Category Archives: Ciências humanas

A GALIZA COMO TAREFA – periferias periféricas- Ernesto V. Souza

A visão geral que da Península Ibérica é transmitida no ensaio europeu dos séculos XIX e XX é a da periferia. O tema, qualquer que se gize no género ensaio, é irrelevante, mas a noção da distância e lonjura a

A GALIZA COMO TAREFA – periferias periféricas- Ernesto V. Souza

A visão geral que da Península Ibérica é transmitida no ensaio europeu dos séculos XIX e XX é a da periferia. O tema, qualquer que se gize no género ensaio, é irrelevante, mas a noção da distância e lonjura a

DIÁSPORA. CALCULANDO LOS HUEVOS DEL DÍA SIGUIENTE, por Moisés Cayetano Rosado

Para saber si al día siguiente podríamos comer huevos, mi tía Elena iba cogiendo una a una a las gallinas, tan pacientes, y les hurgaba en el trasero. – Seis para mañana, decía. O cuatro, o los que fuera. Y

DIÁSPORA. CALCULANDO LOS HUEVOS DEL DÍA SIGUIENTE, por Moisés Cayetano Rosado

Para saber si al día siguiente podríamos comer huevos, mi tía Elena iba cogiendo una a una a las gallinas, tan pacientes, y les hurgaba en el trasero. – Seis para mañana, decía. O cuatro, o los que fuera. Y

EDITORIAL: DOUTORES

Cada vez mais os jovens que concluem um curso superior deparam com dificuldade em encontrar no mercado de trabalho um lugar onde possam usar os conhecimentos adquiridos na Universidade- -Diz-se que  o problema não é exclusivo do nosso  país –

EDITORIAL: DOUTORES

Cada vez mais os jovens que concluem um curso superior deparam com dificuldade em encontrar no mercado de trabalho um lugar onde possam usar os conhecimentos adquiridos na Universidade- -Diz-se que  o problema não é exclusivo do nosso  país –

A GALIZA COMO TAREFA – das velhas traduções – Ernesto V. Souza

Uma das cousas, para mim, que melhor demonstra o golpe de tópicos sobre as línguas é o tempo. Há certas singularidades que manifestam esta passagem das décadas em forma de surpresas ou irritantes mistérios na leitura dos livros velhos. Por que

A GALIZA COMO TAREFA – das velhas traduções – Ernesto V. Souza

Uma das cousas, para mim, que melhor demonstra o golpe de tópicos sobre as línguas é o tempo. Há certas singularidades que manifestam esta passagem das décadas em forma de surpresas ou irritantes mistérios na leitura dos livros velhos. Por que

A GALIZA COMO TAREFA – stultifera navis – Ernesto V. Souza

Sempre tive a sensação, desde cativo, que os que governavam, os que ocupavam os altos postos nos mundos da política, da economia, da empresa, da milícia, das grandes finanças, nas academias e na gerência das mais importantes instituições culturais e

A GALIZA COMO TAREFA – stultifera navis – Ernesto V. Souza

Sempre tive a sensação, desde cativo, que os que governavam, os que ocupavam os altos postos nos mundos da política, da economia, da empresa, da milícia, das grandes finanças, nas academias e na gerência das mais importantes instituições culturais e

DIÁSPORA. LO QUE MÁS LES HA IMPRESIONADO, por Moisés Cayetano Rosado

Visitamos Peniche, Óbidos y Nazaré. Despacio, reposadamente. Viendo de todo, con lluvia y con sol, con ráfagas de viento y con serenidad. Y les pregunto a mis nietos qué es lo que más les ha llamado la atención de lo

DIÁSPORA. LO QUE MÁS LES HA IMPRESIONADO, por Moisés Cayetano Rosado

Visitamos Peniche, Óbidos y Nazaré. Despacio, reposadamente. Viendo de todo, con lluvia y con sol, con ráfagas de viento y con serenidad. Y les pregunto a mis nietos qué es lo que más les ha llamado la atención de lo

A GALIZA COMO TAREFA – desestruturas acríticas- Ernesto V. Souza

Podemos sem dúvida dizer que as condições gerais de vida na Galiza, dos anos 50 até hoje e nomeadamente desde os anos 70, melhoraram em termos quantitativos e qualitativos. Chegaria com dar uma olhadela nas fotos, nas montras das lojas

A GALIZA COMO TAREFA – desestruturas acríticas- Ernesto V. Souza

Podemos sem dúvida dizer que as condições gerais de vida na Galiza, dos anos 50 até hoje e nomeadamente desde os anos 70, melhoraram em termos quantitativos e qualitativos. Chegaria com dar uma olhadela nas fotos, nas montras das lojas