Category Archives: História

Crise da democracia, crise da política, crise da economia: o olhar de alguns analistas neo-liberais – 15. Reflexões sobre a economia alemã. Uma abordagem macroeconómica. Parte 2: Salários e preços. Por Egon Neuthinger

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota   15. Reflexões sobre a economia alemã. Uma abordagem macroeconómica.  Parte 2: Salários e preços     Por Egon Neuthinger, economista, antigo funcionário do Ministério das Finanças da Alemanha e

Crise da democracia, crise da política, crise da economia: o olhar de alguns analistas neo-liberais – 15. Reflexões sobre a economia alemã. Uma abordagem macroeconómica. Parte 2: Salários e preços. Por Egon Neuthinger

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota   15. Reflexões sobre a economia alemã. Uma abordagem macroeconómica.  Parte 2: Salários e preços     Por Egon Neuthinger, economista, antigo funcionário do Ministério das Finanças da Alemanha e

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 15. Reflexões sobre a economia alemã. Uma abordagem macroeconómica. Parte 1: Introdução. Por Egon Neuthinger

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota   15. Reflexões sobre a economia alemã. Uma abordagem macroeconómica.  Parte 1: Introdução.   Por Egon Neuthinger, economista, antigo funcionário do Ministério das Finanças da Alemanha e colaborador em

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 15. Reflexões sobre a economia alemã. Uma abordagem macroeconómica. Parte 1: Introdução. Por Egon Neuthinger

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota   15. Reflexões sobre a economia alemã. Uma abordagem macroeconómica.  Parte 1: Introdução.   Por Egon Neuthinger, economista, antigo funcionário do Ministério das Finanças da Alemanha e colaborador em

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 14. China: Optar por mais Dívida, por mais Desemprego, ou em vez disso por Transferências de Rendimentos, por Michael Pettis

Seleção e revisão de Júlio Marques Mota, tradução de Francisco Tavares 14. China: Optar por mais Dívida, por mais Desemprego, ou em vez disso por Transferências de Rendimentos     Por Michael Pettis,  em 20 de Novembro de 2016  

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 14. China: Optar por mais Dívida, por mais Desemprego, ou em vez disso por Transferências de Rendimentos, por Michael Pettis

Seleção e revisão de Júlio Marques Mota, tradução de Francisco Tavares 14. China: Optar por mais Dívida, por mais Desemprego, ou em vez disso por Transferências de Rendimentos     Por Michael Pettis,  em 20 de Novembro de 2016  

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum (última parte). Por Heiner Flassbeck

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum. Última parte: Construção, retalho, desemprego. Recomendações.   Por Heiner Flassbeck, publicado por Flassbeck-economics

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum (última parte). Por Heiner Flassbeck

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum. Última parte: Construção, retalho, desemprego. Recomendações.   Por Heiner Flassbeck, publicado por Flassbeck-economics

A GALIZA COMO TAREFA – spero lucem… – Ernesto V. Souza

PAXAROS; PEIXES, E HOMES, DE DISTINTA CASTA SON : AQUELLES CÓMENSE ASADOS, PERO ¿OS RACIONALES ? NON. Manuel Pardo de Andrade, 1841 Não há tantos anos, uma, duas décadas talvez, naquele remoto Reino da Espanha parecia claro que se consolidara a democracia;

A GALIZA COMO TAREFA – spero lucem… – Ernesto V. Souza

PAXAROS; PEIXES, E HOMES, DE DISTINTA CASTA SON : AQUELLES CÓMENSE ASADOS, PERO ¿OS RACIONALES ? NON. Manuel Pardo de Andrade, 1841 Não há tantos anos, uma, duas décadas talvez, naquele remoto Reino da Espanha parecia claro que se consolidara a democracia;

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum (parte 2). Por Heiner Flassbeck

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum. Parte 2.     Por Heiner Flassbeck, publicado por Flassbeck-economics em 22 de

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum (parte 2). Por Heiner Flassbeck

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum. Parte 2.     Por Heiner Flassbeck, publicado por Flassbeck-economics em 22 de

DIÁSPORA. OPERAÇÃO VIRAGEM HISTÓRICA, por Moisés Cayetano Rosado.

Fernando Mão de Ferro, el incansable editor de Edições Colibri, que tiene en su catálogo las principales publicaciones salidas de y sobre Alentejo, me acaba de proporcionar un libro extraordinario, recién sacado de la imprenta, sobre lo que conocemos como

DIÁSPORA. OPERAÇÃO VIRAGEM HISTÓRICA, por Moisés Cayetano Rosado.

