Author Archives: franciscogtavares

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum (última parte). Por Heiner Flassbeck

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum. Última parte: Construção, retalho, desemprego. Recomendações.   Por Heiner Flassbeck, publicado por Flassbeck-economics

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum (última parte). Por Heiner Flassbeck

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum. Última parte: Construção, retalho, desemprego. Recomendações.   Por Heiner Flassbeck, publicado por Flassbeck-economics

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum (parte 2). Por Heiner Flassbeck

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum. Parte 2.     Por Heiner Flassbeck, publicado por Flassbeck-economics em 22 de

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum (parte 2). Por Heiner Flassbeck

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum. Parte 2.     Por Heiner Flassbeck, publicado por Flassbeck-economics em 22 de

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum (parte 1). Por Heiner Flassbeck

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum. Parte 1.   Por Heiner Flassbeck, publicado por Flassbeck-economics em 18 de Agosto

Crise da democracia, crise da Política, Crise da Economia: o olhar de alguns analistas não neoliberais – 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum (parte 1). Por Heiner Flassbeck

Seleção e tradução de Francisco Tavares, revisão de Júlio Marques Mota 13. Análise do ciclo económico da economia europeia no verão de 2016: nenhuma recuperação em lado nenhum. Parte 1.   Por Heiner Flassbeck, publicado por Flassbeck-economics em 18 de Agosto

Legislativas em França – Macron: a festa já acabou! Por Jean-Luc Gréau

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Legislativas em França – Macron: a festa já acabou! Muitas catástrofes no horizonte Por Jean-Luc Gréau, economista francês   Publicado por Causeur.fr em 8 de junho de 2017 http://www.causeur.fr/macronmania-macron-legislatives-44354.html   Todas os meios

Legislativas em França – Macron: a festa já acabou! Por Jean-Luc Gréau

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Legislativas em França – Macron: a festa já acabou! Muitas catástrofes no horizonte Por Jean-Luc Gréau, economista francês   Publicado por Causeur.fr em 8 de junho de 2017 http://www.causeur.fr/macronmania-macron-legislatives-44354.html   Todas os meios

De uma crise a outra, dos anos de Mitterrand aos anos de Hollande, da tragédia de outrora à farsa de agora. Em jeito de conclusão: Considerações à volta de algumas razões que levaram ao desastre e à farsa das eleições presidenciais em França, por Júlio Marques Mota (última parte)

Em jeito de conclusão: Considerações à volta de algumas razões que levaram ao desastre e à farsa das eleições presidenciais em França       Por Júlio Marques Mota, 30 de maio de 2017 (última parte)  Mas se a explicitação

De uma crise a outra, dos anos de Mitterrand aos anos de Hollande, da tragédia de outrora à farsa de agora. Em jeito de conclusão: Considerações à volta de algumas razões que levaram ao desastre e à farsa das eleições presidenciais em França, por Júlio Marques Mota (última parte)

Em jeito de conclusão: Considerações à volta de algumas razões que levaram ao desastre e à farsa das eleições presidenciais em França       Por Júlio Marques Mota, 30 de maio de 2017 (última parte)  Mas se a explicitação

Legislativas : para uma Assembleia (verdadeiramente) nacional, por Gil Mihaely

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Legislativas : para uma Assembleia (verdadeiramente) nacional Se não houver maioria, Macron deverá ter em conta a opinião pública. Por Gil Mihaely,  historiador e  diretor da revista Causeur Publicado em 9 de junho de 2017

Legislativas : para uma Assembleia (verdadeiramente) nacional, por Gil Mihaely

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Legislativas : para uma Assembleia (verdadeiramente) nacional Se não houver maioria, Macron deverá ter em conta a opinião pública. Por Gil Mihaely,  historiador e  diretor da revista Causeur Publicado em 9 de junho de 2017

De uma crise a outra, dos anos de Mitterrand aos anos de Hollande, da tragédia de outrora à farsa de agora. Em jeito de conclusão: Considerações à volta de algumas razões que levaram ao desastre e à farsa das eleições presidenciais em França, por Júlio Marques Mota (1ª parte)

Em jeito de conclusão: Considerações à volta de algumas razões que levaram ao desastre e à farsa das eleições presidenciais em França       Por Júlio Marques Mota, 30 de maio de 2017 (1ª parte)  Dedico esta peça sobretudo

