Category Archives: Economia

É a procura, seu idiota! Por Jean-Luc Gréau

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Publicado por revista mensal em 1 de setembro de 2019 https://www.pressreader.com/france/causeur/20190901/281509342870332   Da China à América, a procura interna tende a enfraquecer. Se uma subida dos salários poderia evitar uma recessão mundial, os defensores

É a procura, seu idiota! Por Jean-Luc Gréau

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Publicado por revista mensal em 1 de setembro de 2019 https://www.pressreader.com/france/causeur/20190901/281509342870332   Da China à América, a procura interna tende a enfraquecer. Se uma subida dos salários poderia evitar uma recessão mundial, os defensores

A tributação dos super-ricos, o tributo da virtude ao vício. Por Jean-Luc Gréau

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Publicado por revista mensal em 27 de agosto de 2019 https://www.causeur.fr/milliardaires-george-soros-taxation-presidentielle-americaine-163151 A tributação dos super-ricos, o tributo da virtude ao vício Como um gosto inacabado nas palavras de George Soros George Soros e 17

A tributação dos super-ricos, o tributo da virtude ao vício. Por Jean-Luc Gréau

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Publicado por revista mensal em 27 de agosto de 2019 https://www.causeur.fr/milliardaires-george-soros-taxation-presidentielle-americaine-163151 A tributação dos super-ricos, o tributo da virtude ao vício Como um gosto inacabado nas palavras de George Soros George Soros e 17

EURO: As omissões do aluno Trichet. Por Jean-Luc Gréau

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Publicado por revista mensal em maio de 2019 O ex-presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet, faz uma avaliação geralmente positiva do euro em Le Debat. Trata-se de esquecer que a moeda única contribuiu

EURO: As omissões do aluno Trichet. Por Jean-Luc Gréau

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Publicado por revista mensal em maio de 2019 O ex-presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet, faz uma avaliação geralmente positiva do euro em Le Debat. Trata-se de esquecer que a moeda única contribuiu

A domesticação da finança, será ela possível? Por Jean Claude Werrebrouck

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Publicado pelo blog do autor  em 30 de julho de 2019 http://www.lacrisedesannees2010.com/2019/07/la-domestication-de-la-finance-est-elle-possible.html   Este título é um pouco a questão que Michael Vincent se pergunta no seu livro «Le banquier et le citoyen», obra

A domesticação da finança, será ela possível? Por Jean Claude Werrebrouck

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Publicado pelo blog do autor  em 30 de julho de 2019 http://www.lacrisedesannees2010.com/2019/07/la-domestication-de-la-finance-est-elle-possible.html   Este título é um pouco a questão que Michael Vincent se pergunta no seu livro «Le banquier et le citoyen», obra

Questões sobre a legitimidade de uma hipertrofia financeira. Por Jean Claude Werrebrouck

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Publicado pelo blog do autor  em 25 de julho de 2019 http://www.lacrisedesannees2010.com/2019/07/christine-lagarde-ou-le-clair-obscur-de-la-finance.html Muitos artigos de imprensa questionam as competências de Christine Lagarde no que diz respeito às suas capacidades no domínio das finanças. Estamos

Questões sobre a legitimidade de uma hipertrofia financeira. Por Jean Claude Werrebrouck

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Publicado pelo blog do autor  em 25 de julho de 2019 http://www.lacrisedesannees2010.com/2019/07/christine-lagarde-ou-le-clair-obscur-de-la-finance.html Muitos artigos de imprensa questionam as competências de Christine Lagarde no que diz respeito às suas capacidades no domínio das finanças. Estamos

A EVOLUÇÃO DO PODER DE COMPRA DOS TRABALHADORES DO SETOR PRIVADO, A DIMINUIÇÃO DA PRODUTIVIDADE DEVIDO AO INVESTIMENTO PRIVADO E PÚBLICO SER INSUFICIENTE, E O AGRAVAMENTO DAS DESIGUALDADES NA DISTRIBUIÇÃO DA RIQUEZA PRODUZIDA NO PAÍS – por EUGÉNIO ROSA

