Category Archives: Música/Dança

Música ao Romper da Aurora – Caruso (Lucio Dalla)

O tenor francês Roberto Alagna canta a canção emblemática de Lucio Dalla “Caruso”, acompanhado pelo Choeur Symphonique de Paris e a Orchestre National d’Île-de-France, sob a direção do maestro Yvan Cassar. Este tema faz parte do novo álbum de Alagna

Música ao Romper da Aurora – Caruso (Lucio Dalla)

O tenor francês Roberto Alagna canta a canção emblemática de Lucio Dalla “Caruso”, acompanhado pelo Choeur Symphonique de Paris e a Orchestre National d’Île-de-France, sob a direção do maestro Yvan Cassar. Este tema faz parte do novo álbum de Alagna

“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – Rebel Heart

“Rebel Heart” é uma composição da banda de folk rock e pop rock irlandesa “The Corrs”, formada por três irmãs e um irmão da família Corr: Sharon, Caroline, Andrea e Jim. “Rebel Heart” é uma das faixas do álbum “In

“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – Rebel Heart

“Rebel Heart” é uma composição da banda de folk rock e pop rock irlandesa “The Corrs”, formada por três irmãs e um irmão da família Corr: Sharon, Caroline, Andrea e Jim. “Rebel Heart” é uma das faixas do álbum “In

Música ao Romper da Aurora – Cigani Ljubiat Pesnji

“Cigani Ljubiat Pesnji” é uma canção tradicional cigana, russa, interpretada pelo grupo “BGKO” Barcelona Gipsy balKan Orchestra gravada no álbum “Imbarca” de 2015.

Música ao Romper da Aurora – Cigani Ljubiat Pesnji

“Cigani Ljubiat Pesnji” é uma canção tradicional cigana, russa, interpretada pelo grupo “BGKO” Barcelona Gipsy balKan Orchestra gravada no álbum “Imbarca” de 2015.

“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – Hymne à la beauté du monde

“Le Monde est fou” é uma canção com música de Christian Saint-Roch e letra de Luc Plamondon de 1973. “Hymne à la beauté du monde” é uma adaptação de “Le Monde est fou” interpretada pela cantora Isabelle Boulay no seu

“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – Hymne à la beauté du monde

“Le Monde est fou” é uma canção com música de Christian Saint-Roch e letra de Luc Plamondon de 1973. “Hymne à la beauté du monde” é uma adaptação de “Le Monde est fou” interpretada pela cantora Isabelle Boulay no seu

Música ao Romper da Aurora – Back on your Radio

Agnetha Fältskog é uma cantora e compositora sueca, ex-integrante do grupo de música pop “ABBA”, entre 1972 e 1982. “Back on your Radio” é uma das faixas do seu álbum “A”, a solo, lançado em 2013. Todas os temos desta

Música ao Romper da Aurora – Back on your Radio

Agnetha Fältskog é uma cantora e compositora sueca, ex-integrante do grupo de música pop “ABBA”, entre 1972 e 1982. “Back on your Radio” é uma das faixas do seu álbum “A”, a solo, lançado em 2013. Todas os temos desta

“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – Instrumental de Violino e Piano

Este é um instrumental interpretado pela violinista Ruth Vanden e pela pianista Natalie Dunn, que inclui um tema de Adele “When we were Young”, de Ellie Goulding “Love me like you do” e de Sam Smith “Stay with Me”.

“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – Instrumental de Violino e Piano

Este é um instrumental interpretado pela violinista Ruth Vanden e pela pianista Natalie Dunn, que inclui um tema de Adele “When we were Young”, de Ellie Goulding “Love me like you do” e de Sam Smith “Stay with Me”.

Música ao Romper da Aurora – L’important c’est la rose

“L’important c’est la rose” é uma canção de Gilbert Bécaud gravada em 1967. Foi escrita por Louis Amade et Gilbert Bécaud. Na realidade é um cenário musical de Bécaud de um poema de Louis Amade publicado em 1966 na “L’Éternité

Música ao Romper da Aurora – L’important c’est la rose

“L’important c’est la rose” é uma canção de Gilbert Bécaud gravada em 1967. Foi escrita por Louis Amade et Gilbert Bécaud. Na realidade é um cenário musical de Bécaud de um poema de Louis Amade publicado em 1966 na “L’Éternité

“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – Junto à Lareira

“Junto à Lareira” é uma canção de José Cid, cantor, compositor, músico instrumentista e produtor musical português. Este tema está incluído no seu álbum intitulado “De Par em Par” editado em 1991.

