Category Archives: música

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum (parte 2). Por Heiner Flassbeck

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum. Parte 2.     Por Heiner Flassbeck, publicado por Flassbeck-economics em 22 de

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum (parte 2). Por Heiner Flassbeck

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum. Parte 2.     Por Heiner Flassbeck, publicado por Flassbeck-economics em 22 de

EDITORIAL – A Arte de Furtar

O Padre António Vieira, talvez o mais destacado ícone da literatura seiscentista portuguesa – Fernando Pessoa considerou-o como o «imperador da língua portuguesa», um lisboeta que os historiadores da Literatura Brasileira reivindicam como baiano – desmontou na sua obra, com

EDITORIAL – A Arte de Furtar

O Padre António Vieira, talvez o mais destacado ícone da literatura seiscentista portuguesa – Fernando Pessoa considerou-o como o «imperador da língua portuguesa», um lisboeta que os historiadores da Literatura Brasileira reivindicam como baiano – desmontou na sua obra, com

DIÁSPORA. Presentados LOS MIL Y UN COLORES DE LA HABANA, por Moisés Cayetano Rosado

En el “verão quente” del 75 (¡siglo pasado!), cuando Portugal se encendía en la ilusión y también en la confrontación, en España se intentaba abrir un tiempo de protestas encendidas con música y poesía. Una especie de “cantos de intervenção”,

DIÁSPORA. Presentados LOS MIL Y UN COLORES DE LA HABANA, por Moisés Cayetano Rosado

En el “verão quente” del 75 (¡siglo pasado!), cuando Portugal se encendía en la ilusión y también en la confrontación, en España se intentaba abrir un tiempo de protestas encendidas con música y poesía. Una especie de “cantos de intervenção”,

APRESENTAÇÃO DO ARGONAUTA LUÍS CÍLIA

Esta é uma das apresentações mais fáceis de fazer – quem não conhece Luís Cília? Cantor e compositor exilado em Paris, era com emoção que escutávamos as suas canções. Os discos chegavam-nos através de uma rede complicada que passava por

APRESENTAÇÃO DO ARGONAUTA LUÍS CÍLIA

Esta é uma das apresentações mais fáceis de fazer – quem não conhece Luís Cília? Cantor e compositor exilado em Paris, era com emoção que escutávamos as suas canções. Os discos chegavam-nos através de uma rede complicada que passava por

JOSÉ JORGE LETRIA FOI REELEITO PARA A PRESIDÊNCIA DO COMITÉ EUROPEU DA CONFEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE SOCIEDADES DE AUTORES E COMPOSITORES

José Jorge Letria foi reeleito em Sófia para a Presidência do Comité Europeu da Confederação Internacional de Sociedades de Autores e Compositores (CISAC).  Retiramos do site da Sociedade Portuguesa de Autores a seguinte informação: O Presidente da SPA, José Jorge

JOSÉ JORGE LETRIA FOI REELEITO PARA A PRESIDÊNCIA DO COMITÉ EUROPEU DA CONFEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE SOCIEDADES DE AUTORES E COMPOSITORES

José Jorge Letria foi reeleito em Sófia para a Presidência do Comité Europeu da Confederação Internacional de Sociedades de Autores e Compositores (CISAC).  Retiramos do site da Sociedade Portuguesa de Autores a seguinte informação: O Presidente da SPA, José Jorge