Author Archives: clara castilho

HOJE, HOMENAGEM A EDUARDO LOURENÇO NO DIA DO SEU ANIVERSÁRIO

Às 18 H vai hoje  decorrer a apresentação pública da estátua em bronze de Eduardo Lourenço, da autoria de Leonel Moura, nos jardins da sede da UCCLA. De acordo com o autor as “estátuas devem ser feitas em vida. Eduardo

HOJE, HOMENAGEM A EDUARDO LOURENÇO NO DIA DO SEU ANIVERSÁRIO

Às 18 H vai hoje  decorrer a apresentação pública da estátua em bronze de Eduardo Lourenço, da autoria de Leonel Moura, nos jardins da sede da UCCLA. De acordo com o autor as “estátuas devem ser feitas em vida. Eduardo

CHICO BUARQUE É O VENCEDOR DO PRÉMIO CAMÕES 2019

Chico Buarque é o vencedor do Prémio Camões 2019. A decisão foi conhecida após a reunião do júri da 31ª edição, que decorreu esta tarde (dia 21), no Rio de Janeiro. Francisco Buarque de Hollanda nasceu em 1944 na cidade

CHICO BUARQUE É O VENCEDOR DO PRÉMIO CAMÕES 2019

Chico Buarque é o vencedor do Prémio Camões 2019. A decisão foi conhecida após a reunião do júri da 31ª edição, que decorreu esta tarde (dia 21), no Rio de Janeiro. Francisco Buarque de Hollanda nasceu em 1944 na cidade

CARTA DE BRAGA – “abelhas, pardais e biodiversidade” por António Oliveira

‘Dos oito milhões de espécies estimadas para todo o planeta – das quais cinco milhões e meio são insectos – entre meio milhão e um milhão estão à beira da extinção, a maioria na próxima década’ Cento e cinquenta peritos

CARTA DE BRAGA – “abelhas, pardais e biodiversidade” por António Oliveira

‘Dos oito milhões de espécies estimadas para todo o planeta – das quais cinco milhões e meio são insectos – entre meio milhão e um milhão estão à beira da extinção, a maioria na próxima década’ Cento e cinquenta peritos

ALVALADE-CAPITAL DA LEITURA HOMENAGEIA AQUILINO RIBEIRO

  Em Maio, Alvalade vai ser, uma vez mais, a Capital da Leitura. Esta que será a terceira edição desta iniciativa, dedicada ao livro e à leitura, vai realizar-se entre os dias 16 e 25 de Maio. Depois de em

ALVALADE-CAPITAL DA LEITURA HOMENAGEIA AQUILINO RIBEIRO

  Em Maio, Alvalade vai ser, uma vez mais, a Capital da Leitura. Esta que será a terceira edição desta iniciativa, dedicada ao livro e à leitura, vai realizar-se entre os dias 16 e 25 de Maio. Depois de em

QUANDO A FOTOGRAFIA IMPRESSA FAZ A HISTÓRIA: VIAGEM AO IMAGINÁRIO DE UMA ÉPOCA – COLÓQUIO NA BIBLIOTECA NACIONAL DIA 21 DE MAIO ÀS 9H30

  Com organização de Filomena Serra, do Instituto de História da Arte (FCSH NOVA), este colóquio internacional propõe reflexões sobre como através da fotografia impressa de propaganda se procurou construir o ideal do Estado Novo português do País e seu

QUANDO A FOTOGRAFIA IMPRESSA FAZ A HISTÓRIA: VIAGEM AO IMAGINÁRIO DE UMA ÉPOCA – COLÓQUIO NA BIBLIOTECA NACIONAL DIA 21 DE MAIO ÀS 9H30

  Com organização de Filomena Serra, do Instituto de História da Arte (FCSH NOVA), este colóquio internacional propõe reflexões sobre como através da fotografia impressa de propaganda se procurou construir o ideal do Estado Novo português do País e seu

POR VEZES O CAOS por Luísa Lobão Moniz

Não sei se os meus olhos mudaram, mas a vontade de ir à descoberta de novos mundos ensina-nos que o novo mundo está onde nós estamos, basta que reflictamos sobre ”o que vemos, ouvimos e lemos” e perceberemos que sem

POR VEZES O CAOS por Luísa Lobão Moniz

Não sei se os meus olhos mudaram, mas a vontade de ir à descoberta de novos mundos ensina-nos que o novo mundo está onde nós estamos, basta que reflictamos sobre ”o que vemos, ouvimos e lemos” e perceberemos que sem

EXPOSIÇÃO DAS ILUSTRAÇÕES DO ROMANCE DA RAPOSA DE AQUILINO RIBEIRO – BENJAMIN RABIER NO MUSEU BORDALO PINHEIRO ATÉ 15 DE SETEMBRO por Clara Castilho

  17 DE MAIO A 15 DE SETEMBRO DE 2019 O Museu Bordalo Pinheiro apresenta uma exposição com os desenhos originais de Benjamin Rabier para o «Romance da Raposa», de Aquilino Ribeiro, permitindo ao público admirar, ao vivo, o traço

EXPOSIÇÃO DAS ILUSTRAÇÕES DO ROMANCE DA RAPOSA DE AQUILINO RIBEIRO – BENJAMIN RABIER NO MUSEU BORDALO PINHEIRO ATÉ 15 DE SETEMBRO por Clara Castilho

