Category Archives: História

A BARRACA – HÉLDER MATEUS DA COSTA – ENCONTRO IMAGINÁRIO – debate entre personagens marcantes da história universal – LUÍS I, GEORGE WASHINGTON e JOAQUIM TELES JORDÃO – com a participação da sociedade civil – ATENÇÃO!!!! ÚLTIMO ENCONTRO DE 2017! – AMANHÃ, SEGUNDA-FEIRA, 18 de DEZEMBRO, às 21.30.

ATENÇÃO !!!! ÚLTIMO ENCONTRO DE 2017! Um balanço das lutas entre liberais e miguelistas, a Monarquia Constitucional e o nascimento das Estados Unidos da América. ULTIMAS RESERVAS Luís I (Lisboa, 31 de outubro de 1838 – Cascais, 19 de outubro

A BARRACA – HÉLDER MATEUS DA COSTA – ENCONTRO IMAGINÁRIO – debate entre personagens marcantes da história universal – LUÍS I, GEORGE WASHINGTON e JOAQUIM TELES JORDÃO – com a participação da sociedade civil – ATENÇÃO!!!! ÚLTIMO ENCONTRO DE 2017! – AMANHÃ, SEGUNDA-FEIRA, 18 de DEZEMBRO, às 21.30.

ATENÇÃO !!!! ÚLTIMO ENCONTRO DE 2017! Um balanço das lutas entre liberais e miguelistas, a Monarquia Constitucional e o nascimento das Estados Unidos da América. ULTIMAS RESERVAS Luís I (Lisboa, 31 de outubro de 1838 – Cascais, 19 de outubro

A NOSSA PENÍNSULA – 5 – Mosaico cultural – por Carlos Loures

(continuação) Numa tentativa frouxa de desacreditar a legitima luta dos catalães pela sua independência plena, surge um movimento exigindo a constituição de um Estado com a configuração geográfica do Al Andalus.  Um texto que publiquei há cerca de sete anos

A NOSSA PENÍNSULA – 5 – Mosaico cultural – por Carlos Loures

(continuação) Numa tentativa frouxa de desacreditar a legitima luta dos catalães pela sua independência plena, surge um movimento exigindo a constituição de um Estado com a configuração geográfica do Al Andalus.  Um texto que publiquei há cerca de sete anos

A IDEIA – REVISTA de CULTURA LIBERTÁRIA – LANÇAMENTO de NÚMERO TRIPLO 81/83 + livro “ANARQUISMO MODERNO MAS NÃO PÓS-MODERNO” – AMANHÃ, SÁBADO, 16 de DEZEMBRO, às 15 horas, no MUSEU DO ALJUBE

Prezados Amigos e Colaboradores O número triplo da revista “A Ideia” respeitante a 2017 será apresentado na tarde do dia 16 de Dezembro de 2017 no Museu do Aljube. Segue em anexo o cartaz do evento, com o programa e

A IDEIA – REVISTA de CULTURA LIBERTÁRIA – LANÇAMENTO de NÚMERO TRIPLO 81/83 + livro “ANARQUISMO MODERNO MAS NÃO PÓS-MODERNO” – AMANHÃ, SÁBADO, 16 de DEZEMBRO, às 15 horas, no MUSEU DO ALJUBE

Prezados Amigos e Colaboradores O número triplo da revista “A Ideia” respeitante a 2017 será apresentado na tarde do dia 16 de Dezembro de 2017 no Museu do Aljube. Segue em anexo o cartaz do evento, com o programa e

A NOSSA PENÍNSULA – 4 – A mítica Lusitânia – por Carlos Loures

(continuação) Depois de um pequeno desvio pelo Reino da Lusitânia Setentrional, volto à busca de uma razão consistente para que sejamos tratados por lusitanos  e chego *a conclusão de que essa razão e consistência não existem. Parte do território de

A NOSSA PENÍNSULA – 4 – A mítica Lusitânia – por Carlos Loures

(continuação) Depois de um pequeno desvio pelo Reino da Lusitânia Setentrional, volto à busca de uma razão consistente para que sejamos tratados por lusitanos  e chego *a conclusão de que essa razão e consistência não existem. Parte do território de

