Category Archives: Finanças

Os truques da estatística (II) – 2ª parte. Por José Manuel Lechado

Seleção e tradução de Francisco Tavares   Os truques da estatística (II) – 2ª parte Por José Manuel Lechado, Jornalista e Escritor Público.es, 16 de maio de 2015 http://blogs.publico.es/econonuestra/2015/05/16/5617/   4. Falácias e Paradoxos Os truques das estatísticas incluem diversas falácias

Os truques da estatística (II) – 2ª parte. Por José Manuel Lechado

Seleção e tradução de Francisco Tavares   Os truques da estatística (II) – 2ª parte Por José Manuel Lechado, Jornalista e Escritor Público.es, 16 de maio de 2015 http://blogs.publico.es/econonuestra/2015/05/16/5617/   4. Falácias e Paradoxos Os truques das estatísticas incluem diversas falácias

Os truques da estatística (II) – 1ª parte. Por José Manuel Lechado

Seleção e tradução de Francisco Tavares   Os truques da estatística (II) – 1ª parte Por José Manuel Lechado, Jornalista e Escritor Público.es, 16 de maio de 2015 http://blogs.publico.es/econonuestra/2015/05/16/5617/   Na primeira parte deste artigo falámos de algumas das armadilhas (fraudes

Os truques da estatística (II) – 1ª parte. Por José Manuel Lechado

Seleção e tradução de Francisco Tavares   Os truques da estatística (II) – 1ª parte Por José Manuel Lechado, Jornalista e Escritor Público.es, 16 de maio de 2015 http://blogs.publico.es/econonuestra/2015/05/16/5617/   Na primeira parte deste artigo falámos de algumas das armadilhas (fraudes

Os truques das estatísticas (I) – 2ª parte. Por José Manuel Lechado

Seleção e tradução de Francisco Tavares Os truques das estatísticas (I) – 2ª parte Por José Manuel Lechado, jornalista e escritor In Publico.es de 16Abr2015 http://blogs.publico.es/econonuestra/2015/04/16/las-triquinuelas-de-las-estadisticas-i/   2. ABORDAGEM ENVIESADA Orientar um estudo para que dê os resultados que queremos

Os truques das estatísticas (I) – 2ª parte. Por José Manuel Lechado

Seleção e tradução de Francisco Tavares Os truques das estatísticas (I) – 2ª parte Por José Manuel Lechado, jornalista e escritor In Publico.es de 16Abr2015 http://blogs.publico.es/econonuestra/2015/04/16/las-triquinuelas-de-las-estadisticas-i/   2. ABORDAGEM ENVIESADA Orientar um estudo para que dê os resultados que queremos

Os truques das estatísticas (I) – 1ª parte. Por José Manuel Lechado

Seleção e tradução de Francisco Tavares Os truques das estatísticas (I) – 1ª parte Por José Manuel Lechado, jornalista e escritor In Publico.es em 16Abr2015 http://blogs.publico.es/econonuestra/2015/04/16/las-triquinuelas-de-las-estadisticas-i/ A estatística não é uma ciência: é um ramo da Matemática que surgiu na

Os truques das estatísticas (I) – 1ª parte. Por José Manuel Lechado

Seleção e tradução de Francisco Tavares Os truques das estatísticas (I) – 1ª parte Por José Manuel Lechado, jornalista e escritor In Publico.es em 16Abr2015 http://blogs.publico.es/econonuestra/2015/04/16/las-triquinuelas-de-las-estadisticas-i/ A estatística não é uma ciência: é um ramo da Matemática que surgiu na

ALTERAR A TABELA DE IRS ATÉ AO ESCALÃO DE 20 MIL EUROS REPRESENTA REVERTER APENAS 200 MILHÕES DE 2130 MILHÕES DE EUROS QUE FALTAM – por EUGÉNIO ROSA

  POR QUE RAZÃO É URGENTE CORRIGIR A ENORME CARGA FISCAL QUE INCIDE SOBRE AS PENSÕES E OS RENDIMENTOS DO TRABALHO E NÃO APENAS ATÉ AO ESCALÃO DE 20.000€ COMO ANUNCIOU MÁRIO CENTENO No estudo da semana passada mostramos, utilizando

ALTERAR A TABELA DE IRS ATÉ AO ESCALÃO DE 20 MIL EUROS REPRESENTA REVERTER APENAS 200 MILHÕES DE 2130 MILHÕES DE EUROS QUE FALTAM – por EUGÉNIO ROSA

  POR QUE RAZÃO É URGENTE CORRIGIR A ENORME CARGA FISCAL QUE INCIDE SOBRE AS PENSÕES E OS RENDIMENTOS DO TRABALHO E NÃO APENAS ATÉ AO ESCALÃO DE 20.000€ COMO ANUNCIOU MÁRIO CENTENO No estudo da semana passada mostramos, utilizando

