200.000 a 500.000 mortes prematuras em todo o mundo. O HIV-AIDS também teve origem nos EUA e a sua disseminação simultânea em dois outros continentes ainda é um assunto de intenso debate. Gostaria de comentar a culpabilidade dos EUA nessas epidemias mortais? Tem intenção de pedir desculpa ao mundo pelo vosso descuido? Apoiaria acções judiciais colectivas a favor das vítimas?

Epílogo

Acredito que a verdade sobre a COVID-US acabará por surgir. Deve haver muitas pessoas com conhecimento pessoal da fonte e do método de distribuição. O que precisamos agora é de mais um corajoso Edward Snowden ou Chelsea Manning para deixar escapar as informações. Veremos, então, como os EUA realmente valorizam os seus denunciantes.

 

(1) https://www.telegraph.co.uk/…
(2) https://www.anti-empire.com/…
(3) https://shadowproof.com/…
(4) http://www.internationalist.org/…
(5) William Blum, Killing Hope: U.S. Military and CIA Interventions Since World War II [Common Courage Press, 1995]).
(6) https://www.globalresearch.ca/…
(7) https://www.independent.co.uk/…
(8) https://www.lewrockwell.com/…
(9) https://www.globalresearch.ca/…
(10) Os links originais já não estão activos. Seria necessária uma busca no arquivo para localizar os artigos Wenweipo, AP e Reuters
(11) Why Didn’t Any Americans Die From SARS? https://www.caixinglobal.com/…
(12) https://rense.com/general96/merspenta.html
(13) http://www.informationclearinghouse.info/article40012.htm
(14) https://www.globalresearch.ca/…
(15) The Ebola Strain Links African Outbreak To A Lab Escape; http://www.rense.com/
(16) Uma descrição de Shincheonji de uma amiga chamada Kate.
(17) https://www.globalresearch.ca/…
(18) https://www.abc.net.au/…
(19) https://www.presstv.com/…
(20) https://www.sott.net/…
(21) https://www.sott.net/…
(22) https://www.globalresearch.ca/…
(23) https://www.nbcnews.com/…
(24) https://news.cgtn.com/…
(25) https://www.globalresearch.ca/…
(26) https://news.cgtn.com/…
(27) O Primeiro Ministro australiano, Scott Morrison, fala durante uma conferência de imprensa conjunta com a Primeira Ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, na Admiralty House, em Sydney, Austrália, em 28 de Fevereiro de 2020./Reuters
(28) https://www.denverpost.com/2020/03/13/iceland-coronavirus-traced-denver/
(29) https://www.nytimes.com/2020/02/14/us/coronavirus-hawaii-japan.html
(30) https://www.theguardian.com/…
(31) https://www.nbcnews.com/…
(32) https://www.washingtonpost.com/…
(33) https://foreignpolicy.com/…
(34) https://www.nytimes.com/2020/03/10/us/coronavirus-testing-delays.html
(35) https://www.globalresearch.ca/…
(36) https://newsd.in/us-officials-stopped-use-of-flu-research-to-test-for-covid-19/
(37) https://www.huffpost.com/…
(38) https://www.salon.com/…
(39) Contribuição de um amigo online cujo nome desconheço.
(40) www.nytimes.com/…
(41) https://www.reuters.com/…
(42) https://www.shine.cn/news/world/2003144261/
(43) s://www.scientificamerican.com/article/cdc-botched-handling-of-deadly-flu-virus/
(44) https://www.cdc.gov/media/releases/2014/p0711-lab-safety.html
(45) https://www.usatoday.com/…
(46) https://ussanews.com/…
(47) https://www.centerforsecuritypolicy.org/…

[NR] Evento 201: Ver O coronavírus foi ensaiado mediante um simulacro de pandemia em Setembro de 2019 num hotel de Nova York

 

Ver também:

 

Acerca da guerra bacteriológica durante a Guerra da Coreia – Relatório da Comissão Científica Internacional que a investigou

Report of the International Scientific Commission for the Investigation of the Facts Concerning Bacterial Warfare in Korea and China , Pequim, 1952, 764 p., 235 MB

[*] Consultor de administração e empresário aposentado. Ocupou cargos executivos especializados em empresas de consultoria internacionais e possuía uma empresa internacional de importação e exportação. Professor Visitante da Universidade Fudan de Shangai, apresenta estudos de casos em assuntos internacionais a executivos especializados. Pode ser contactado através do email:

2186604556@qq.com. O original encontra-se em www.veteranstoday/…

e a tradução de Luisa Vasconcellos em:

paulcraigrobertstranslations.blogspot.com/…

Esta carta aberta encontra-se em https://resistir.info/ .

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

Leave a Reply

%d bloggers like this: