Category Archives: Arte.

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (212)

  O PORTO EM IMAGENS (45) NATAL 2017 – ILUMINAÇÕES NA BAIXA   .              

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (212)

  O PORTO EM IMAGENS (45) NATAL 2017 – ILUMINAÇÕES NA BAIXA   .              

ARTISTAS UNIDOS – “A VILA”, a partir de RAUL BRANDÃO, ESTREIA HOJE, QUARTA-FEIRA, 13 de DEZEMBRO, às 19 horas, no TEATRO DA POLITÉCNICA – O GRANDE DIA DA BATALHA, variações sobre MÁXIMO GORKI, 18 de JANEIRO a 25 de FEVEREIRO, no TEATRO NACIONAL D. MARIA II.

programação      publicações      arquivo      pessoas      filmes     contactos E-Card Dezembro 2017 É já na 4ª 13 que estreia A VILA a partir de Húmus de Raúl Brandão. Até sábado 16 no Teatro da Politécnica. E daqui a

ARTISTAS UNIDOS – “A VILA”, a partir de RAUL BRANDÃO, ESTREIA HOJE, QUARTA-FEIRA, 13 de DEZEMBRO, às 19 horas, no TEATRO DA POLITÉCNICA – O GRANDE DIA DA BATALHA, variações sobre MÁXIMO GORKI, 18 de JANEIRO a 25 de FEVEREIRO, no TEATRO NACIONAL D. MARIA II.

programação      publicações      arquivo      pessoas      filmes     contactos E-Card Dezembro 2017 É já na 4ª 13 que estreia A VILA a partir de Húmus de Raúl Brandão. Até sábado 16 no Teatro da Politécnica. E daqui a

ASSOCIAÇÃO ALVES REDOL – IDA AO TEATRO – “CRISE NO PARQUE EDUARDO VII” – QUINTA-FEIRA, 14 de DEZEMBRO, às 21.30, em COMUNA TEATRO DE PESQUISA – SAÍDA de VILA FRANCA DE XIRA às 20 horas.

“Crise no Parque Eduardo VII” baseado em “I´m not Rappaport” de Herb Gardner. com adaptação, versão cénica e encenação de João Mota, elenco: Carlos Paulo, Elsa Galvão, Gonçalo Botelho, Hugo Franco, Igor Sampaio, Maria Ana Filipe e Miguel Sermao .

ASSOCIAÇÃO ALVES REDOL – IDA AO TEATRO – “CRISE NO PARQUE EDUARDO VII” – QUINTA-FEIRA, 14 de DEZEMBRO, às 21.30, em COMUNA TEATRO DE PESQUISA – SAÍDA de VILA FRANCA DE XIRA às 20 horas.

“Crise no Parque Eduardo VII” baseado em “I´m not Rappaport” de Herb Gardner. com adaptação, versão cénica e encenação de João Mota, elenco: Carlos Paulo, Elsa Galvão, Gonçalo Botelho, Hugo Franco, Igor Sampaio, Maria Ana Filipe e Miguel Sermao .

CARTA DE VENEZA – A CIDADE VAZIA – por Vanessa Castagna

  Inaugurou-se no passado dia 6 de dezembro mais uma exposição fotográfica em que a cidade desempenha um papel essencial, porém num prisma muito diferente do que é costume. Trata-se de La Città Vuota, fruto da colaboração entre a fotógrafa

CARTA DE VENEZA – A CIDADE VAZIA – por Vanessa Castagna

  Inaugurou-se no passado dia 6 de dezembro mais uma exposição fotográfica em que a cidade desempenha um papel essencial, porém num prisma muito diferente do que é costume. Trata-se de La Città Vuota, fruto da colaboração entre a fotógrafa

SATIN DOLL, de DUKE ELLINGTON, BILLY STRAYHORN e JOHNNY MERCER – por MCCOY TUNER, STEVE DAVIS e LEX HUMFRIES – a interpretação de ELLA FITZGERALD, com a orquestra de DUKE ELLINGTON

      Obrigado a hotshiawase, tokuto, youtube e twitter Esta música terá sido composta em 1953 em honra de uma bailarina que usava Satin Doll como nome artístico. A interpretação acima foi feita  por um trio que incluía McCoy

SATIN DOLL, de DUKE ELLINGTON, BILLY STRAYHORN e JOHNNY MERCER – por MCCOY TUNER, STEVE DAVIS e LEX HUMFRIES – a interpretação de ELLA FITZGERALD, com a orquestra de DUKE ELLINGTON

      Obrigado a hotshiawase, tokuto, youtube e twitter Esta música terá sido composta em 1953 em honra de uma bailarina que usava Satin Doll como nome artístico. A interpretação acima foi feita  por um trio que incluía McCoy

CTA – “NATHAN, O SÁBIO”, de GOTTHOLD EPHRAIM LESSING – estreia HOJE, 9 de DEZEMBRO, às 21 horas – EXPOSIÇÃO “JERUSALÉM, UMBIGO DA HUMANIDADE” – no TEATRO MUNICIPAL JOAQUIM BENITE, em ALMADA.