MONTEPIO GERAL – ASSEMBLEIA GERAL DE ASSOCIADOS NO DIA 9.5.2017 NO COLISEU, EM LISBOA, ÀS 21 HORAS – INFORMAÇÃO 3/2017 AOS ASSOCIADOS DO MONTEPIO – por EUGÉNIO ROSA

    INFORMAÇÃO 3/2017 AOS ASSOCIADOS DO MONTEPIO No dia 9 de Maio de 2017, às 21 horas, realiza-se uma assembleia geral extraordinária dos associados do Montepio, em que todos os associados podem participar, e que tem como ponto único

MONTEPIO GERAL – ASSEMBLEIA GERAL DE ASSOCIADOS NO DIA 9.5.2017 NO COLISEU, EM LISBOA, ÀS 21 HORAS – INFORMAÇÃO 3/2017 AOS ASSOCIADOS DO MONTEPIO – por EUGÉNIO ROSA

    INFORMAÇÃO 3/2017 AOS ASSOCIADOS DO MONTEPIO No dia 9 de Maio de 2017, às 21 horas, realiza-se uma assembleia geral extraordinária dos associados do Montepio, em que todos os associados podem participar, e que tem como ponto único

A DÍVIDA: UM PROBLEMA QUE ESTÁ A ESTRANGULAR O PAÍS, O ESTADO, AS EMPRESAS E AS FAMÍLIAS – por EUGÉNIO ROSA

  A DIVIDA QUE ESTÁ A ESTRANGULAR O PAÍS, O ESTADO,  AS EMPRESAS E AS FAMÍLIAS Acabou de ser divulgado um relatório elaborado por um grupo de trabalho, constituído por um membro do atual governo PS e por economistas da

A DÍVIDA: UM PROBLEMA QUE ESTÁ A ESTRANGULAR O PAÍS, O ESTADO, AS EMPRESAS E AS FAMÍLIAS – por EUGÉNIO ROSA

  A DIVIDA QUE ESTÁ A ESTRANGULAR O PAÍS, O ESTADO,  AS EMPRESAS E AS FAMÍLIAS Acabou de ser divulgado um relatório elaborado por um grupo de trabalho, constituído por um membro do atual governo PS e por economistas da

CGD: UM BANCO PÚBLICO, MAS COM GESTÃO IGUAL À DOS PRIVADOS, E A PASSIVIDADE DO GOVERNO, por EUGÉNIO ROSA

CGD: um banco público, mas sem controlo público e com uma gestão que pretende ser igual à dos bancos privados A nova administração da CGD acabou de divulgar o relatório e contas de 2016. É uma versão preliminar, sintética e ainda

CGD: UM BANCO PÚBLICO, MAS COM GESTÃO IGUAL À DOS PRIVADOS, E A PASSIVIDADE DO GOVERNO, por EUGÉNIO ROSA

CGD: um banco público, mas sem controlo público e com uma gestão que pretende ser igual à dos bancos privados A nova administração da CGD acabou de divulgar o relatório e contas de 2016. É uma versão preliminar, sintética e ainda

BRASIL – MEA CULPA DO FINANCISMO? por PAULO KLIASS*

OBRIGADO A PAULO KLIASS, CARTA MAIOR E CAMILO JOSEPH PAULO KLIASS, MEA CULPA DO FINANCISMO? CARTA MAIOR, 19 de Janeiro de 2017 Copyleft Christine Lagarde criticou publicamente Meirelles, afirmando que ‘a prioridade das políticas econômicas precisa ser o combate à

BRASIL – MEA CULPA DO FINANCISMO? por PAULO KLIASS*

OBRIGADO A PAULO KLIASS, CARTA MAIOR E CAMILO JOSEPH PAULO KLIASS, MEA CULPA DO FINANCISMO? CARTA MAIOR, 19 de Janeiro de 2017 Copyleft Christine Lagarde criticou publicamente Meirelles, afirmando que ‘a prioridade das políticas econômicas precisa ser o combate à

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – EPÍLOGO – por JÚLIO MARQUES MOTA

  Terminámos a série de textos sobre A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO. Esta série surgiu da minha indignação quanto aos argumentos apresentados por Mário Centeno em defesa da altíssima remuneração de António Domingues e do quadro de

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – EPÍLOGO – por JÚLIO MARQUES MOTA

  Terminámos a série de textos sobre A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO. Esta série surgiu da minha indignação quanto aos argumentos apresentados por Mário Centeno em defesa da altíssima remuneração de António Domingues e do quadro de

