Category Archives: Economia

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 1. A China e a História dos modelos de crescimento dos Estados Unidos (2ª parte) Por Michael Pettis

1. A China e a História dos modelos de crescimento dos Estados Unidos (2ª parte). Por Michael Pettis  Seleção e tradução por Júlio Marques Mota Editado por Yves Smith em 15 de fevereiro de 2013 em https://www.nakedcapitalism.com/2013/02/pettis-china-and-the-history-of-us-growth-models.html (publicado de MacroBusiness)

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 1. A China e a História dos modelos de crescimento dos Estados Unidos (2ª parte) Por Michael Pettis

1. A China e a História dos modelos de crescimento dos Estados Unidos (2ª parte). Por Michael Pettis  Seleção e tradução por Júlio Marques Mota Editado por Yves Smith em 15 de fevereiro de 2013 em https://www.nakedcapitalism.com/2013/02/pettis-china-and-the-history-of-us-growth-models.html (publicado de MacroBusiness)

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 1. A China e a História dos modelos de crescimento dos Estados Unidos (1ª parte). Por Michael Pettis

1. A China e a História dos modelos de crescimento dos Estados Unidos (1ª parte). Por Michael Pettis  Seleção e tradução por Júlio Marques Mota Editado por Yves Smith em 15 de fevereiro de 2013 em https://www.nakedcapitalism.com/2013/02/pettis-china-and-the-history-of-us-growth-models.html (publicado de MacroBusiness)

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 1. A China e a História dos modelos de crescimento dos Estados Unidos (1ª parte). Por Michael Pettis

1. A China e a História dos modelos de crescimento dos Estados Unidos (1ª parte). Por Michael Pettis  Seleção e tradução por Júlio Marques Mota Editado por Yves Smith em 15 de fevereiro de 2013 em https://www.nakedcapitalism.com/2013/02/pettis-china-and-the-history-of-us-growth-models.html (publicado de MacroBusiness)

De setembro de 2008 a setembro de 2018, uma década perdida, uma década que se quer esquecida – Narrativas sobre a incapacidade, a recusa e a desonestidade intelectual dos nossos dirigentes face aos mecanismos que levaram à crise – 1. A narrativa delirante da União Europeia sobre a crise.

10 anos passaram desde o rebentamento da crise, mesmo que o ponto de referência seja setembro de 2007 quando o BNP Paribas fechou três dos seus fundos de investimento nos Estados Unidos. Um ano depois o Lehman Brothers era declarado

De setembro de 2008 a setembro de 2018, uma década perdida, uma década que se quer esquecida – Narrativas sobre a incapacidade, a recusa e a desonestidade intelectual dos nossos dirigentes face aos mecanismos que levaram à crise – 1. A narrativa delirante da União Europeia sobre a crise.

10 anos passaram desde o rebentamento da crise, mesmo que o ponto de referência seja setembro de 2007 quando o BNP Paribas fechou três dos seus fundos de investimento nos Estados Unidos. Um ano depois o Lehman Brothers era declarado

ASCENSÃO, QUEDA E FUTURO DO SOCIALISMO, por DOMENICO MARIO NUTI – tradução de JÚLIO MARQUES MOTA

Ascensão, queda e futuro do socialismo Domenico Mario Nuti, Emeritus Professor, Sapienza University of Rome, dmarionuti@gmail.com European Association for Comparative Economic Systems, Warsaw, 6-8 September 2018.   Introdução e Resumo Estou particularmente satisfeito por estar aqui hoje, e grato aos

ASCENSÃO, QUEDA E FUTURO DO SOCIALISMO, por DOMENICO MARIO NUTI – tradução de JÚLIO MARQUES MOTA

Ascensão, queda e futuro do socialismo Domenico Mario Nuti, Emeritus Professor, Sapienza University of Rome, dmarionuti@gmail.com European Association for Comparative Economic Systems, Warsaw, 6-8 September 2018.   Introdução e Resumo Estou particularmente satisfeito por estar aqui hoje, e grato aos

ASCENSÃO, QUEDA E FUTURO DO SOCIALISMO, de DOMENICO MARIO NUTI – a apresentação de JÚLIO MARQUES MOTA

No início de Julho, acabei de traduzir de traduzir o notável trabalho de Domenico Mario Nuti intitulado Ascensão e Queda do Socialismo. Um longo texto que face às questões com que confronta o leitor, sobretudo se este tem mais de

ASCENSÃO, QUEDA E FUTURO DO SOCIALISMO, de DOMENICO MARIO NUTI – a apresentação de JÚLIO MARQUES MOTA

No início de Julho, acabei de traduzir de traduzir o notável trabalho de Domenico Mario Nuti intitulado Ascensão e Queda do Socialismo. Um longo texto que face às questões com que confronta o leitor, sobretudo se este tem mais de

