Category Archives: Temas Sociais

SINAIS DE FOGO – O EXEMPLO DE PONTE DA BARCA E A CONDECORAÇÃO DE MARCELO – por Soares Novais

  1 – Digo-o já para que não restem dúvidas: não conheço nenhum dos membros do executivo da Câmara Municipal de Ponte da Barca. Como cidadão e como jornalista nunca a minha vida se cruzou com a de António Vassalo

SINAIS DE FOGO – O EXEMPLO DE PONTE DA BARCA E A CONDECORAÇÃO DE MARCELO – por Soares Novais

  1 – Digo-o já para que não restem dúvidas: não conheço nenhum dos membros do executivo da Câmara Municipal de Ponte da Barca. Como cidadão e como jornalista nunca a minha vida se cruzou com a de António Vassalo

UMA GERAÇÃO SOZINHA por Luísa Lobão Moniz

No meio de tanto pesadelo social e político há que realçar o que de positivo, do meu ponto de vista, temos na nossa turbulenta sociedade. Às vezes perece que há um certo prazer em falar mal dos nossos jovens citando-se

UMA GERAÇÃO SOZINHA por Luísa Lobão Moniz

No meio de tanto pesadelo social e político há que realçar o que de positivo, do meu ponto de vista, temos na nossa turbulenta sociedade. Às vezes perece que há um certo prazer em falar mal dos nossos jovens citando-se

VACINAR OU NÃO VACINAR por Luísa Lobão Moniz

Andamos todos confusos com a possibilidade de se tornar obrigatória a vacinação contra o sarampo. O sarampo já tinha sido erradicado de Portugal e por isso não fazia parte do Plano Nacional de Vacinação. Há muito tempo que não se

VACINAR OU NÃO VACINAR por Luísa Lobão Moniz

Andamos todos confusos com a possibilidade de se tornar obrigatória a vacinação contra o sarampo. O sarampo já tinha sido erradicado de Portugal e por isso não fazia parte do Plano Nacional de Vacinação. Há muito tempo que não se

CONTOS & CRÓNICAS – CARLOS REIS – OS ARTIGOS IMPUBLICÁVEIS – RECEITUÁRIO PASCOALENSE

    Bem, eu penso que a Gula é, será (enfim) um pecado razoavelmente horrível. Parece que apenas venial, segundo a liturgia bíblica, vá lá  –  mas certamente para muitos crentes e beatos, uma coisa menos impecável, mesmo do mais

CONTOS & CRÓNICAS – CARLOS REIS – OS ARTIGOS IMPUBLICÁVEIS – RECEITUÁRIO PASCOALENSE

    Bem, eu penso que a Gula é, será (enfim) um pecado razoavelmente horrível. Parece que apenas venial, segundo a liturgia bíblica, vá lá  –  mas certamente para muitos crentes e beatos, uma coisa menos impecável, mesmo do mais

FRATERNIZAR – Um testemunho de arrepiar: A VELHICE DO PADRE ZÉ – por MÁRIO DE OLIVEIRA

Domingo 9 de Abril 2017. Dia de missa obrigatória para as católicas, os católicos. Um dos reiterados pecados capitais institucionais, cuidadosamente mascarados de outros tantos sacrifícios redentores da Humanidade, que acaba reduzida a obscena montra de vaidades-hipocrisias e a privilegiada

FRATERNIZAR – Um testemunho de arrepiar: A VELHICE DO PADRE ZÉ – por MÁRIO DE OLIVEIRA

Domingo 9 de Abril 2017. Dia de missa obrigatória para as católicas, os católicos. Um dos reiterados pecados capitais institucionais, cuidadosamente mascarados de outros tantos sacrifícios redentores da Humanidade, que acaba reduzida a obscena montra de vaidades-hipocrisias e a privilegiada

CONTINUO A ACREDITAR por Luísa Lobão Moniz

Apesar de Torremolinos continuo a acreditar que as gerações mais novas serão capazes de dar o seu contributo para uma sociedade melhor. Precisamos de saber o que significa para os mais novos uma sociedade melhor, já não é derrubar uma

CONTINUO A ACREDITAR por Luísa Lobão Moniz

Apesar de Torremolinos continuo a acreditar que as gerações mais novas serão capazes de dar o seu contributo para uma sociedade melhor. Precisamos de saber o que significa para os mais novos uma sociedade melhor, já não é derrubar uma

QUE QUEREMOS ? por Luísa Lobão Moniz

Como é inevitável todos têm opinião sobre o que se passou em Torremolinos com um grupo de mil alunos do 12º ano, português. Têm que ser punidos! É o que mais se ouve. Foi surpresa para muitos pais que pensavam

QUE QUEREMOS ? por Luísa Lobão Moniz

Como é inevitável todos têm opinião sobre o que se passou em Torremolinos com um grupo de mil alunos do 12º ano, português. Têm que ser punidos! É o que mais se ouve. Foi surpresa para muitos pais que pensavam