Category Archives: Finanças

ALTERAR A TABELA DE IRS ATÉ AO ESCALÃO DE 20 MIL EUROS REPRESENTA REVERTER APENAS 200 MILHÕES DE 2130 MILHÕES DE EUROS QUE FALTAM – por EUGÉNIO ROSA

  POR QUE RAZÃO É URGENTE CORRIGIR A ENORME CARGA FISCAL QUE INCIDE SOBRE AS PENSÕES E OS RENDIMENTOS DO TRABALHO E NÃO APENAS ATÉ AO ESCALÃO DE 20.000€ COMO ANUNCIOU MÁRIO CENTENO No estudo da semana passada mostramos, utilizando

ALTERAR A TABELA DE IRS ATÉ AO ESCALÃO DE 20 MIL EUROS REPRESENTA REVERTER APENAS 200 MILHÕES DE 2130 MILHÕES DE EUROS QUE FALTAM – por EUGÉNIO ROSA

  POR QUE RAZÃO É URGENTE CORRIGIR A ENORME CARGA FISCAL QUE INCIDE SOBRE AS PENSÕES E OS RENDIMENTOS DO TRABALHO E NÃO APENAS ATÉ AO ESCALÃO DE 20.000€ COMO ANUNCIOU MÁRIO CENTENO No estudo da semana passada mostramos, utilizando

MONTEPIO GERAL – ASSEMBLEIA GERAL DE ASSOCIADOS NO DIA 9.5.2017 NO COLISEU, EM LISBOA, ÀS 21 HORAS – INFORMAÇÃO 3/2017 AOS ASSOCIADOS DO MONTEPIO – por EUGÉNIO ROSA

    INFORMAÇÃO 3/2017 AOS ASSOCIADOS DO MONTEPIO No dia 9 de Maio de 2017, às 21 horas, realiza-se uma assembleia geral extraordinária dos associados do Montepio, em que todos os associados podem participar, e que tem como ponto único

MONTEPIO GERAL – ASSEMBLEIA GERAL DE ASSOCIADOS NO DIA 9.5.2017 NO COLISEU, EM LISBOA, ÀS 21 HORAS – INFORMAÇÃO 3/2017 AOS ASSOCIADOS DO MONTEPIO – por EUGÉNIO ROSA

    INFORMAÇÃO 3/2017 AOS ASSOCIADOS DO MONTEPIO No dia 9 de Maio de 2017, às 21 horas, realiza-se uma assembleia geral extraordinária dos associados do Montepio, em que todos os associados podem participar, e que tem como ponto único

A DÍVIDA: UM PROBLEMA QUE ESTÁ A ESTRANGULAR O PAÍS, O ESTADO, AS EMPRESAS E AS FAMÍLIAS – por EUGÉNIO ROSA

  A DIVIDA QUE ESTÁ A ESTRANGULAR O PAÍS, O ESTADO,  AS EMPRESAS E AS FAMÍLIAS Acabou de ser divulgado um relatório elaborado por um grupo de trabalho, constituído por um membro do atual governo PS e por economistas da

A DÍVIDA: UM PROBLEMA QUE ESTÁ A ESTRANGULAR O PAÍS, O ESTADO, AS EMPRESAS E AS FAMÍLIAS – por EUGÉNIO ROSA

  A DIVIDA QUE ESTÁ A ESTRANGULAR O PAÍS, O ESTADO,  AS EMPRESAS E AS FAMÍLIAS Acabou de ser divulgado um relatório elaborado por um grupo de trabalho, constituído por um membro do atual governo PS e por economistas da

CGD: UM BANCO PÚBLICO, MAS COM GESTÃO IGUAL À DOS PRIVADOS, E A PASSIVIDADE DO GOVERNO, por EUGÉNIO ROSA

CGD: um banco público, mas sem controlo público e com uma gestão que pretende ser igual à dos bancos privados A nova administração da CGD acabou de divulgar o relatório e contas de 2016. É uma versão preliminar, sintética e ainda

CGD: UM BANCO PÚBLICO, MAS COM GESTÃO IGUAL À DOS PRIVADOS, E A PASSIVIDADE DO GOVERNO, por EUGÉNIO ROSA

CGD: um banco público, mas sem controlo público e com uma gestão que pretende ser igual à dos bancos privados A nova administração da CGD acabou de divulgar o relatório e contas de 2016. É uma versão preliminar, sintética e ainda

BRASIL – MEA CULPA DO FINANCISMO? por PAULO KLIASS*

OBRIGADO A PAULO KLIASS, CARTA MAIOR E CAMILO JOSEPH PAULO KLIASS, MEA CULPA DO FINANCISMO? CARTA MAIOR, 19 de Janeiro de 2017 Copyleft Christine Lagarde criticou publicamente Meirelles, afirmando que ‘a prioridade das políticas econômicas precisa ser o combate à