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 31. . O GRANDE BOOM DA MAÇONARIA – ASSIM MUDA A MAÇONARIA, de GIANFRANCESCO TURANO

Selecção, tradução e montagem por Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares.  O grande boom da maçonaria – assim muda a Maçonaria Gianfrancesco Turano, l grande boom dei Fratelli – Così cambia la Massoneria L’Espresso, 10 de Março de 2014 Fotografia

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 31. . O GRANDE BOOM DA MAÇONARIA – ASSIM MUDA A MAÇONARIA, de GIANFRANCESCO TURANO

Selecção, tradução e montagem por Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares.  O grande boom da maçonaria – assim muda a Maçonaria Gianfrancesco Turano, l grande boom dei Fratelli – Così cambia la Massoneria L’Espresso, 10 de Março de 2014 Fotografia

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 30. MONTE DEI PASCHI DI SIENA / EIS A BOMBA QUE NOS CHEGA DA CITY DE LONDRES, de ANDREA CINQUEGRANI

Selecção, tradução e montagem por Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. MONTE DEI PASCHI DI SIENA / Eis a bomba que nos chega da City de Londres   Andrea Cinquegrani, ECCO LA BOMBA CHE ARRIVA DALLA CITY DI LONDRA Voce

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 30. MONTE DEI PASCHI DI SIENA / EIS A BOMBA QUE NOS CHEGA DA CITY DE LONDRES, de ANDREA CINQUEGRANI

Selecção, tradução e montagem por Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. MONTE DEI PASCHI DI SIENA / Eis a bomba que nos chega da City de Londres   Andrea Cinquegrani, ECCO LA BOMBA CHE ARRIVA DALLA CITY DI LONDRA Voce

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 29. A BANCA NO PARAÍSO, OS CONTRIBUINTES NO INFERNO: OS RESGATADOS PELO ESTADO ENGANAM O FISCO, por STEFANO VERGINE

Selecção, tradução e montagem por Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares.  A banca no paraíso, os contribuintes no inferno: os resgatados pelo Estado enganam o fisco Desde o Banco de Siena ao banco Intesa, desde Unicredit ao banco Mediolanum:

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 29. A BANCA NO PARAÍSO, OS CONTRIBUINTES NO INFERNO: OS RESGATADOS PELO ESTADO ENGANAM O FISCO, por STEFANO VERGINE

Selecção, tradução e montagem por Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares.  A banca no paraíso, os contribuintes no inferno: os resgatados pelo Estado enganam o fisco Desde o Banco de Siena ao banco Intesa, desde Unicredit ao banco Mediolanum:

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 28. O BANCO DE ITÁLIA MAIS PERIGOSO: MPS OU INTESA-SANPAOLO? – Uma montagem de textos a partir de Il Fatto Quotidiano, por JÚLIO MARQUES MOTA

Selecção, tradução e montagem por Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. O banco de Itália mais perigoso: MPS ou Intesa-Sanpaolo? 21 de Dezembro de 2016 Uma montagem a partir de artigos de Beppe Scienza saídos em  Il Fatto Quotidiano http://www.ilfattoquotidiano.it/blog/bscienza/ Atualmente

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 28. O BANCO DE ITÁLIA MAIS PERIGOSO: MPS OU INTESA-SANPAOLO? – Uma montagem de textos a partir de Il Fatto Quotidiano, por JÚLIO MARQUES MOTA

Selecção, tradução e montagem por Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. O banco de Itália mais perigoso: MPS ou Intesa-Sanpaolo? 21 de Dezembro de 2016 Uma montagem a partir de artigos de Beppe Scienza saídos em  Il Fatto Quotidiano http://www.ilfattoquotidiano.it/blog/bscienza/ Atualmente

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 27. DEUTSCHE BANK, PARCEIRO DO MPS, FORNECE PROVAS CONCRETAS DE FRAUDE MASSIVA E DE MANIPULAÇÃO DO MERCADO MONETÁRIO, por GOLD BROKER

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. Deutsche Bank, parceiro do MPS, fornece provas concretas de fraude massiva e de manipulação do mercado monetário Publicado por GOLD BROKER, 8 de dezembro de 2016 Deutsche Bank fournit

A CRISE DA FINANÇA – O CASO ITALIANO – 27. DEUTSCHE BANK, PARCEIRO DO MPS, FORNECE PROVAS CONCRETAS DE FRAUDE MASSIVA E DE MANIPULAÇÃO DO MERCADO MONETÁRIO, por GOLD BROKER

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota. Revisão de Francisco Tavares. Deutsche Bank, parceiro do MPS, fornece provas concretas de fraude massiva e de manipulação do mercado monetário Publicado por GOLD BROKER, 8 de dezembro de 2016 Deutsche Bank fournit