PEPE CARVALHO – “A ROSA DE ALEXANDRIA”

Há quem considere A Rosa de Alexandria (La rosa de Alejandría) o mais belo romance so ciclo Pepe Carvalho. Manuel  Vázquez Montalbán atinge com este livro uma perfeição literária, uma beleza formal que quase nos faz hesitar em incluir este livro na lista do romance negro de que nos temos vindo a ocupar.

 Na sessão da noite, à uma hora da manhã, como sempre, apresentaremos um dos filmes co-produzidos em 2003 pelas televisões catalã, galega e francesa. Com Juanjo Puigcorbé no papel de Pepe Carvalho e com guião de Pedro Molina Temboury e realização de Rafael Moleon.

 A Rosa de Alexandria, apoia a sua estrutura ficcional num caso de amor e, neste aspecto, foge aos cânones do romance negro. Como dois rios, duas histórias aparentemente sem ter que ver uma com a outra, confluem para uma foz comum. A tessitura hábil deste romance permite dissipar dúvidas sobre a capacidade literária de Vázquez Montalbán. A Rosa de Alexandria preenche o nosso serão da próxima noite. Mas não dispensa da leitura do livro. E quem já o leu, deve voltar a ler.

Leave a Reply