A GALIZA COMO TAREFA – conversas – Ernesto V. Souza

É sempre interessante a conversa com livreiros (livreiras de mais em mais), daqueles que conhecem, como artesãos com anos de prática constante, o seu ofício. Não sou eu mui dado à conversa, não vaiam pensar. Sou mais um desses clientes

A GALIZA COMO TAREFA – conversas – Ernesto V. Souza

É sempre interessante a conversa com livreiros (livreiras de mais em mais), daqueles que conhecem, como artesãos com anos de prática constante, o seu ofício. Não sou eu mui dado à conversa, não vaiam pensar. Sou mais um desses clientes

UM NOVO ARTIGO N’O ECONOMISTA PORTUGUÊS .de Luís Salgado de Matos

Dívida pública, quanto maior, menor é o spread, demonstra investigação empírica <<<Com sugestões para Portugal Para ler clicar https://oeconomistaport.wordpress.com/

UM NOVO ARTIGO N’O ECONOMISTA PORTUGUÊS .de Luís Salgado de Matos

Dívida pública, quanto maior, menor é o spread, demonstra investigação empírica <<<Com sugestões para Portugal Para ler clicar https://oeconomistaport.wordpress.com/

MOSAICOS CHINESES, de JOÃO MARQUES

OBRIGADO AO JOÃO MARQUES E AO DIÁRIO DE COIMBRA Depois do que representou o período colonial, temos de reconhecer que os apoios consignados pela Europa, numa pretensa ajuda aos africanos, não tiveram as consequências desejáveis, sobretudo para a grande maioria

MOSAICOS CHINESES, de JOÃO MARQUES

OBRIGADO AO JOÃO MARQUES E AO DIÁRIO DE COIMBRA Depois do que representou o período colonial, temos de reconhecer que os apoios consignados pela Europa, numa pretensa ajuda aos africanos, não tiveram as consequências desejáveis, sobretudo para a grande maioria

Da crise atual à próxima crise, sinais de alarme – Está mesmo à vista o fim da QE? Por Francisco Tavares

Está mesmo à vista o fim da QE? Notas a propósito do texto “O fim da QE e a nova crise” de Guillermo de La Dehesa     Por Francisco Tavares, em 8 de setembro de 2018 Obrigado ao Júlio Marques Mota

Da crise atual à próxima crise, sinais de alarme – Está mesmo à vista o fim da QE? Por Francisco Tavares

Está mesmo à vista o fim da QE? Notas a propósito do texto “O fim da QE e a nova crise” de Guillermo de La Dehesa     Por Francisco Tavares, em 8 de setembro de 2018 Obrigado ao Júlio Marques Mota

Da crise atual à próxima crise, sinais de alarme – A guerra EUA-China terá de esperar. Por Jacob L. Shapiro

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota A guerra EUA-China terá de esperar Há coisas mais importantes a atender em primeiro lugar.  Por Jacob L. Shapiro Publicado por  em 24 de julho de 2018   É fácil imaginar um cenário

Da crise atual à próxima crise, sinais de alarme – A guerra EUA-China terá de esperar. Por Jacob L. Shapiro

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota A guerra EUA-China terá de esperar Há coisas mais importantes a atender em primeiro lugar.  Por Jacob L. Shapiro Publicado por  em 24 de julho de 2018   É fácil imaginar um cenário

Da crise atual à próxima crise, sinais de alarme – O futuro do comércio entre a Alemanha e a China: perspetivas e obstáculos. Por George Friedman

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota O futuro do comércio entre a Alemanha e a China: perspetivas e obstáculos  Por George Friedman Publicado por em 21 de junho de 2018 Republicado por  Sumário A Europa e a China são dois

Da crise atual à próxima crise, sinais de alarme – O futuro do comércio entre a Alemanha e a China: perspetivas e obstáculos. Por George Friedman

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota O futuro do comércio entre a Alemanha e a China: perspetivas e obstáculos  Por George Friedman Publicado por em 21 de junho de 2018 Republicado por  Sumário A Europa e a China são dois

Da crise atual à próxima crise, sinais de alarme – A crua matemática do risco geopolítico. Por Geopolitical Futures

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota A crua matemática do risco geopolítico Por  em 11 de junho de 2018 Síntese Os veículos elétricos podem ser o futuro, mas o petróleo é o presente, e enquanto o mundo funcione assente na sua

Da crise atual à próxima crise, sinais de alarme – A crua matemática do risco geopolítico. Por Geopolitical Futures

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota A crua matemática do risco geopolítico Por  em 11 de junho de 2018 Síntese Os veículos elétricos podem ser o futuro, mas o petróleo é o presente, e enquanto o mundo funcione assente na sua