Author Archives: franciscogtavares

Carta de Júlio Marques Mota enviada ao Primeiro-Ministro, ao Ministro da Saúde e ao Diretor do Hospital Pediátrico de Coimbra.

Carta enviada ao Primeiro-Ministro, ao Ministro da Saúde e ao Diretor do Hospital Pediátrico de Coimbra. Por Júlio Marques Mota  Algumas reflexões em torno do espírito de Abril de outrora e algumas lágrimas sobre o espírito de Abril de agora.   Coimbra,

Carta de Júlio Marques Mota enviada ao Primeiro-Ministro, ao Ministro da Saúde e ao Diretor do Hospital Pediátrico de Coimbra.

Carta enviada ao Primeiro-Ministro, ao Ministro da Saúde e ao Diretor do Hospital Pediátrico de Coimbra. Por Júlio Marques Mota  Algumas reflexões em torno do espírito de Abril de outrora e algumas lágrimas sobre o espírito de Abril de agora.   Coimbra,

Sobre uma carta enviada ao Primeiro-ministro António Costa, ao Ministro da Saúde e ao Diretor do Hospital Pediátrico de Coimbra. Por Júlio Marques Mota

Sobre uma carta enviada ao Primeiro-ministro António Costa, ao Ministro da Saúde e ao Diretor do Hospital Pediátrico de Coimbra Por Júlio Marques Mota  Algumas reflexões em torno do espírito de Abril de outrora e algumas lágrimas sobre o espírito

Sobre uma carta enviada ao Primeiro-ministro António Costa, ao Ministro da Saúde e ao Diretor do Hospital Pediátrico de Coimbra. Por Júlio Marques Mota

Sobre uma carta enviada ao Primeiro-ministro António Costa, ao Ministro da Saúde e ao Diretor do Hospital Pediátrico de Coimbra Por Júlio Marques Mota  Algumas reflexões em torno do espírito de Abril de outrora e algumas lágrimas sobre o espírito

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção?Parte II – 31. Os relatórios sobre a minha morte foram largamente exagerados (2ª parte-conclusão). Por The Heisenberg 

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 31. Os relatórios sobre a minha morte foram largamente exagerados (2ª parte-conclusão) Por The Heisenberg  Publicado por 

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção?Parte II – 31. Os relatórios sobre a minha morte foram largamente exagerados (2ª parte-conclusão). Por The Heisenberg 

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 31. Os relatórios sobre a minha morte foram largamente exagerados (2ª parte-conclusão) Por The Heisenberg  Publicado por 

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção? Parte II – 31. Os relatórios sobre a minha morte foram largamente exagerados (1ª parte). Por The Heisenberg

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 31. Os relatórios sobre a minha morte foram largamente exagerados (1ª parte) Por The Heisenberg  Publicado por 

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção? Parte II – 31. Os relatórios sobre a minha morte foram largamente exagerados (1ª parte). Por The Heisenberg

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 31. Os relatórios sobre a minha morte foram largamente exagerados (1ª parte) Por The Heisenberg  Publicado por 

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção? Parte II – 30. A Goldman escreve uma carta aos seus clientes: “Pensamos que deve atualmente estar mais preocupado em vender do que em comprar”. Por Therealheisenberg 

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 30. A Goldman escreve uma carta aos seus clientes: “Pensamos que deve atualmente estar mais preocupado em vender

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção? Parte II – 30. A Goldman escreve uma carta aos seus clientes: “Pensamos que deve atualmente estar mais preocupado em vender do que em comprar”. Por Therealheisenberg 

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 30. A Goldman escreve uma carta aos seus clientes: “Pensamos que deve atualmente estar mais preocupado em vender

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção? Parte II – 29. Pode o leitor sentir a tensão? Tome um bom uísque, a história diz-nos que esta correção pode tornar-se ainda mais profunda. Por therealheisenberg

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 29. Pode o leitor sentir a tensão? Tome um bom uísque, a história diz-nos que esta correção

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção? Parte II – 29. Pode o leitor sentir a tensão? Tome um bom uísque, a história diz-nos que esta correção pode tornar-se ainda mais profunda. Por therealheisenberg

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 29. Pode o leitor sentir a tensão? Tome um bom uísque, a história diz-nos que esta correção

