“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – Et maintenant

“Et maintenant” é uma canção composta e interpretada por Gilbert Bécaud em 1961, com letra de Pierre Delanoë. Gilbert Bécaud foi um cantor, compositor e ator francês.

“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – Et maintenant

“Et maintenant” é uma canção composta e interpretada por Gilbert Bécaud em 1961, com letra de Pierre Delanoë. Gilbert Bécaud foi um cantor, compositor e ator francês.

15. Carta aberta àqueles que passaram do Coletivo Mao para o Rotary Club – Parte II

(Por Guy Hocquenghem)

Os maoistas‑esquerdistas‑contestatários, cuspindo sobre o seu próprio passado, aproveitaram-se da hipocrisia nacional que foi o poder socialista. Sob o poder socialista, eles enfiaram-se sobre todos os queijos. Mais do que ninguém, enfartaram até mais não. Combinaram-se assim duas renegações : a “de ex” maio de 68 tornados conselheiros ministeriais, patrões de choque ou novos guerreiros em descanso e a do socialismo que se passou de tal modo que ficou  mais à direita que a própria direita. A vossa apostasia serviu de aguilhão à da esquerda oficial.

15. Carta aberta àqueles que passaram do Coletivo Mao para o Rotary Club – Parte II

(Por Guy Hocquenghem)

Os maoistas‑esquerdistas‑contestatários, cuspindo sobre o seu próprio passado, aproveitaram-se da hipocrisia nacional que foi o poder socialista. Sob o poder socialista, eles enfiaram-se sobre todos os queijos. Mais do que ninguém, enfartaram até mais não. Combinaram-se assim duas renegações : a “de ex” maio de 68 tornados conselheiros ministeriais, patrões de choque ou novos guerreiros em descanso e a do socialismo que se passou de tal modo que ficou  mais à direita que a própria direita. A vossa apostasia serviu de aguilhão à da esquerda oficial.

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (191)

O PORTO EM IMAGEM (32)       Conheça o projeto de reabilitação para o Pavilhão Rosa Mota      

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (191)

O PORTO EM IMAGEM (32)       Conheça o projeto de reabilitação para o Pavilhão Rosa Mota      

A GALIZA COMO TAREFAS – a outra tradição – Ernesto V. Souza

A história social no Estado espanhol é traumática no decorrer dos séculos. Frustração, repressão, incultura programada, dominação, terror, marcam a ferro o cronograma desenhado, ou improvisado, pelos poderosos no decurso dos séculos XVII até hoje. Decadência, desmoronamento da máquina imperial,

A GALIZA COMO TAREFAS – a outra tradição – Ernesto V. Souza

A história social no Estado espanhol é traumática no decorrer dos séculos. Frustração, repressão, incultura programada, dominação, terror, marcam a ferro o cronograma desenhado, ou improvisado, pelos poderosos no decurso dos séculos XVII até hoje. Decadência, desmoronamento da máquina imperial,

A SITUAÇÃO E O FUTURO DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS E DOS SEUS TRABALHADORES – por EUGÉNIO ROSA – II

   (continuação) 6. A ELEVADA DISTORÇÃO NA CONCESSÃO DO CRÉDITO SOBRE A QUAL A ATUAL ADMINISTRAÇÃO AINDA NÃO MOSTROU O QUE VAI FAZER “Esquecendo-se” que era um banco público, financiado pelos contribuintes portugueses, e que por isso tinha uma missão

A SITUAÇÃO E O FUTURO DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS E DOS SEUS TRABALHADORES – por EUGÉNIO ROSA – II

   (continuação) 6. A ELEVADA DISTORÇÃO NA CONCESSÃO DO CRÉDITO SOBRE A QUAL A ATUAL ADMINISTRAÇÃO AINDA NÃO MOSTROU O QUE VAI FAZER “Esquecendo-se” que era um banco público, financiado pelos contribuintes portugueses, e que por isso tinha uma missão

ECODEBATE – CIDADANIA & MEIO AMBIENTE – ORGANIZAÇÃO METEOROLÓGICA MUNDIAL (OMM) REGISTRA RECORDES DE CALOR EM DIFERENTES PARTES DO MUNDO

OBRIGADO À OMM E A ECODEBATE   ONU Temperaturas extremamente altas para os meses de maio e junho bateram recordes de calor na Europa, Oriente Médio, norte da África e Estados Unidos. A informação foi divulgada pela Organização Meteorológica Mundial

ECODEBATE – CIDADANIA & MEIO AMBIENTE – ORGANIZAÇÃO METEOROLÓGICA MUNDIAL (OMM) REGISTRA RECORDES DE CALOR EM DIFERENTES PARTES DO MUNDO

OBRIGADO À OMM E A ECODEBATE   ONU Temperaturas extremamente altas para os meses de maio e junho bateram recordes de calor na Europa, Oriente Médio, norte da África e Estados Unidos. A informação foi divulgada pela Organização Meteorológica Mundial

“Uma Canção Cinco Vozes…” por Lídia Maria Rocha – Guarda Che Luna

Em alguns casos haverá mais que cinco vozes. A canção “Guarda che luna” foi interpretada em dueto pelo tenor italiano Alessandro Safina com a cantora, compositora e atriz russa Tamara Gverdtsiteli, ao vivo no Olimpiyskiv Stadium em Moscovo, no ano

