Category Archives: Organização.

MONTEPIO GERAL – ASSOCIAÇÃO MUTUALISTA – ASSEMBLEIA GERAL – TERÇA-FEIRA, 30 de JUNHO, pelas 20 horas, na Rua das PORTAS DE SANTO ANTÃO, 96, em LISBOA

O Montepio Geral – Associação Mutualista realizará a sua Assembleia Geral, Sessão Ordinária, no próximo dia 30 de junho, pelas 20h00, na Rua das Portas de Santo Antão, n.º 96, em Lisboa, com a seguinte ordem de trabalhos: Deliberar sobre o

A GALIZA COMO TAREFA – tempo- Ernesto V. Souza

O tempo ficou, ultimamente, no que a mim respeita, meio detido. Sou consciente de que apenas é uma impressão, efeito de uma dessas labaçadas que de quando em quando nos mete “de non cato a humana vida”. Objetivamente é claro

A GALIZA COMO TAREFA – imperium – Ernesto V. Souza

Característica interessante do país galego é o prolongadíssimo relacionamento da sua oligarquia nativa com a cabeça dos sucessivos conjuntos políticos de que fez e faz parte. Da mais antiga nobreza provincial até os tempos de hoje estabeleceu-se um relacionamento sempre

A GALIZA COMO TAREFA – reconhecimento – Ernesto V. Souza

Cando eu me consideraba o derradeiro supervivente dun pobo suicida, chegou a min a voz alentadora dun escritor. Era Antón Vilar Ponte.  A súa chamada tivo a virtude de xuntar a uns poucos galegos que non-os coñeciamos, pero que dende

A GALIZA COMO TAREFA – construções – Ernesto V. Souza

Na lógica dos documentários, e em favor da verossimilhança da narrativa, poderíamos indicar que a gente da Galiza, e com ela as suas elites intelectuais, políticas e econômicas, apresentam bastantes divergências de atuação, lógica e comportamento das demais espanholas. Mesmo

A GALIZA COMO TAREFA – evoluções – Ernesto V. Souza

A história da construção das línguas é a dos estados: é a história da burocracia, da administração, da educação, das crenças fixadas, dos símbolos e rituais, das assimilações e a da força. Em resumo e simplificando, poderíamos dizer, é a

CARLOS REIS – OS ARTIGOS IMPUBLICÁVEIS – AS COMPETÊNCIAS

(*)  https://www.esquerda.net/dossier/convento-dos-inglesinhos-patrimonio-destruido-em-beneficio-de-interesses-imobiliarios/16798 Público, 22 de Fevereiro 2019

A GALIZA COMO TAREFA – razão – Ernesto V. Souza

Vox populi, vox dei, eis, como sabemos, aforismo em latim, que já o Padre Feijó, seguindo aqueles eruditos, scotistas, ockaminstas, erasmistas e sanchistas, refutou sabiamente e em romance, no primeiro discurso do tomo primeiro do seu Teatro Crítico Universal lá

FRATERNIZAR – Ordenado diácono “em ordem ao sacerdócio” – SACERDOTE OU PRESBÍTERO, D. JOSÉ CORDEIRO? – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  A vítima deste anunciado assassinato eclesiástico incruento é um jovem de 24 anos. De seu nome completo, Jorge Miguel Afonso Pinto. A sua ordenação de diácono “em ordem ao sacerdócio” só é notícia, porque o que, outrora, nos terríveis

OS AMIGOS DO FORTE – CONFERÊNCIA “TERRITÓRIOS EM MUDANÇA – RISCOS E VULNERABILIDADES” – SÁBADO, 5 de MAIO, a partir das 15 horas,

   

ASSOCIAÇÃO ALVES REDOL – CONVOCATÓRIA – ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA – AMANHÃ, TERÇA-FEIRA, 27 de MARÇO, pelas 21 horas (1.ª CONVOCATÓRIA), em VILA FRANCA DE XIRA

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – ARQUITECTURA – EXPOSIÇÕES GERAIS DE ARTES PLÁSTICAS – OFICINAS – UM CALENDÁRIO PARA 2018

  Arquitectar para quem? A partir das Exposições Gerais de Artes Plásticas   Sábado, 9 de Dezembro, 16h Quem encomenda, a quem se destina e como se usa a arquitectura? com Ana Assis Pacheco (arquitecta), Alexandra Ai Quintas (arquitecta) e Margarida Acciaiuoli (historiadora

APRESENTAÇÃO de “A ORGANIZAÇÃO ARQUIVÍSTICA – O Fundo Administração do Concelho de Torres Vedras”, de SUZETE LEMOS MARQUES – HOJE, 1 de NOVEMBRO, às 16 horas, nos PAÇOS DO CONCELHO DE TORRES VEDRAS

Saiba mais sobre a OBRA e sobre a AUTORA em:  http://www.edi-colibri.pt/Detalhes.aspx?ItemID=2069

CARTA DE VENEZA – VENEZA, COM GENTILEZA – por Vanessa Castagna

Como o verão começou e a situação está mesmo escaldante, com a cidade abarrotada para além dos limites, vale a pena informar que finalmente vão ser tomadas medidas e que de forma sistemática se passará a aplicar coimas a quem