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção?Parte II – 28. Um passeio selvagem em 2018: estará a bolha apenas a começar?  Por The Economist , Buttonwood’s notebook

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 28. Um passeio selvagem em 2018: estará a bolha apenas a começar?  Por  , Buttonwood’s notebook, em

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção?Parte II – 28. Um passeio selvagem em 2018: estará a bolha apenas a começar?  Por The Economist , Buttonwood’s notebook

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 28. Um passeio selvagem em 2018: estará a bolha apenas a começar?  Por  , Buttonwood’s notebook, em

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção?Parte II – 27. Será isto o fim dos mercados em baixa, para sempre? (2ª parte-conclusão). Por Lance Roberts

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 27. Será isto o fim dos mercados em baixa, para sempre? (2ª parte-conclusão) Por Lance Roberts   

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção?Parte II – 27. Será isto o fim dos mercados em baixa, para sempre? (2ª parte-conclusão). Por Lance Roberts

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 27. Será isto o fim dos mercados em baixa, para sempre? (2ª parte-conclusão) Por Lance Roberts   

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção? Parte II – 27. Será isto o fim dos mercados em baixa, para sempre? (1ª parte). Por Lance Roberts

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 27. Será isto o fim dos mercados em baixa, para sempre? (1ª parte) Por Lance Roberts   

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção? Parte II – 27. Será isto o fim dos mercados em baixa, para sempre? (1ª parte). Por Lance Roberts

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 27. Será isto o fim dos mercados em baixa, para sempre? (1ª parte) Por Lance Roberts   

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção? Parte II – 26. A meio de uma era. Por George Friedman

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 26. A meio de uma era Por George Friedman  GPF-Geopolitical Futures, em 27 de fevereiro de 2018

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção? Parte II – 26. A meio de uma era. Por George Friedman

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 26. A meio de uma era Por George Friedman  GPF-Geopolitical Futures, em 27 de fevereiro de 2018

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção? Parte II – 25. As ações em venda desenfreada (2ª parte-conclusão). Por Adam Hamilton

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 25. As ações em venda desenfreada (2ª parte-conclusão)  Por Adam Hamilton em 9 de fevereiro de 2018

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção? Parte II – 25. As ações em venda desenfreada (2ª parte-conclusão). Por Adam Hamilton

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 25. As ações em venda desenfreada (2ª parte-conclusão)  Por Adam Hamilton em 9 de fevereiro de 2018

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção? Parte II – 25. As ações em venda desenfreada (1ª parte).  Por Adam Hamilton

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 25. As ações em venda desenfreada (1ª parte)  Por Adam Hamilton em 9 de fevereiro de 2018

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção? Parte II – 25. As ações em venda desenfreada (1ª parte).  Por Adam Hamilton

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 25. As ações em venda desenfreada (1ª parte)  Por Adam Hamilton em 9 de fevereiro de 2018

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção?Parte II – 24. O fim de uma era de tranquilidade para os mercados financeiros (2ª parte-conclusão). Por Nicole Bullock, Eric Platt e Alexandra Scaggs

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 24. O fim de uma era de tranquilidade para os mercados financeiros (2ª parte-conclusão)  Por Nicole Bullock,

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção?Parte II – 24. O fim de uma era de tranquilidade para os mercados financeiros (2ª parte-conclusão). Por Nicole Bullock, Eric Platt e Alexandra Scaggs

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 24. O fim de uma era de tranquilidade para os mercados financeiros (2ª parte-conclusão)  Por Nicole Bullock,

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção? Parte II – 24. O fim de uma era de tranquilidade para os mercados financeiros (1ª parte).  Por Nicole Bullock, Eric Platt e Alexandra Scaggs

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 24. O fim de uma era de tranquilidade para os mercados financeiros (1ª parte)  Por Nicole Bullock,

Trickle down ou trickle up eis a questão. E qual tem sido a opção? Parte II – 24. O fim de uma era de tranquilidade para os mercados financeiros (1ª parte).  Por Nicole Bullock, Eric Platt e Alexandra Scaggs

Uma nova série sobre as novas tempestades que se vislumbram já no horizonte  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte II – 24. O fim de uma era de tranquilidade para os mercados financeiros (1ª parte)  Por Nicole Bullock,