BRASIL – MEA CULPA DO FINANCISMO? por PAULO KLIASS*

OBRIGADO A PAULO KLIASS, CARTA MAIOR E CAMILO JOSEPH PAULO KLIASS, MEA CULPA DO FINANCISMO? CARTA MAIOR, 19 de Janeiro de 2017 Copyleft Christine Lagarde criticou publicamente Meirelles, afirmando que ‘a prioridade das políticas econômicas precisa ser o combate à

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – EPÍLOGO – por JÚLIO MARQUES MOTA

  Terminámos a série de textos sobre A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO. Esta série surgiu da minha indignação quanto aos argumentos apresentados por Mário Centeno em defesa da altíssima remuneração de António Domingues e do quadro de

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – EPÍLOGO – por JÚLIO MARQUES MOTA

  Terminámos a série de textos sobre A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO. Esta série surgiu da minha indignação quanto aos argumentos apresentados por Mário Centeno em defesa da altíssima remuneração de António Domingues e do quadro de

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 31. . O GRANDE BOOM DA MAÇONARIA – ASSIM MUDA A MAÇONARIA, de GIANFRANCESCO TURANO

Selecção, tradução e montagem por Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares.  O grande boom da maçonaria – assim muda a Maçonaria Gianfrancesco Turano, l grande boom dei Fratelli – Così cambia la Massoneria L’Espresso, 10 de Março de 2014 Fotografia

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 31. . O GRANDE BOOM DA MAÇONARIA – ASSIM MUDA A MAÇONARIA, de GIANFRANCESCO TURANO

Selecção, tradução e montagem por Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares.  O grande boom da maçonaria – assim muda a Maçonaria Gianfrancesco Turano, l grande boom dei Fratelli – Così cambia la Massoneria L’Espresso, 10 de Março de 2014 Fotografia

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 30. MONTE DEI PASCHI DI SIENA / EIS A BOMBA QUE NOS CHEGA DA CITY DE LONDRES, de ANDREA CINQUEGRANI

Selecção, tradução e montagem por Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. MONTE DEI PASCHI DI SIENA / Eis a bomba que nos chega da City de Londres   Andrea Cinquegrani, ECCO LA BOMBA CHE ARRIVA DALLA CITY DI LONDRA Voce

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 30. MONTE DEI PASCHI DI SIENA / EIS A BOMBA QUE NOS CHEGA DA CITY DE LONDRES, de ANDREA CINQUEGRANI

Selecção, tradução e montagem por Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. MONTE DEI PASCHI DI SIENA / Eis a bomba que nos chega da City de Londres   Andrea Cinquegrani, ECCO LA BOMBA CHE ARRIVA DALLA CITY DI LONDRA Voce

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 29. A BANCA NO PARAÍSO, OS CONTRIBUINTES NO INFERNO: OS RESGATADOS PELO ESTADO ENGANAM O FISCO, por STEFANO VERGINE

Selecção, tradução e montagem por Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares.  A banca no paraíso, os contribuintes no inferno: os resgatados pelo Estado enganam o fisco Desde o Banco de Siena ao banco Intesa, desde Unicredit ao banco Mediolanum:

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 29. A BANCA NO PARAÍSO, OS CONTRIBUINTES NO INFERNO: OS RESGATADOS PELO ESTADO ENGANAM O FISCO, por STEFANO VERGINE

Selecção, tradução e montagem por Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares.  A banca no paraíso, os contribuintes no inferno: os resgatados pelo Estado enganam o fisco Desde o Banco de Siena ao banco Intesa, desde Unicredit ao banco Mediolanum:

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 28. O BANCO DE ITÁLIA MAIS PERIGOSO: MPS OU INTESA-SANPAOLO? – Uma montagem de textos a partir de Il Fatto Quotidiano, por JÚLIO MARQUES MOTA

Selecção, tradução e montagem por Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. O banco de Itália mais perigoso: MPS ou Intesa-Sanpaolo? 21 de Dezembro de 2016 Uma montagem a partir de artigos de Beppe Scienza saídos em  Il Fatto Quotidiano http://www.ilfattoquotidiano.it/blog/bscienza/ Atualmente

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 28. O BANCO DE ITÁLIA MAIS PERIGOSO: MPS OU INTESA-SANPAOLO? – Uma montagem de textos a partir de Il Fatto Quotidiano, por JÚLIO MARQUES MOTA

Selecção, tradução e montagem por Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. O banco de Itália mais perigoso: MPS ou Intesa-Sanpaolo? 21 de Dezembro de 2016 Uma montagem a partir de artigos de Beppe Scienza saídos em  Il Fatto Quotidiano http://www.ilfattoquotidiano.it/blog/bscienza/ Atualmente

