Category Archives: Geografia/Ambiente/Biodiversidade

A GALIZA COMO TAREFA – civilização – Ernesto V. Souza

O dia nasceu escuro. Por importunar Santa Luzia e o saber popular, parece noite pecha às sete e trinta. Chove ligeiro, mas venta pesadamente e em surpresa. Redemoinhos que lutam a cada volta de rua emboscados, no desespero do campo

A GALIZA COMO TAREFA – civilização – Ernesto V. Souza

O dia nasceu escuro. Por importunar Santa Luzia e o saber popular, parece noite pecha às sete e trinta. Chove ligeiro, mas venta pesadamente e em surpresa. Redemoinhos que lutam a cada volta de rua emboscados, no desespero do campo

A GALIZA COMO TAREFA – habitus- Ernesto V. Souza

Somos filhos da nossa cultura e práticas sociais. Ou dito doutro jeito: a nossa atuação social, estética e comportamentos de grupo: políticos, associativos, alimentícios, estéticos, profissionais vêm definidos pela nossa socialização e habitus cultural. E o que é mais, o

A GALIZA COMO TAREFA – habitus- Ernesto V. Souza

Somos filhos da nossa cultura e práticas sociais. Ou dito doutro jeito: a nossa atuação social, estética e comportamentos de grupo: políticos, associativos, alimentícios, estéticos, profissionais vêm definidos pela nossa socialização e habitus cultural. E o que é mais, o

PROTEJO – MOVIMENTO PELO TEJO – TERÇA-FEIRA, 30 de OUTUBRO – APRESENTAÇÕES E CONCLUSÕES DO “TEJO VIVO – SEMINÁRIO PARA A RECUPERAÇÃO DO RIO TEJO E SEUS AFLUENTES”

  O seminário “TEJO VIVO – SEMINÁRIO PARA A RECUPERAÇÃO DO RIO TEJO E SEUS AFLUENTES”, promovido pelo proTEJO – Movimento pelo Tejo em parceria com a Câmara Municipal de Abrantes e a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, realizado no

PROTEJO – MOVIMENTO PELO TEJO – TERÇA-FEIRA, 30 de OUTUBRO – APRESENTAÇÕES E CONCLUSÕES DO “TEJO VIVO – SEMINÁRIO PARA A RECUPERAÇÃO DO RIO TEJO E SEUS AFLUENTES”

  O seminário “TEJO VIVO – SEMINÁRIO PARA A RECUPERAÇÃO DO RIO TEJO E SEUS AFLUENTES”, promovido pelo proTEJO – Movimento pelo Tejo em parceria com a Câmara Municipal de Abrantes e a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, realizado no

A GALIZA COMO TAREFA – elasticidade – Ernesto V. Souza

Há uns dez anos, num barzinho no centro de Valhadolid assistia, por proximidade de cotovelos no balcão, a um debate in crescendo entre um grupo de homens de uns sessenta e algo de anos. A questão de fundo era a

A GALIZA COMO TAREFA – elasticidade – Ernesto V. Souza

Há uns dez anos, num barzinho no centro de Valhadolid assistia, por proximidade de cotovelos no balcão, a um debate in crescendo entre um grupo de homens de uns sessenta e algo de anos. A questão de fundo era a

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – CICLO DE CINEMA AO AR LIVRE – «MODOS DE HABITAR»: “REFUGIÉ-ES CITY PLAZA” e “À PROPOS DE NICE” – HOJE, SEGUNDA-FEIRA, 10 de SETEMBRO, às 21.30

    Ciclo de cinema ao ar livre «Modos de habitar»: Refugié-es City Plaza e À propos de Nice   Enquadrado no ciclo «Outra sociedade – à volta das ideias de Ivan Illich», que revisita as ideias de Ivan Illich (1926-2002)

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – CICLO DE CINEMA AO AR LIVRE – «MODOS DE HABITAR»: “REFUGIÉ-ES CITY PLAZA” e “À PROPOS DE NICE” – HOJE, SEGUNDA-FEIRA, 10 de SETEMBRO, às 21.30

    Ciclo de cinema ao ar livre «Modos de habitar»: Refugié-es City Plaza e À propos de Nice   Enquadrado no ciclo «Outra sociedade – à volta das ideias de Ivan Illich», que revisita as ideias de Ivan Illich (1926-2002)

CARTA DE VENEZA – POSTAIS DE VENEZA – por Vanessa Castagna

Neste verão quente, proliferam na net e nas redes sociais imagens inacreditáveis de Veneza, símbolo já de um turismo que é massivo mas sobretudo mal-educado – um turismo, aliás, que afeta e infeta inúmeros destinos magníficos em vias de gentrificação.

