Category Archives: Filosofia

O NOSSO RESPEITO POR ASSANGE – ASSANGE, por ERIC WERNER

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota   O que é um herói, pergunta o estudante? Estás a pensar em Assange, disse o advogado? Um herói é alguém que prefere a glória, mas à custa de uma morte rápida em

O NOSSO RESPEITO POR ASSANGE – ASSANGE, por ERIC WERNER

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota   O que é um herói, pergunta o estudante? Estás a pensar em Assange, disse o advogado? Um herói é alguém que prefere a glória, mas à custa de uma morte rápida em

FRATERNIZAR – Pós-cristãs, pós-religiosas e pós-partidos políticos – COM OS POVOS ORGANIZADOS AO LEME – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  Dizem-nos os sinais dos tempos que as sucessivas gerações do terceiro milénio são gerações maioritariamente pós-cristãs, pós-religiosas e pós-partidos políticos. Por mais que se danem as actuais elites do poder, as gerações do terceiro milénio, mulheres e homens, apresentam-se

FRATERNIZAR – Pós-cristãs, pós-religiosas e pós-partidos políticos – COM OS POVOS ORGANIZADOS AO LEME – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  Dizem-nos os sinais dos tempos que as sucessivas gerações do terceiro milénio são gerações maioritariamente pós-cristãs, pós-religiosas e pós-partidos políticos. Por mais que se danem as actuais elites do poder, as gerações do terceiro milénio, mulheres e homens, apresentam-se

ADÃO CRUZ – REFLEXÃO

  Deparamos hoje com uma progressiva desumanização do comportamento humano e da sociedade, o que nos torna tristes, desiludidos, revoltados e descrentes. Falo na desumanização em termos de natureza política, moral e social. Mas há outra “desumanização”, a da evolução

ADÃO CRUZ – REFLEXÃO

  Deparamos hoje com uma progressiva desumanização do comportamento humano e da sociedade, o que nos torna tristes, desiludidos, revoltados e descrentes. Falo na desumanização em termos de natureza política, moral e social. Mas há outra “desumanização”, a da evolução

DIA MUNDIAL DA POESIA – “LIBERTÉ”, de PAUL ÉLUARD, por GÉRARD PHILIPPE

Paul Éluard, pseudónimo de Eugène Emile Paul Grindel, nasceu em 1895, Saint-Denis (Paris) e morreu em 1952, Charenton-le-Pont (Paris). Poeta francês. Participou no movimento dadaísta, de Tristan Tzara, e depois no surrealismo, de André Breton. Desvinculou-se deste último movimento depois

DIA MUNDIAL DA POESIA – “LIBERTÉ”, de PAUL ÉLUARD, por GÉRARD PHILIPPE

Paul Éluard, pseudónimo de Eugène Emile Paul Grindel, nasceu em 1895, Saint-Denis (Paris) e morreu em 1952, Charenton-le-Pont (Paris). Poeta francês. Participou no movimento dadaísta, de Tristan Tzara, e depois no surrealismo, de André Breton. Desvinculou-se deste último movimento depois

FRATERNIZAR – Quaresma 2019 – PODE HAVER PERDÃO PARA AS IGREJAS CRISTÃS? – por MÁRIO DE OLIVEIRA

    Tudo o que é cristianismo e igrejas cristãs dá-se mal, muito mal com o Carnaval. E dá-se bem, demasiado bem, com tudo o que é quaresma. Sou do tempo em que, nos 12 anos do seminário tridentino, as

FRATERNIZAR – Quaresma 2019 – PODE HAVER PERDÃO PARA AS IGREJAS CRISTÃS? – por MÁRIO DE OLIVEIRA

    Tudo o que é cristianismo e igrejas cristãs dá-se mal, muito mal com o Carnaval. E dá-se bem, demasiado bem, com tudo o que é quaresma. Sou do tempo em que, nos 12 anos do seminário tridentino, as