De uma crise a outra, dos anos de Mitterrand aos anos de Hollande, da tragédia de outrora à farsa de agora. Em jeito de conclusão: Considerações à volta de algumas razões que levaram ao desastre e à farsa das eleições presidenciais em França, por Júlio Marques Mota (1ª parte)

Em jeito de conclusão: Considerações à volta de algumas razões que levaram ao desastre e à farsa das eleições presidenciais em França       Por Júlio Marques Mota, 30 de maio de 2017 (1ª parte)  Dedico esta peça sobretudo

De uma crise a outra, dos anos de Mitterrand aos anos de Hollande, da tragédia de outrora à farsa de agora. 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder. Texto 4.12 – Da natureza do fascismo e do recurso ao argumento moral, por Claude Rochet

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder Texto 4.12 – Da natureza do fascismo e do recurso ao argumento moral  Por Claude Rochet, 29

De uma crise a outra, dos anos de Mitterrand aos anos de Hollande, da tragédia de outrora à farsa de agora. 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder. Texto 4.12 – Da natureza do fascismo e do recurso ao argumento moral, por Claude Rochet

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder Texto 4.12 – Da natureza do fascismo e do recurso ao argumento moral  Por Claude Rochet, 29

De uma crise a outra, dos anos de Mitterrand aos anos de Hollande, da tragédia de outrora à farsa de agora. 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder. Texto 4.10 – Macron, a grande impostura, por Jean-Loup Izambert

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota   4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder Texto 4.10 – Macron, a grande impostura. O que esconde Emmanuel Macron aos franceses.  Por Jean-Loup Izambert,

De uma crise a outra, dos anos de Mitterrand aos anos de Hollande, da tragédia de outrora à farsa de agora. 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder. Texto 4.10 – Macron, a grande impostura, por Jean-Loup Izambert

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota   4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder Texto 4.10 – Macron, a grande impostura. O que esconde Emmanuel Macron aos franceses.  Por Jean-Loup Izambert,

De uma crise a outra, dos anos de Mitterrand aos anos de Hollande, da tragédia de outrora à farsa de agora. 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder. Texto 4.9 – Emmanuel Macron: este homem é perigoso, por Anicet Le Pors

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder Texto 4.9 – Emmanuel Macron: este homem é perigoso Por Anicet Le Pors, 4 de maio de

De uma crise a outra, dos anos de Mitterrand aos anos de Hollande, da tragédia de outrora à farsa de agora. 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder. Texto 4.9 – Emmanuel Macron: este homem é perigoso, por Anicet Le Pors

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder Texto 4.9 – Emmanuel Macron: este homem é perigoso Por Anicet Le Pors, 4 de maio de

De uma crise a outra, dos anos de Mitterrand aos anos de Hollande, da tragédia de outrora à farsa de agora. 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder. Texto 4.8 – Frente Republicana: inventário antes da liquidação, por Oudy Ch. Bloch

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder   Texto 4. 8 – Frente Republicana: inventário antes da liquidação.  Provavelmente será a última vez que

De uma crise a outra, dos anos de Mitterrand aos anos de Hollande, da tragédia de outrora à farsa de agora. 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder. Texto 4.8 – Frente Republicana: inventário antes da liquidação, por Oudy Ch. Bloch

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder   Texto 4. 8 – Frente Republicana: inventário antes da liquidação.  Provavelmente será a última vez que

De uma crise a outra, dos anos de Mitterrand aos anos de Hollande, da tragédia de outrora à farsa de agora. 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder. Texto 4. 6 – Presidenciais: a armadilha Macron–Le Pen, por Régis de Castelnau

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder  Texto 4. 6 – Presidenciais: a armadilha Macron–Le Pen. Porque estamos a viver uma situação gravíssima [1]   Régis

De uma crise a outra, dos anos de Mitterrand aos anos de Hollande, da tragédia de outrora à farsa de agora. 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder. Texto 4. 6 – Presidenciais: a armadilha Macron–Le Pen, por Régis de Castelnau

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder  Texto 4. 6 – Presidenciais: a armadilha Macron–Le Pen. Porque estamos a viver uma situação gravíssima [1]   Régis