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 27. DEUTSCHE BANK, PARCEIRO DO MPS, FORNECE PROVAS CONCRETAS DE FRAUDE MASSIVA E DE MANIPULAÇÃO DO MERCADO MONETÁRIO, por GOLD BROKER

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. Deutsche Bank, parceiro do MPS, fornece provas concretas de fraude massiva e de manipulação do mercado monetário Publicado por GOLD BROKER, 8 de dezembro de 2016 Deutsche Bank fournit

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 27. DEUTSCHE BANK, PARCEIRO DO MPS, FORNECE PROVAS CONCRETAS DE FRAUDE MASSIVA E DE MANIPULAÇÃO DO MERCADO MONETÁRIO, por GOLD BROKER

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. Deutsche Bank, parceiro do MPS, fornece provas concretas de fraude massiva e de manipulação do mercado monetário Publicado por GOLD BROKER, 8 de dezembro de 2016 Deutsche Bank fournit

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 26. EM TRIBUNAL ESTÃO OS PRINCIPAIS DIRIGENTES DO MPS E OUTROS 13 DIRIGENTES, por SANDRA RICCIO

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. Em tribunal estão os principais dirigentes do MPS e outros 13 dirigentes Sandra Riccio, A processo gli ex vertici di Mps e altri tredici dirigenti – A giudizio Mussari, Vigni,

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 26. EM TRIBUNAL ESTÃO OS PRINCIPAIS DIRIGENTES DO MPS E OUTROS 13 DIRIGENTES, por SANDRA RICCIO

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. Em tribunal estão os principais dirigentes do MPS e outros 13 dirigentes Sandra Riccio, A processo gli ex vertici di Mps e altri tredici dirigenti – A giudizio Mussari, Vigni,

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 25. O DEUTSCHE BANK PODE TER MANIPULADO ÍNDICES NO CASO DO CONTRATO DE DERIVADOS COM O BANCO PASCHI, MOSTRA UMA AUDITORIA. por VERNON SILVER, ELISA MARTINUZZI e DONAL GRIFFIN

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. O Deutsche Bank pode ter manipulado Índices no caso do contrato de derivados com o Banco Paschi, mostra uma auditoria Vernon Silver, Elisa Martinuzzi e Donal Griffin, Deutsche Bank

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 25. O DEUTSCHE BANK PODE TER MANIPULADO ÍNDICES NO CASO DO CONTRATO DE DERIVADOS COM O BANCO PASCHI, MOSTRA UMA AUDITORIA. por VERNON SILVER, ELISA MARTINUZZI e DONAL GRIFFIN

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. O Deutsche Bank pode ter manipulado Índices no caso do contrato de derivados com o Banco Paschi, mostra uma auditoria Vernon Silver, Elisa Martinuzzi e Donal Griffin, Deutsche Bank

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 23. UM OLHAR ATENTO PARA DOIS SUICÍDIOS DE BANQUEIROS APARENTEMENTE “INDEPENDENTES” MOSTRA-NOS COMO É PROFUNDA A TOCA DA ALTA FINANÇA , por TYLER DURDEN

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares.   Um olhar atento para dois suicídios de banqueiros aparentemente “independentes” mostra-nos como é profunda a toca da alta finança Tyler Durden, An Inside Look At Two “Unrelated” Banker Suicides

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 23. UM OLHAR ATENTO PARA DOIS SUICÍDIOS DE BANQUEIROS APARENTEMENTE “INDEPENDENTES” MOSTRA-NOS COMO É PROFUNDA A TOCA DA ALTA FINANÇA , por TYLER DURDEN

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares.   Um olhar atento para dois suicídios de banqueiros aparentemente “independentes” mostra-nos como é profunda a toca da alta finança Tyler Durden, An Inside Look At Two “Unrelated” Banker Suicides

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 21. DAVID ROSSI – FINALMENTE A PROCURADORIA COMPREENDE QUE ARQUIVAR O PROCESSO DE SUICÍDIO NÃO É SUSTENTÁVEL, por RITA PENNAROLA

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. David Rossi – finalmente a procuradoria compreende que arquivar o processo de suicídio não é sustentável. Por Rita Pennarola,  DAVID ROSSI – FINALMENTE LA PROCURA SI ACCORGE CHE L’ARCHIVIAZIONE

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 21. DAVID ROSSI – FINALMENTE A PROCURADORIA COMPREENDE QUE ARQUIVAR O PROCESSO DE SUICÍDIO NÃO É SUSTENTÁVEL, por RITA PENNAROLA

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. David Rossi – finalmente a procuradoria compreende que arquivar o processo de suicídio não é sustentável. Por Rita Pennarola,  DAVID ROSSI – FINALMENTE LA PROCURA SI ACCORGE CHE L’ARCHIVIAZIONE