A NOSSA PENÍNSULA – 3 – A Lusitânia Setentrional – por Carlos Loures

(continuação) Fazendo uma pausa na busca do gentílico mais adequado aos portugueses, sabendo-se que lusitanos constitui uma liberdade poética pouco sustentada etimologicamente, hispanos e hispânicos não colhem grande adesão e espanhóis provoca uma acentuada repulsa, vou contar a história pouco

A NOSSA PENÍNSULA – 3 – A Lusitânia Setentrional – por Carlos Loures

(continuação) Fazendo uma pausa na busca do gentílico mais adequado aos portugueses, sabendo-se que lusitanos constitui uma liberdade poética pouco sustentada etimologicamente, hispanos e hispânicos não colhem grande adesão e espanhóis provoca uma acentuada repulsa, vou contar a história pouco

A NOSSA PENÍNSULA- 2 – GENTÍLICO – por Carlos Loures

(continuação) Vou, pois tentar expor o problema. De uma coisa estou certo: a questão continuará a suscitar dúvidas, mas espero que seja possível atingir um primeiro patamar de entendimento. Pelo menos, parece-me possível compreender e separar o que é erro

A NOSSA PENÍNSULA- 2 – GENTÍLICO – por Carlos Loures

(continuação) Vou, pois tentar expor o problema. De uma coisa estou certo: a questão continuará a suscitar dúvidas, mas espero que seja possível atingir um primeiro patamar de entendimento. Pelo menos, parece-me possível compreender e separar o que é erro

SINAIS DE FOGO – OS EXTREMISTAS DA AUTOEUROPA – por Soares Novais

  O presidente da CIP afirma que se instalou uma “guerra na Autoeuropa”. Uma guerra de “cariz político-sindical, esclarece.” Tudo porque, diz o mandarete Saraiva, a CGTP implantou “um vírus” na fábrica de Palmela. Esta saraivada do Saraiva, que foi

SINAIS DE FOGO – OS EXTREMISTAS DA AUTOEUROPA – por Soares Novais

  O presidente da CIP afirma que se instalou uma “guerra na Autoeuropa”. Uma guerra de “cariz político-sindical, esclarece.” Tudo porque, diz o mandarete Saraiva, a CGTP implantou “um vírus” na fábrica de Palmela. Esta saraivada do Saraiva, que foi

A NOSSA PENÍNSULA-1 Os Portugueses serão hispanos, lusitanos…? – por Carlos Loures

A nossa Península é um cadinho onde se misturam povos, costumes, tradições, culturas… Numa área relativamente reduzida (inferior à do Estado do Texas), concentram-se povos com idiomas, História, percursos culturais, distintos; protagonizaram a gesta dos Descobrimentos, que, relativamente aos limites

A NOSSA PENÍNSULA-1 Os Portugueses serão hispanos, lusitanos…? – por Carlos Loures

A nossa Península é um cadinho onde se misturam povos, costumes, tradições, culturas… Numa área relativamente reduzida (inferior à do Estado do Texas), concentram-se povos com idiomas, História, percursos culturais, distintos; protagonizaram a gesta dos Descobrimentos, que, relativamente aos limites

CTA – “NATHAN, O SÁBIO”, de GOTTHOLD EPHRAIM LESSING – estreia HOJE, 9 de DEZEMBRO, às 21 horas – EXPOSIÇÃO “JERUSALÉM, UMBIGO DA HUMANIDADE” – no TEATRO MUNICIPAL JOAQUIM BENITE, em ALMADA.

  Jerusalém: umbigo da humanidade   A Companhia de Teatro de Almada estreia no próximo sábado o espectáculo Nathan, o sábio, de Gotthold Ephraim Lessing, com encenação de Rodrigo Francisco. A acção da peça decorre na Jerusalém do século XII,

CTA – “NATHAN, O SÁBIO”, de GOTTHOLD EPHRAIM LESSING – estreia HOJE, 9 de DEZEMBRO, às 21 horas – EXPOSIÇÃO “JERUSALÉM, UMBIGO DA HUMANIDADE” – no TEATRO MUNICIPAL JOAQUIM BENITE, em ALMADA.

  Jerusalém: umbigo da humanidade   A Companhia de Teatro de Almada estreia no próximo sábado o espectáculo Nathan, o sábio, de Gotthold Ephraim Lessing, com encenação de Rodrigo Francisco. A acção da peça decorre na Jerusalém do século XII,