EM 2 ANOS (2017/2018) O PODER DE COMPRA DA REMUNERAÇÃO LÍQUIDA AUMENTOU APENAS 2,5% (em média 10,5€ por mês) Quadro 1 – Variação das remunerações brutas e líquidas nominais e do poder de compra entre 2017/2019 O ESMAGAMENTO DA REMUNERAÇÃO

A EVOLUÇÃO DO PODER DE COMPRA DOS TRABALHADORES DO SETOR PRIVADO, A DIMINUIÇÃO DA PRODUTIVIDADE DEVIDO AO INVESTIMENTO PRIVADO E PÚBLICO SER INSUFICIENTE, E O AGRAVAMENTO DAS DESIGUALDADES NA DISTRIBUIÇÃO DA RIQUEZA PRODUZIDA NO PAÍS – por EUGÉNIO ROSA

EM 2 ANOS (2017/2018) O PODER DE COMPRA DA REMUNERAÇÃO LÍQUIDA AUMENTOU APENAS 2,5% (em média 10,5€ por mês) Quadro 1 – Variação das remunerações brutas e líquidas nominais e do poder de compra entre 2017/2019 O ESMAGAMENTO DA REMUNERAÇÃO

Taxas negativas: Até onde podemos ir? Um pouco de ficção económica. Por Philippe Herlin

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Publicado por  em 22-08-2019 (ver aqui) _____________________________ As taxas negativas não estão incluídas nos manuais de economia, pois os principais economistas não consideraram este cenário, que parecia completamente absurdo. No entanto, já existem

Taxas negativas: Até onde podemos ir? Um pouco de ficção económica. Por Philippe Herlin

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Publicado por  em 22-08-2019 (ver aqui) _____________________________ As taxas negativas não estão incluídas nos manuais de economia, pois os principais economistas não consideraram este cenário, que parecia completamente absurdo. No entanto, já existem

A teoria do “Maior Idiota ” conduz a um mundo estranho de rendimentos negativos. Por Neil Collins

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota A teoria do “Maior Idiota [1]” conduz a um mundo estranho de rendimentos negativos Empréstimos concedidos a perder dinheiro só fazem sentido se houver outros compradores dispostos a arriscar perdas ainda maiores.   Por

A teoria do “Maior Idiota ” conduz a um mundo estranho de rendimentos negativos. Por Neil Collins

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota A teoria do “Maior Idiota [1]” conduz a um mundo estranho de rendimentos negativos Empréstimos concedidos a perder dinheiro só fazem sentido se houver outros compradores dispostos a arriscar perdas ainda maiores.   Por

Os problemas da ordem monetária global são mais profundos do que Trump. Por Claire Jones

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Os problemas da ordem monetária global são mais profundos do que Trump  Por Claire Jones Publicado por  , Alphaville, em 27 de agosto de 2019 (ver aqui) Republicado por  (aqui) _________________________ Uma das

Os problemas da ordem monetária global são mais profundos do que Trump. Por Claire Jones

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Os problemas da ordem monetária global são mais profundos do que Trump  Por Claire Jones Publicado por  , Alphaville, em 27 de agosto de 2019 (ver aqui) Republicado por  (aqui) _________________________ Uma das

Códigos informáticos, algoritmos GAFA [Google, Amazon, Facebook e Apple]: desativar a máquina infernal. Por Jonathan Koskas

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Códigos informáticos, algoritmos GAFA [Google, Amazon, Facebook e Apple]: desativar a máquina infernal. Será necessário prever um procedimento para estabelecer “um período de inatividade” dos algoritmos?    por Jonathan Koskas Publicado por  em

Códigos informáticos, algoritmos GAFA [Google, Amazon, Facebook e Apple]: desativar a máquina infernal. Por Jonathan Koskas

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Códigos informáticos, algoritmos GAFA [Google, Amazon, Facebook e Apple]: desativar a máquina infernal. Será necessário prever um procedimento para estabelecer “um período de inatividade” dos algoritmos?    por Jonathan Koskas Publicado por  em

Uber debaixo de tudo. Por Gil Mihaely

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Publicado por  em 3 de setembro de 2019 (ver aqui)   A Uber está a prejudicar a economia e nem sequer consegue ganhar dinheiro! Toda a gente conhece a Uber, o grupo que