Fernando Mão de Ferro, el incansable editor de Edições Colibri, que tiene en su catálogo las principales publicaciones salidas de y sobre Alentejo, me acaba de proporcionar un libro extraordinario, recién sacado de la imprenta, sobre lo que conocemos como

MPPM – COMUNICADO 13/2017 – REFUGIADOS – QUESTÃO CENTRAL DO NOSSO TEMPO

  COMUNICADO 13/2017 REFUGIADOS – QUESTÃO CENTRAL DO NOSSO TEMPO   No Dia Mundial dos Refugiados, que se assinala a 20 de Junho por iniciativa da ONU, o MPPM exprime a sua solidariedade com os refugiados do mundo inteiro e

MPPM – COMUNICADO 13/2017 – REFUGIADOS – QUESTÃO CENTRAL DO NOSSO TEMPO

  COMUNICADO 13/2017 REFUGIADOS – QUESTÃO CENTRAL DO NOSSO TEMPO   No Dia Mundial dos Refugiados, que se assinala a 20 de Junho por iniciativa da ONU, o MPPM exprime a sua solidariedade com os refugiados do mundo inteiro e

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum (parte 1). Por Heiner Flassbeck

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum. Parte 1.   Por Heiner Flassbeck, publicado por Flassbeck-economics em 18 de Agosto

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum (parte 1). Por Heiner Flassbeck

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum. Parte 1.   Por Heiner Flassbeck, publicado por Flassbeck-economics em 18 de Agosto

CONTOS & CRÓNICAS – CARLOS REIS – OS ARTIGOS IMPUBLICÁVEIS – DESCUBRA AS DIFERENÇAS

    Tenho a teoria de que mesmo os piores bandidos da política, os gangsters e os alarves ultra-reaccionários que o povo costuma eleger, feliz e confiante, não têm necessariamente de ser inteligentes nem cultos. Dizem e fazem asneiras e

CONTOS & CRÓNICAS – CARLOS REIS – OS ARTIGOS IMPUBLICÁVEIS – DESCUBRA AS DIFERENÇAS

    Tenho a teoria de que mesmo os piores bandidos da política, os gangsters e os alarves ultra-reaccionários que o povo costuma eleger, feliz e confiante, não têm necessariamente de ser inteligentes nem cultos. Dizem e fazem asneiras e

Legislativas em França – Macron: a festa já acabou! Por Jean-Luc Gréau

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Legislativas em França – Macron: a festa já acabou! Muitas catástrofes no horizonte Por Jean-Luc Gréau, economista francês   Publicado por Causeur.fr em 8 de junho de 2017 http://www.causeur.fr/macronmania-macron-legislatives-44354.html   Todas os meios

Legislativas em França – Macron: a festa já acabou! Por Jean-Luc Gréau

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Legislativas em França – Macron: a festa já acabou! Muitas catástrofes no horizonte Por Jean-Luc Gréau, economista francês   Publicado por Causeur.fr em 8 de junho de 2017 http://www.causeur.fr/macronmania-macron-legislatives-44354.html   Todas os meios

Legislativas : para uma Assembleia (verdadeiramente) nacional, por Gil Mihaely

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Legislativas : para uma Assembleia (verdadeiramente) nacional Se não houver maioria, Macron deverá ter em conta a opinião pública. Por Gil Mihaely,  historiador e  diretor da revista Causeur Publicado em 9 de junho de 2017

Legislativas : para uma Assembleia (verdadeiramente) nacional, por Gil Mihaely

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Legislativas : para uma Assembleia (verdadeiramente) nacional Se não houver maioria, Macron deverá ter em conta a opinião pública. Por Gil Mihaely,  historiador e  diretor da revista Causeur Publicado em 9 de junho de 2017

DIÁSPORA. REVISTA DE CULTURA “CALLIPOLE”, por Moisés Cayetano Rosado

El número 24 de la Revista de Cultura CALLIPOLE, del Municipio de Vila Viçosa, fue presentado en la tarde del 10 de junio en el Seminario San José de la localidad, ante un numeroso público de la localidad, de los

DIÁSPORA. REVISTA DE CULTURA “CALLIPOLE”, por Moisés Cayetano Rosado

El número 24 de la Revista de Cultura CALLIPOLE, del Municipio de Vila Viçosa, fue presentado en la tarde del 10 de junio en el Seminario San José de la localidad, ante un numeroso público de la localidad, de los