  Jerusalém: umbigo da humanidade   A Companhia de Teatro de Almada estreia no próximo sábado o espectáculo Nathan, o sábio, de Gotthold Ephraim Lessing, com encenação de Rodrigo Francisco. A acção da peça decorre na Jerusalém do século XII,

CTA – “NATHAN, O SÁBIO”, de GOTTHOLD EPHRAIM LESSING – estreia HOJE, 9 de DEZEMBRO, às 21 horas – EXPOSIÇÃO “JERUSALÉM, UMBIGO DA HUMANIDADE” – no TEATRO MUNICIPAL JOAQUIM BENITE, em ALMADA.

  Jerusalém: umbigo da humanidade   A Companhia de Teatro de Almada estreia no próximo sábado o espectáculo Nathan, o sábio, de Gotthold Ephraim Lessing, com encenação de Rodrigo Francisco. A acção da peça decorre na Jerusalém do século XII,

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – ARQUITECTURA – EXPOSIÇÕES GERAIS DE ARTES PLÁSTICAS – OFICINAS – UM CALENDÁRIO PARA 2018

  Arquitectar para quem? A partir das Exposições Gerais de Artes Plásticas   Sábado, 9 de Dezembro, 16h Quem encomenda, a quem se destina e como se usa a arquitectura? com Ana Assis Pacheco (arquitecta), Alexandra Ai Quintas (arquitecta) e Margarida Acciaiuoli (historiadora

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – ARQUITECTURA – EXPOSIÇÕES GERAIS DE ARTES PLÁSTICAS – OFICINAS – UM CALENDÁRIO PARA 2018

  Arquitectar para quem? A partir das Exposições Gerais de Artes Plásticas   Sábado, 9 de Dezembro, 16h Quem encomenda, a quem se destina e como se usa a arquitectura? com Ana Assis Pacheco (arquitecta), Alexandra Ai Quintas (arquitecta) e Margarida Acciaiuoli (historiadora

A BARRACA – HÉLDER MATEUS DA COSTA – ENCONTROS IMAGINÁRIOS – LANÇAMENTO do LIVRO 2017 – SEGUNDA-FEIRA, 11 de DEZEMBRO, às 18.30

Lançamento do LIVRO 2017 no Bar da BARRACA 11 de DEZEMBRO|18h30 Camaradas, amigos, companheiros É esta a data / FESTA do aparecimento  do LIVRO 2017. Queremos – como nos Encontros –, uma ENORME assistência, feliz, contente e participativa. O LIVRO

A BARRACA – HÉLDER MATEUS DA COSTA – ENCONTROS IMAGINÁRIOS – LANÇAMENTO do LIVRO 2017 – SEGUNDA-FEIRA, 11 de DEZEMBRO, às 18.30

Lançamento do LIVRO 2017 no Bar da BARRACA 11 de DEZEMBRO|18h30 Camaradas, amigos, companheiros É esta a data / FESTA do aparecimento  do LIVRO 2017. Queremos – como nos Encontros –, uma ENORME assistência, feliz, contente e participativa. O LIVRO

CTA – VERDI PARA TODA A FAMÍLIA – a partir de hoje, SEXTA-FEIRA, 8 de DEZEMBRO, às 16 horas, no TEATRO MUNICIPAL JOAQUIM BENITE, em ALMADA – até 17 de DEZEMBRO – SÁBADOS, às 16 horas, DOMINGOS, às 11 horas.

Verdi para toda a família a partir de 8 de Dezembro no TMJB   Verdi que te quero Verdi, a partir de Giuseppe Verdi, com encenação de Teresa Gafeira, regressa ao Teatro Municipal Joaquim Benite entre os dias 8 e

CTA – VERDI PARA TODA A FAMÍLIA – a partir de hoje, SEXTA-FEIRA, 8 de DEZEMBRO, às 16 horas, no TEATRO MUNICIPAL JOAQUIM BENITE, em ALMADA – até 17 de DEZEMBRO – SÁBADOS, às 16 horas, DOMINGOS, às 11 horas.