Uber debaixo de tudo. Por Gil Mihaely

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Publicado por  em 3 de setembro de 2019 (ver aqui)   A Uber está a prejudicar a economia e nem sequer consegue ganhar dinheiro! Toda a gente conhece a Uber, o grupo que

Os despedimentos em massa estão de volta. O leitor está em risco? Por Adam Taggart

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Os despedimentos em massa estão de volta. O leitor está em risco? Haverá milhões de pessoas que irão perder os seus empregos na próxima recessão. O leitor vai perder o seu emprego?  Por

Os despedimentos em massa estão de volta. O leitor está em risco? Por Adam Taggart

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Os despedimentos em massa estão de volta. O leitor está em risco? Haverá milhões de pessoas que irão perder os seus empregos na próxima recessão. O leitor vai perder o seu emprego?  Por

A reforma das pensões ou a impossibilidade de transportar património monetário para o futuro – 8. Pensões: o casamento não consumado da filosofia e da política. Por Jean-Marie Harribey

Seleção e tradução de Francisco Tavares _________________________ Já depois de concluída a preparação desta mini série sobre as reformas dos sistemas de pensões, pude conhecer dois textos que me parecem particularmente relevantes sobre este tema, ambos da autoria de Jean

A reforma das pensões ou a impossibilidade de transportar património monetário para o futuro – 8. Pensões: o casamento não consumado da filosofia e da política. Por Jean-Marie Harribey

Seleção e tradução de Francisco Tavares _________________________ Já depois de concluída a preparação desta mini série sobre as reformas dos sistemas de pensões, pude conhecer dois textos que me parecem particularmente relevantes sobre este tema, ambos da autoria de Jean

Ano de 2019, ano de eleições europeias. Parte II – Imagens soltas de uma União Europeia em decomposição a partir de alguns dos seus Estados membros. 6º Texto – Alemanha. Reformas e debates do após-Hartz IV: para uma mudança de lógica

(Odile CHAGNY, 18 de Novembro de 2018)

Desde meados da década de 2000 e da rutura  da Agenda 2010, as políticas na Alemanha em matéria de reformas do mercado de trabalho, de cuidados aos desempregados e às pessoas necessitadas, rendimentos mínimos garantidos (o emblemático subsídio “Hartz IV”) têm sido invocadas muito regularmente, para comentar e avaliar os seus efeitos no desempenho do mercado de trabalho e na capacidade de reintegrar pessoas que estão permanentemente desempregadas através de uma combinação de direitos e obrigações ou, mais recentemente, sobre o impacto dos cuidados prestados aos migrantes e refugiados nos mecanismos de solidariedade.

Ano de 2019, ano de eleições europeias. Parte II – Imagens soltas de uma União Europeia em decomposição a partir de alguns dos seus Estados membros. 6º Texto – Alemanha. Reformas e debates do após-Hartz IV: para uma mudança de lógica

(Odile CHAGNY, 18 de Novembro de 2018)

Desde meados da década de 2000 e da rutura  da Agenda 2010, as políticas na Alemanha em matéria de reformas do mercado de trabalho, de cuidados aos desempregados e às pessoas necessitadas, rendimentos mínimos garantidos (o emblemático subsídio “Hartz IV”) têm sido invocadas muito regularmente, para comentar e avaliar os seus efeitos no desempenho do mercado de trabalho e na capacidade de reintegrar pessoas que estão permanentemente desempregadas através de uma combinação de direitos e obrigações ou, mais recentemente, sobre o impacto dos cuidados prestados aos migrantes e refugiados nos mecanismos de solidariedade.

A Libra é a moeda do Facebook: será que o mundo precisa de dinheiro sem nenhuma fricção na sua circulação. Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota A Libra é a moeda do Facebook: será que o mundo precisa de dinheiro sem nenhuma fricção na sua circulação Por Michael Pettis Publicado por  em 27 de junho de 2019 (ver aqui)

A Libra é a moeda do Facebook: será que o mundo precisa de dinheiro sem nenhuma fricção na sua circulação. Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota A Libra é a moeda do Facebook: será que o mundo precisa de dinheiro sem nenhuma fricção na sua circulação Por Michael Pettis Publicado por  em 27 de junho de 2019 (ver aqui)