Category Archives: História

AMÉRICA LATINA – COLÔMBIA – COVID-19 – III – O EXÉRCITO COLOMBIANO ASSASSINOU MILHARES DE CIVIS PARA OS FAZER PASSAR POR GUERRILHEIROS… – por PAUL BÉJANNIN

    L’armée colombienne a assassiné des milliers de civils pour les faire passer pour des guérilleros, por Paul Béjannin Mediapart, 23 de Julho de 2020 Selecção e tradução de Júlio Marques Mota Nos últimos 20 anos, o exército colombiano

CRISE DO COVID 19 E A INCAPACIDADE DAS SOCIEDADES NEOLIBERAIS EM LHE DAREM RESPOSTA – LXVII – por MARIANA ABREU

    La hantise de l’austérité et le spectre de Salazar: Le Portugal à l’ère post-covid, por Mariana Abreu Le Vent se Léve, 17 de Julho de 2020 Selecção e tradução de Júlio Marques Mota       Como resultado da

A GALIZA COMO TAREFA – abaladiço – Ernesto V. Souza

Se lembrarem, no Auto da Lusitânia intercalado com o entremez Todo-o-Mundo e Ninguém, de 1532, decorre este pequeno diálogo de carácter plenamente clássico e sapiencial: […] Todo o Mundo: e meu tempo todo inteiro sempre é buscar dinheiro e sempre

A BARRACA A CÉU ABERTO – ENCONTRO IMAGINÁRIO – HÉLDER MATEUS DA COSTA – debate entre personagens marcantes da história universal – participação da sociedade civil – CÉSAR BÓRGIA, JOSÉ AFONSO e CAGLIOSTRO – HOJE, SEGUNDA-FEIRA, 27 de JULHO, às 21.30

  César Bórgia, o célebre príncipe, cardeal e nobre italiano da Renascença que inspirou  “ O Príncipe” de Maquiavel. Figura amoral, de uma boçalidade cruel e animalesca é bem o símbolo da decadência do Vaticano e da Itália das Repúblicas.

A BARRACA A CÉU ABERTO – ENCONTRO IMAGINÁRIO – HÉLDER MATEUS DA COSTA – debate entre personagens marcantes da história universal – participação da sociedade civil – CÉSAR BÓRGIA, JOSÉ AFONSO e CAGLIOSTRO – SEGUNDA-FEIRA, 27 de JULHO, às 21.30

  César Bórgia, o célebre príncipe, cardeal e nobre italiano da Renascença que inspirou  “ O Príncipe” de Maquiavel. Figura amoral, de uma boçalidade cruel e animalesca é bem o símbolo da decadência do Vaticano e da Itália das Repúblicas. Será interpretado por José

A GALIZA COMO TAREFA – galerias – Ernesto V. Souza

Desenvolvi nos últimos tempos, quem sabe se como sequela do confinamento ou por declínios saudosos da idade, a vocação de passeante de sonhos. Acontece-me, com mais intensidade do que nunca, sonhar que passeio as ruas das cidades nas que morei.

A BARRACA A CÉU ABERTO – ENCONTRO IMAGINÁRIO – HÉLDER MATEUS DA COSTA – sociedade civil – NUNO ÁLVARES PEREIRA e RAMALHO ORTIGÃO – HOJE, SEGUNDA-FEIRA, 20 de JULHO, às 21 horas, no Jardim NUNO ÁLVARES (SANTOS)

Começa segunda-feira, 20 de Julho, a programação da Barraca a céu aberto! Em parceria com a Junta de Freguesia da Estrela vamos “ocupar” o Jardim de Santos! Começamos com um Encontro Imaginário Este jardim chama-se D. Nuno Alvares Pereira e

O PANÓPTICO DIGITAL E A PRECARIEDADE DO ENSINO REMOTO, por HENRIQUE TAHAN NOVAES

Selecção de Camilo Joseph Inúmeros estudos foram produzidos sobre a ascensão das corporações no século XX. São bastante conhecidos os estudos de Lenin (1870-1924) no livro “Imperialismo fase superior do capitalismo”, onde ele mostra a ascensão do capital monopolista. Corporações

PALCO 16 – AS FESTAS DOS SANTOS POPULARES – por Roberto Merino

  As festas dos Santos populares não se distinguem apenas pelo convívio com a sardinha, a broa ou a carne na grelha, também representações teatrais dedicadas a estas figuras se encenam juntando a hagiografia e o teatro. Ficam aqui alguns