Category Archives: História

CARTA DE VENEZA – CEMITÉRIOS MONUMENTAIS – por Vanessa Castagna

  Veneza também tem o seu cemitério monumental, situado na ilha de San Michele desde 1837. Antes do século XIX em Veneza as sepulturas realizavam-se nas igrejas ou nos adros e posteriormente os restos eram transferidos para ossários que se

CARTA DE VENEZA – CEMITÉRIOS MONUMENTAIS – por Vanessa Castagna

  Veneza também tem o seu cemitério monumental, situado na ilha de San Michele desde 1837. Antes do século XIX em Veneza as sepulturas realizavam-se nas igrejas ou nos adros e posteriormente os restos eram transferidos para ossários que se

DIÁSPORA. MEMORIA HISTÓRICA Y MÁRTIRES, por Moisés Cayetano Rosado

Tal vez por deformación académica y profesional, me obsesiona la reivindicación de la memoria histórica. Como profesor de la materia, y por haber hecho mi tesina y tesis doctoral sobre temas de historia contemporánea, casi de “tiempo presente”, la apreciación

DIÁSPORA. MEMORIA HISTÓRICA Y MÁRTIRES, por Moisés Cayetano Rosado

Tal vez por deformación académica y profesional, me obsesiona la reivindicación de la memoria histórica. Como profesor de la materia, y por haber hecho mi tesina y tesis doctoral sobre temas de historia contemporánea, casi de “tiempo presente”, la apreciación

A BARRACA – HÉLDER MATEUS DA COSTA – ENCONTRO IMAGINÁRIO – debate entre personagens marcantes da história universal – TIRADENTES, MIGUEL ARRAES e EICHMANN – com a participação da sociedade civil – ATENÇÃO!!! É HOJE, SEGUNDA-FEIRA, 9 de OUTUBRO, às 21.30.

ATENÇÃO! É HOJE!!! 9 de OUTUBRO! ULTIMAS RESERVAS ! Para este mail, encontros_imaginarios@googlegroups.com; em nome de Helder Costa <costhelder@gmail.com>, ou 213965360       Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes (Fazenda do Pombal , baptizado em 12 de novembro de

A BARRACA – HÉLDER MATEUS DA COSTA – ENCONTRO IMAGINÁRIO – debate entre personagens marcantes da história universal – TIRADENTES, MIGUEL ARRAES e EICHMANN – com a participação da sociedade civil – ATENÇÃO!!! É HOJE, SEGUNDA-FEIRA, 9 de OUTUBRO, às 21.30.

ATENÇÃO! É HOJE!!! 9 de OUTUBRO! ULTIMAS RESERVAS ! Para este mail, encontros_imaginarios@googlegroups.com; em nome de Helder Costa <costhelder@gmail.com>, ou 213965360       Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes (Fazenda do Pombal , baptizado em 12 de novembro de

A GALIZA COMO TAREFA – aquesta gent tan ufana i tan superba – Ernesto V. Souza

  As ruas cheias de gente, longas filas para votarem, gente de todas as idades, condições e classes sociais aderindo o protesto e apelando destarte perante surdos e cegos. Os largos repletos de gente a cantar. Doutra banda a polícia,

A GALIZA COMO TAREFA – aquesta gent tan ufana i tan superba – Ernesto V. Souza

  As ruas cheias de gente, longas filas para votarem, gente de todas as idades, condições e classes sociais aderindo o protesto e apelando destarte perante surdos e cegos. Os largos repletos de gente a cantar. Doutra banda a polícia,

EL CANT DE LA SIBILLA – SIBILLA CATALANE – autor ANÓNIMO – por MONTSERRAT FIGUERAS, JORDI SAVALL, HESPERION XX e LA CAPELLA REIAL DE CATALUNYA

              Obrigado a micrologus 2 e ao Youtube El cant de la sibilla é cantado em catalão desde o século XIII. A sua autoria é atribuída a Eusébio de Cesareia, um bispo do século

EL CANT DE LA SIBILLA – SIBILLA CATALANE – autor ANÓNIMO – por MONTSERRAT FIGUERAS, JORDI SAVALL, HESPERION XX e LA CAPELLA REIAL DE CATALUNYA

              Obrigado a micrologus 2 e ao Youtube El cant de la sibilla é cantado em catalão desde o século XIII. A sua autoria é atribuída a Eusébio de Cesareia, um bispo do século

NOBODY KNOWS THE TROUBLE I’VE SEEN, por MARIAN ANDERSON

                    Para ler sobre as origens de Nobody knows the trouble I’ve seen poderá clicar em: https://en.wikipedia.org/wiki/Nobody_Knows_the_Trouble_I%27ve_Seen  

NOBODY KNOWS THE TROUBLE I’VE SEEN, por MARIAN ANDERSON

                    Para ler sobre as origens de Nobody knows the trouble I’ve seen poderá clicar em: https://en.wikipedia.org/wiki/Nobody_Knows_the_Trouble_I%27ve_Seen  

A OPINIÃO DE DANIEL AARÃO REIS – SANGUE E SOLO

  Tochas erguidas contra o escuro da noite, os manifestantes gritavam: “Vocês não vão nos substituir, os judeus não vão nos substituir”. Enfileirados, organizados, com bastões, capacetes e escudos,  ecoavam seus gritos de guerra: “Sangue e solo, solo e sangue”.

A OPINIÃO DE DANIEL AARÃO REIS – SANGUE E SOLO

  Tochas erguidas contra o escuro da noite, os manifestantes gritavam: “Vocês não vão nos substituir, os judeus não vão nos substituir”. Enfileirados, organizados, com bastões, capacetes e escudos,  ecoavam seus gritos de guerra: “Sangue e solo, solo e sangue”.

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – 8 ANOS A ABRIR – SÁBADO e DOMINGO, 30 de SETEMBRO e 1 de OUTUBRO, às 16 horas

  8 anos a abrir! Oito anos a abrir é muito tempo, mas pode ser só o começo. E, como começámos, temos vontade de continuar. Venham amigos. Vamos partilhar fôlego para continuar.   Eis a mesa bem servida As flores

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – 8 ANOS A ABRIR – SÁBADO e DOMINGO, 30 de SETEMBRO e 1 de OUTUBRO, às 16 horas

  8 anos a abrir! Oito anos a abrir é muito tempo, mas pode ser só o começo. E, como começámos, temos vontade de continuar. Venham amigos. Vamos partilhar fôlego para continuar.   Eis a mesa bem servida As flores

À ESPERA DO REFERENDO NA CATALUNHA – DOIS TEXTOS DE ALFONSO CASTELAO – selecção e introdução de ANTÓNIO GOMES MARQUES

  À Espera do Referendo na Catalunha Muitos de nós aguardamos com ansiedade o próximo referendo na Catalunha, que o governo do Sr. Rajoy tem tratado, em linguagem futebolística, à canelada ou mesmo à cacetada, o que não deixa de

À ESPERA DO REFERENDO NA CATALUNHA – DOIS TEXTOS DE ALFONSO CASTELAO – selecção e introdução de ANTÓNIO GOMES MARQUES

  À Espera do Referendo na Catalunha Muitos de nós aguardamos com ansiedade o próximo referendo na Catalunha, que o governo do Sr. Rajoy tem tratado, em linguagem futebolística, à canelada ou mesmo à cacetada, o que não deixa de