CARTA DE VENEZA – POSTAIS DE VENEZA – por Vanessa Castagna

Neste verão quente, proliferam na net e nas redes sociais imagens inacreditáveis de Veneza, símbolo já de um turismo que é massivo mas sobretudo mal-educado – um turismo, aliás, que afeta e infeta inúmeros destinos magníficos em vias de gentrificação.

A GALIZA COMO TAREFA – nas paisagens da peregrinação – Ernesto V. Souza

“e acenando com a mão nos fez chegar até os primeyros degraos da tribuna onde os quatorze Reys estauão assentados, e nos tornou a preguntar como homẽ espantado do que tinha ouuido, pucau, pucau? que quer dizer quanto? quanto?” (Peregrinação,

A GALIZA COMO TAREFA – nas paisagens da peregrinação – Ernesto V. Souza

“e acenando com a mão nos fez chegar até os primeyros degraos da tribuna onde os quatorze Reys estauão assentados, e nos tornou a preguntar como homẽ espantado do que tinha ouuido, pucau, pucau? que quer dizer quanto? quanto?” (Peregrinação,

CARTA DE VENEZA – VENEZA PARA TODOS – por Vanessa Castagna

  Um estudo intitulado “Healthy Travel and Healthy Destinantions” – realizado pela Airbnb – acaba de confirmar que Veneza é neste momento a capital mundial do turismo de massa, com uma presença de turistas que a coloca à frente das

CARTA DE VENEZA – VENEZA PARA TODOS – por Vanessa Castagna

  Um estudo intitulado “Healthy Travel and Healthy Destinantions” – realizado pela Airbnb – acaba de confirmar que Veneza é neste momento a capital mundial do turismo de massa, com uma presença de turistas que a coloca à frente das

MOVIMENTO IBÉRICO ANTINUCLEAR – MANIFESTAÇÃO pelo ENCERRAMENTO de ALMARAZ e de todas as CENTRAIS NUCLEARES – NÃO AO ALARGAMENTO DO FUNCIONAMENTO DAS EXISTENTES.

  A indústria nuclear já manifestou a sua intenção em alargar o funcionamento das centrais nucleares para além dos 40 anos do seu projecto inicial. A ENEL-ENDESA, IBERDROLA e GAS NATURAL –FENOSA ,  irão solicitar a renovação das licenças de

MOVIMENTO IBÉRICO ANTINUCLEAR – MANIFESTAÇÃO pelo ENCERRAMENTO de ALMARAZ e de todas as CENTRAIS NUCLEARES – NÃO AO ALARGAMENTO DO FUNCIONAMENTO DAS EXISTENTES.

  A indústria nuclear já manifestou a sua intenção em alargar o funcionamento das centrais nucleares para além dos 40 anos do seu projecto inicial. A ENEL-ENDESA, IBERDROLA e GAS NATURAL –FENOSA ,  irão solicitar a renovação das licenças de

PROTEJO – MOVIMENTO PELO TEJO – CARTA CONTRA A INDIFERENÇA – VILA VELHA DE RODÃO – ILHA DA FONTE DAS VIRTUDES – 19 DE MAIO DE 2018

  CARTA CONTRA A INDIFERENÇA – VILA VELHA DE RODÃO – ILHA DA FONTE DAS VIRTUDES – 19 DE MAIO DE 2018   O rio Tejo não é apenas água, é cultura viva, a espinha dorsal e o eixo, das

PROTEJO – MOVIMENTO PELO TEJO – CARTA CONTRA A INDIFERENÇA – VILA VELHA DE RODÃO – ILHA DA FONTE DAS VIRTUDES – 19 DE MAIO DE 2018

  CARTA CONTRA A INDIFERENÇA – VILA VELHA DE RODÃO – ILHA DA FONTE DAS VIRTUDES – 19 DE MAIO DE 2018   O rio Tejo não é apenas água, é cultura viva, a espinha dorsal e o eixo, das