ARGONAUTA VASCO DE CASTRO

Vasco de Castro

Vasco de Castro, nasceu em 1935 em Vila Real, Trás-os-Montes.

Escritor, cartoonista e pintor, é sócio correspondente da Academia Nacional de Belas-Artes desde 1992. Filho do poeta trasmontano Afonso de Castro, frequentou o Curso de Direito da Universidade de Lisboa (fez parte da direcção da respectiva associação de estudantes), participando activamente nas lutas académicas da época.

Entre 1961 e 1974, esteve exilado em Paris, colaborando em jornais e revistas, nomeadamente nos jornais Le Monde e Le Figaro. A partir de 1962, colaborou também no jornal L’Humanité. Em 11970 a 1972 participou nas Bienais de Desenho de Humor de Montreal. De regresso a Portugal, em 1974, fixou-se em Lisboa e continuou a colaborar na imprensa com textos e cartoons. Com uma posição política próxima da extrema-esquerda, foi um dos fundadores do jornal diário Página Um.

Entre a sua obra publicada, destacam-se os livros Montparnasse, mon village (1985),Fotomaton (1986), Leal da Câmara (1996) e Montparnasse até ao esgotamento das horas(2008). Em 2012, na Casa Fernando Pessoa, expôs uma colecção de obras sobre Fernando Pessoa.

Leave a Reply