Author Archives: José Magalhães

About José Magalhães

Escrevo e fotografo pelo imenso prazer que daí tiro

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (200)

CHEGAMOS À 200ª CRÓNICA Fez há poucos dias quatro anos que começamos esta aventura de escrever e fotografar o Porto. Tive durante este período alguns momentos de exaltação e outros tantos de desânimo. Exaltação porque escrevia e fotografava e mostrava

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (200)

CHEGAMOS À 200ª CRÓNICA Fez há poucos dias quatro anos que começamos esta aventura de escrever e fotografar o Porto. Tive durante este período alguns momentos de exaltação e outros tantos de desânimo. Exaltação porque escrevia e fotografava e mostrava

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (199)

CORTEJO DE SÃO BARTOLOMEU (FINAL)                                               A MULTIDÃO À ESPERA DA PASSAGEM DE TODO O CORTEJO  E DO

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (199)

CORTEJO DE SÃO BARTOLOMEU (FINAL)                                               A MULTIDÃO À ESPERA DA PASSAGEM DE TODO O CORTEJO  E DO

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (104)

O TEU SORRISO     No desejo imenso de te ter aqui, sempre Peguei nas tintas, nos pincéis, e num repente Pintei o teu sorriso Com cores suaves, pastel. Pintei-o calmo, sereno, em papel Assim premente, de improviso Num aperto

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (104)

O TEU SORRISO     No desejo imenso de te ter aqui, sempre Peguei nas tintas, nos pincéis, e num repente Pintei o teu sorriso Com cores suaves, pastel. Pintei-o calmo, sereno, em papel Assim premente, de improviso Num aperto

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (198)

  CORTEJO DO TRAJE DE PAPEL DAS FESTAS DE SÃO BARTOLOMEU FOZ DO DOURO (2)   E O CORTEJO CONTINUA:                                        

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (198)

  CORTEJO DO TRAJE DE PAPEL DAS FESTAS DE SÃO BARTOLOMEU FOZ DO DOURO (2)   E O CORTEJO CONTINUA:                                        

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (197)

CORTEJO DO TRAJE DE PAPEL DAS FESTAS DE SÃO BARTOLOMEU FOZ DO DOURO Considerado o momento mais alto das Festas de São Bartolomeu, o tradicional Cortejo do Traje de Papel realizou-se na manhã de Domingo, 27 de Agosto de 2017.

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (197)

CORTEJO DO TRAJE DE PAPEL DAS FESTAS DE SÃO BARTOLOMEU FOZ DO DOURO Considerado o momento mais alto das Festas de São Bartolomeu, o tradicional Cortejo do Traje de Papel realizou-se na manhã de Domingo, 27 de Agosto de 2017.

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (196)

O PORTO EM IMAGENS (37)                 .   Tradicional Cortejo do Traje de Papel acaba em “banho santo” no próximo domingo   .

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (196)

O PORTO EM IMAGENS (37)                 .   Tradicional Cortejo do Traje de Papel acaba em “banho santo” no próximo domingo   .

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (195)

  O PORTO EM IMAGENS (36)   MADRUGADA NA RIBEIRA                           . . . .    

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (195)

  O PORTO EM IMAGENS (36)   MADRUGADA NA RIBEIRA                           . . . .    

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (103)

COMO EM QUALQUER OUTRO LUGAR   Falando do tempo E da minha desejada eternidade Escrevo do dia que há-de vir Recomeçando o movimento Da escrita das palavras Mostrando o resíduo da dor Como se tivesse a certeza De que amanhã,

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (103)

COMO EM QUALQUER OUTRO LUGAR   Falando do tempo E da minha desejada eternidade Escrevo do dia que há-de vir Recomeçando o movimento Da escrita das palavras Mostrando o resíduo da dor Como se tivesse a certeza De que amanhã,

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (194)

O PORTO EM IMAGENS (35)             Contagem decrescente para a Red Bull Air Race      

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (194)

O PORTO EM IMAGENS (35)             Contagem decrescente para a Red Bull Air Race      

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (193)

IMAGENS DO PORTO (34)   Vila Nova de Gaia (Devesas) – Antigas Oficinas da CP         Já há concurso para a requalificação do Matadouro de Campanhã     Porto e Matosinhos acolhem Campeonato do Mundo de Vela

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (193)

IMAGENS DO PORTO (34)   Vila Nova de Gaia (Devesas) – Antigas Oficinas da CP         Já há concurso para a requalificação do Matadouro de Campanhã     Porto e Matosinhos acolhem Campeonato do Mundo de Vela

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (102)

OS CAMINHOS DOS MEUS DIAS Trocaria O teu corpo pelo meu Se os meus dedos te não percebessem E os meus olhos de ti se perdessem Para que, tocando-me Te aprender E saber Dos caminhos por onde seguias. . Trataria

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (102)

OS CAMINHOS DOS MEUS DIAS Trocaria O teu corpo pelo meu Se os meus dedos te não percebessem E os meus olhos de ti se perdessem Para que, tocando-me Te aprender E saber Dos caminhos por onde seguias. . Trataria

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (192)

IMAGENS DO PORTO (33)   Tenham todos umas boas férias, e aproveitem para visitar, ou revisitar o PORTO.       .

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (192)

IMAGENS DO PORTO (33)   Tenham todos umas boas férias, e aproveitem para visitar, ou revisitar o PORTO.       .

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (101)

CONSERVADAS EM SAL-GEMA     Se me acontece escrever Pensamentos, ideias, palavras movediças e soltas E com eles formar versos, e mais tarde um poema Só eles, os versos, sabem o que me querem dizer, Que caminho me indicam, que

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (101)

CONSERVADAS EM SAL-GEMA     Se me acontece escrever Pensamentos, ideias, palavras movediças e soltas E com eles formar versos, e mais tarde um poema Só eles, os versos, sabem o que me querem dizer, Que caminho me indicam, que

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (191)

O PORTO EM IMAGEM (32)       Conheça o projeto de reabilitação para o Pavilhão Rosa Mota      

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (191)

O PORTO EM IMAGEM (32)       Conheça o projeto de reabilitação para o Pavilhão Rosa Mota      

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (190)

CARÍSSIMOS AMIGOS: Entrei já em modo de férias, em tempo em que tendo de retemperar forças, não escreverei as habituais crónicas. Não deixarei, no entanto, de vos enviar as minhas cartas, só ou essencialmente com fotografias da mais linda cidade

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (190)

CARÍSSIMOS AMIGOS: Entrei já em modo de férias, em tempo em que tendo de retemperar forças, não escreverei as habituais crónicas. Não deixarei, no entanto, de vos enviar as minhas cartas, só ou essencialmente com fotografias da mais linda cidade