Verdi para toda a família a partir de 8 de Dezembro no TMJB   Verdi que te quero Verdi, a partir de Giuseppe Verdi, com encenação de Teresa Gafeira, regressa ao Teatro Municipal Joaquim Benite entre os dias 8 e

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (211)

2 de DEZEMBRO DE 1947       “… Volvidos poucos anos, mestre Menezes sofreu novo susto, que lhe provocou a jura de nunca mais ir pescar, embora nunca tivesse deixado de ser armador, grande e conceituado. No dia 2

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (211)

2 de DEZEMBRO DE 1947       “… Volvidos poucos anos, mestre Menezes sofreu novo susto, que lhe provocou a jura de nunca mais ir pescar, embora nunca tivesse deixado de ser armador, grande e conceituado. No dia 2

DIÁSPORA. FORTIFICACIONES PORTUGUESAS EN MARRUECOS (y II), por Moisés Cayetano Rosado

Siguiendo hacia el sur de la costa oeste marroquí, tras haber pasado por esos “hitos” de visitantes y turistas que constituyen esencialmente Tánger y Arzila -sin dejar de visitar Ceuta- nos enfrentamos con otro conjunto de fortalezas edificadas o reestructuradas

DIÁSPORA. FORTIFICACIONES PORTUGUESAS EN MARRUECOS (y II), por Moisés Cayetano Rosado

Siguiendo hacia el sur de la costa oeste marroquí, tras haber pasado por esos “hitos” de visitantes y turistas que constituyen esencialmente Tánger y Arzila -sin dejar de visitar Ceuta- nos enfrentamos con otro conjunto de fortalezas edificadas o reestructuradas

A BARRACA – HÉLDER MATEUS DA COSTA FAZ-NOS O BALANÇO do ENCONTRO IMAGINÁRIO nº 150, de 6 de DEZEMBRO de 2017, com BENTO DE JESUS CARAÇA, ALMADA NEGREIROS e JÚLIO DANTAS + anúncio ENCONTRO IMAGINÁRIO nº 151, a 18 de DEZEMBRO + anúncio do LANÇAMENTO do 3.º livro sobre os ENCONTROS IMAGINÁRIOS. «

Balanço EI 150 – 96 Bento de Jesus Caraça (Vila Viçosa, 18 de Abril de 1901 — Lisboa, 25 de Junho de 1948) foi um matemático português, professor universitário, resistente antifascista e militante do Partido Comunista Português, interpretado pelo militar

A BARRACA – HÉLDER MATEUS DA COSTA FAZ-NOS O BALANÇO do ENCONTRO IMAGINÁRIO nº 150, de 6 de DEZEMBRO de 2017, com BENTO DE JESUS CARAÇA, ALMADA NEGREIROS e JÚLIO DANTAS + anúncio ENCONTRO IMAGINÁRIO nº 151, a 18 de DEZEMBRO + anúncio do LANÇAMENTO do 3.º livro sobre os ENCONTROS IMAGINÁRIOS. «

Balanço EI 150 – 96 Bento de Jesus Caraça (Vila Viçosa, 18 de Abril de 1901 — Lisboa, 25 de Junho de 1948) foi um matemático português, professor universitário, resistente antifascista e militante do Partido Comunista Português, interpretado pelo militar

NESTE DIA, 5 de DEZEMBRO de 1890, nasceu FRITZ LANG

Neste dia, 5 de Dezembro de 1890, nasceu em Viena um dos maiores génios da sétima arte,  Friedrich Anton Christian Lang, que ficou conhecido como Fritz Lang  (morreu em Los Angeles em 2 de Agosto de 1976). Este realizador austríaco

NESTE DIA, 5 de DEZEMBRO de 1890, nasceu FRITZ LANG

Neste dia, 5 de Dezembro de 1890, nasceu em Viena um dos maiores génios da sétima arte,  Friedrich Anton Christian Lang, que ficou conhecido como Fritz Lang  (morreu em Los Angeles em 2 de Agosto de 1976). Este realizador austríaco

DO TEATRO DE AMADORES AO EXERCÍCIO DA CIDADANIA – II – PROPOSTA MÍNIMA – por ANTÓNIO GOMES MARQUES

DO TEATRO DE AMADORES AO EXERCÍCIO DA CIDADANIA por António Gomes Marques (conclusão) II – Proposta Mínima   O homem, até por uma questão de sobrevivência, sempre teve necessidade de dominar a natureza. Desta necessidade terão nascido os rituais de celebração

DO TEATRO DE AMADORES AO EXERCÍCIO DA CIDADANIA – II – PROPOSTA MÍNIMA – por ANTÓNIO GOMES MARQUES

DO TEATRO DE AMADORES AO EXERCÍCIO DA CIDADANIA por António Gomes Marques (conclusão) II – Proposta Mínima   O homem, até por uma questão de sobrevivência, sempre teve necessidade de dominar a natureza. Desta necessidade terão nascido os rituais de celebração