  17 DE MAIO A 15 DE SETEMBRO DE 2019 O Museu Bordalo Pinheiro apresenta uma exposição com os desenhos originais de Benjamin Rabier para o «Romance da Raposa», de Aquilino Ribeiro, permitindo ao público admirar, ao vivo, o traço

CARTA DE BRAGA – “snooker e eleições” por António Oliveira

Ali, bem à minha frente, dois contendores competiam serena e calmamente, por um título mundial. Não percebi qualquer gesto de animosidade para o antagonista, esperava cada um a sua vez de entrar no jogo e, quando terminava, por ter falhado,

CARTA DE BRAGA – “snooker e eleições” por António Oliveira

Ali, bem à minha frente, dois contendores competiam serena e calmamente, por um título mundial. Não percebi qualquer gesto de animosidade para o antagonista, esperava cada um a sua vez de entrar no jogo e, quando terminava, por ter falhado,

“O SÉCULO DOS PRODÍGIOS” de Onésimo Teotónio de Almeida vence Prémio Mariano Gago 2019 na SPA

A obra vencedora da edição de 2019 do Prémio Mariano Gago, promovido pela SPA e que visa distinguir o autor português com o melhor livro de divulgação científica editado no ano anterior, é, por decisão unânime do júri independente designado para

“O SÉCULO DOS PRODÍGIOS” de Onésimo Teotónio de Almeida vence Prémio Mariano Gago 2019 na SPA

A obra vencedora da edição de 2019 do Prémio Mariano Gago, promovido pela SPA e que visa distinguir o autor português com o melhor livro de divulgação científica editado no ano anterior, é, por decisão unânime do júri independente designado para

NÉLIDA PIÑON VENCEU O PRÉMIO VERGÍLIO FERREIRA 2019

O Prémio Vergílio Ferreira é atribuído pela Universidade de Évora. Nélida Piñon nasceu no Rio de Janeiro, em 1937. Formou-se em Jornalismo pela Universidade Católica do Rio de Janeiro. Faz parte da Academia Brasileira de Letras, a que já presidiu.

NÉLIDA PIÑON VENCEU O PRÉMIO VERGÍLIO FERREIRA 2019

O Prémio Vergílio Ferreira é atribuído pela Universidade de Évora. Nélida Piñon nasceu no Rio de Janeiro, em 1937. Formou-se em Jornalismo pela Universidade Católica do Rio de Janeiro. Faz parte da Academia Brasileira de Letras, a que já presidiu.

CARTA DE BRAGA – “Tolkien e o hipersujeito” por António Oliveira

As eleições europeias estão já aí e o problema maior parece ser a dissolução dos vínculos que marcaram a vida política nas últimas dezenas de anos! A hipermodernidade comandada pelos ecrãs, deu lugar a um ‘hipersujeito’ arredado e desligado da

CARTA DE BRAGA – “Tolkien e o hipersujeito” por António Oliveira

As eleições europeias estão já aí e o problema maior parece ser a dissolução dos vínculos que marcaram a vida política nas últimas dezenas de anos! A hipermodernidade comandada pelos ecrãs, deu lugar a um ‘hipersujeito’ arredado e desligado da

SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN – II COLÓQUIO INTERNACIONAL NA FUNDAÇÃO GULBENKIAN, DE 16 E 17 DE MAIO

Decorre amanhã e depois o II Colóquio Internacional Sophia de Mello Breyner Andresen. Poderá assistir em directo:

SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN – II COLÓQUIO INTERNACIONAL NA FUNDAÇÃO GULBENKIAN, DE 16 E 17 DE MAIO

Decorre amanhã e depois o II Colóquio Internacional Sophia de Mello Breyner Andresen. Poderá assistir em directo:

LANÇAMENTO DE “O BRACINHO”, DO ESCRITOR CARLOS TOMÉ, DIA 18 DE MAIO ÀS 18 H

  A Casa dos Açores no Norte acolhe o escritor Carlos Tomé no lançamento de “O Bracinho”, o seu mais recente livro. Depois de “A Noite dos Prodígios e outras histórias” (2002), “Morreremos Amanhã” (2006) e “Um Perigoso Leitor de

LANÇAMENTO DE “O BRACINHO”, DO ESCRITOR CARLOS TOMÉ, DIA 18 DE MAIO ÀS 18 H

  A Casa dos Açores no Norte acolhe o escritor Carlos Tomé no lançamento de “O Bracinho”, o seu mais recente livro. Depois de “A Noite dos Prodígios e outras histórias” (2002), “Morreremos Amanhã” (2006) e “Um Perigoso Leitor de

A CRIANÇA NÃO QUER A RUPTURA AFECTIVA por Luísa Lobão Moniz

O horror da aceitação da Violência contra crianças sentida pela própria! Como é possível que a criança sinta que se os pais, ou outros adultos, lhe baterem é porque querem ensinar os filhos a serem “homens”? Foi feito um estudo

A CRIANÇA NÃO QUER A RUPTURA AFECTIVA por Luísa Lobão Moniz

O horror da aceitação da Violência contra crianças sentida pela própria! Como é possível que a criança sinta que se os pais, ou outros adultos, lhe baterem é porque querem ensinar os filhos a serem “homens”? Foi feito um estudo