“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – Junto à Lareira

“Junto à Lareira” é uma canção de José Cid, cantor, compositor, músico instrumentista e produtor musical português. Este tema está incluído no seu álbum intitulado “De Par em Par” editado em 1991.

Música ao Romper da Aurora – Je marche sur tous les chemins

“Je marche sur tous les chemins” é uma ária da ópera “Manon” em 5 atos do compositor francês Jules Massenet, com libreto de Henri Meilhac e Philippe Gille, baseado na obra de Abade Prévost, “L’histoire du Chevalier des Grieux e

Música ao Romper da Aurora – Je marche sur tous les chemins

“Je marche sur tous les chemins” é uma ária da ópera “Manon” em 5 atos do compositor francês Jules Massenet, com libreto de Henri Meilhac e Philippe Gille, baseado na obra de Abade Prévost, “L’histoire du Chevalier des Grieux e

“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – El Amor Es Azul

A canção “L’Amour est Bleu” tem letra de Pierre Cour e música de André Popp e foi interpretada pela cantora Vicky Leandros, em representação do Luxemburgo no “Festival Eurovisão da Canção 1967”, realizado em Viena (Áustria). Esta é uma versão

“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – El Amor Es Azul

A canção “L’Amour est Bleu” tem letra de Pierre Cour e música de André Popp e foi interpretada pela cantora Vicky Leandros, em representação do Luxemburgo no “Festival Eurovisão da Canção 1967”, realizado em Viena (Áustria). Esta é uma versão

Música ao Romper da Aurora – My Way

“My Way” é o título em inglês da canção francesa “Comme d’habitude”, que foi lançada pela primeira vez pelo autor, Claude François em 1967, em França. Em 1968, Frank Sinatra gravou a versão inglesa que tinha sido adaptada por Paul

Música ao Romper da Aurora – My Way

“My Way” é o título em inglês da canção francesa “Comme d’habitude”, que foi lançada pela primeira vez pelo autor, Claude François em 1967, em França. Em 1968, Frank Sinatra gravou a versão inglesa que tinha sido adaptada por Paul

Música ao Romper da Aurora – Mae Bruxa

“Acetre” é um grupo espanhol de música folk proveniente da Estremadura formado no ano de 1976 na cidade de Olivença, em La Paz, um ponto de encontro entre a cultura portuguesa e a extremadura. O seu nome acetre significa embarcação

Música ao Romper da Aurora – Mae Bruxa

“Acetre” é um grupo espanhol de música folk proveniente da Estremadura formado no ano de 1976 na cidade de Olivença, em La Paz, um ponto de encontro entre a cultura portuguesa e a extremadura. O seu nome acetre significa embarcação

“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – Cuore

“Cuore” é uma canção de Rita Pavone, cantora e compositora italiana, que iniciou a sua carreira artística em 1962. Este tema é uma das faixas do segundo álbum da cantora “Non è facile avere 18 anni”, editado em 1964. https://youtu.be/11kvquKU3dg

“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – Cuore

“Cuore” é uma canção de Rita Pavone, cantora e compositora italiana, que iniciou a sua carreira artística em 1962. Este tema é uma das faixas do segundo álbum da cantora “Non è facile avere 18 anni”, editado em 1964. https://youtu.be/11kvquKU3dg

MACK THE KNIFE, de KURT WEILL E BERTOLT BRECHT, por LOUIS ARMSTRONG

Mack the Knife foi composto para a ópera dos Três Vinténs. Ao que se sabe, Bertolt Brecht não era grande cantor, nem nunca pretendeu que Mack the Knife fosse cantada de modo fascinante. Quereria sim descrever o mundo absurdo e

MACK THE KNIFE, de KURT WEILL E BERTOLT BRECHT, por LOUIS ARMSTRONG

Mack the Knife foi composto para a ópera dos Três Vinténs. Ao que se sabe, Bertolt Brecht não era grande cantor, nem nunca pretendeu que Mack the Knife fosse cantada de modo fascinante. Quereria sim descrever o mundo absurdo e

“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – Frenesí

“Frenesí” é uma peça musical originalmente composta por Alberto Dominguez em 1940, para marimba (xilofone). Foi adaptada por Leonard Whithcup e outros a um tema de jazz. Porém tornou-se mais popular na sua versão cantada. Este é um instrumental de

“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – Frenesí

“Frenesí” é uma peça musical originalmente composta por Alberto Dominguez em 1940, para marimba (xilofone). Foi adaptada por Leonard Whithcup e outros a um tema de jazz. Porém tornou-se mais popular na sua versão cantada. Este é um instrumental de