“Uma Canção Cinco Vozes…” por Lídia Maria Rocha – Guarda Che Luna

Em alguns casos haverá mais que cinco vozes. A canção “Guarda che luna” foi interpretada em dueto pelo tenor italiano Alessandro Safina com a cantora, compositora e atriz russa Tamara Gverdtsiteli, ao vivo no Olimpiyskiv Stadium em Moscovo, no ano

Populismo e Democracia: O populismo é “o grito de dor” da moderna democracia representativa. Ouçam-no! – 6. Sobre a polémica contra o populismo: resposta a Nadia Urbinati (2ª parte). Por John McCormick

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 6. Sobre a polémica contra o populismo: resposta a Nadia Urbinati (2ª parte) Por John McCormick   (*) Publicado por MicroMega, Il Rasoio di Occam, em 25 de setembro de 2014   (continuação) Passando

Populismo e Democracia: O populismo é “o grito de dor” da moderna democracia representativa. Ouçam-no! – 6. Sobre a polémica contra o populismo: resposta a Nadia Urbinati (2ª parte). Por John McCormick

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 6. Sobre a polémica contra o populismo: resposta a Nadia Urbinati (2ª parte) Por John McCormick   (*) Publicado por MicroMega, Il Rasoio di Occam, em 25 de setembro de 2014   (continuação) Passando

CONTOS & CRÓNICAS – CARLOS REIS – OS ARTIGOS IMPUBLICÁVEIS – O DESPUDOR DO PODER

  Alguns amigos meus, ortodoxos comunistas primários, circunspectos, desimaginativos e absurdamente convictos  –  a viver ainda nos finais do século XIX e no dealbar do século XX  –  acham que eu não sou suficientemente de Esquerda, acham mesmo alguns (de

CONTOS & CRÓNICAS – CARLOS REIS – OS ARTIGOS IMPUBLICÁVEIS – O DESPUDOR DO PODER

  Alguns amigos meus, ortodoxos comunistas primários, circunspectos, desimaginativos e absurdamente convictos  –  a viver ainda nos finais do século XIX e no dealbar do século XX  –  acham que eu não sou suficientemente de Esquerda, acham mesmo alguns (de

CARLOS REIS APRESENTA – “A PESSIMISTA” – A NÃO PERDER! – UM ESPECTÁCULO de HÉLDER MATEUS DA COSTA – QUINTA-FEIRA A SÁBADO, às 21.45, DOMINGO às 17.30 – n’A BARRACA, Largo de SANTOS, 2 – LISBOA

A não perder! “A Pessimista”, um espectáculo de Hélder Mateus Costa                                             com Teresa Mello Sampayo                                             5ª a Sábado às 21:45 e Domingo às 17:30  Informações  e reservas: 213 965 360  *   913 341 687  *  968792495  

CARLOS REIS APRESENTA – “A PESSIMISTA” – A NÃO PERDER! – UM ESPECTÁCULO de HÉLDER MATEUS DA COSTA – QUINTA-FEIRA A SÁBADO, às 21.45, DOMINGO às 17.30 – n’A BARRACA, Largo de SANTOS, 2 – LISBOA

A não perder! “A Pessimista”, um espectáculo de Hélder Mateus Costa                                             com Teresa Mello Sampayo                                             5ª a Sábado às 21:45 e Domingo às 17:30  Informações  e reservas: 213 965 360  *   913 341 687  *  968792495  

APRESENTAÇÃO de “RECORDAÇÕES DA PESCA DO BACALHAU (5 volumes)”, de VALDEMAR AVEIRO – HOJE, QUINTA-FEIRA, 20 de JULHO, às 18 horas, a bordo do GIL EANES, atracado na DOCA COMERCIAL, em VIANA DO CASTELO

Ler mais clicando em: http://www.ancora-editora.pt/index.php/autores/104-valdemar-aveiro https://aviagemdosargonautas.net/2016/01/30/apresentacao-de-recordacoes-da-pesca-do-bacalhau-4-volumes-de-valdemar-aveiro-amanha-31-de-janeiro-pelas-17-30-navio-museu-gil-eanes-doca-comercial-viana-do-castelo/ https://aviagemdosargonautas.net/2017/05/16/apresentacao-de-recordacoes-da-pesca-do-bacalhau-5-volumes-de-valdemar-aveiro-amanha-quarta-feira-17-de-maio-as-15-horas-na-escola-superior-nautica-infante-d-henriq/      

“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – Goodbye Yellow Brick Road

Sara Bareilles é uma cantora, compositora e pianista norte-americana. Esta é a sua versão da canção “Goodbye Yellow Brick Road” da autoria de Elton John (música) e Bernie Taupin (letra). Sara Bareilles interpreta este tema ao vivo em Atlanta no

“no silêncio da noite…” por Lídia Rocha – Goodbye Yellow Brick Road

Sara Bareilles é uma cantora, compositora e pianista norte-americana. Esta é a sua versão da canção “Goodbye Yellow Brick Road” da autoria de Elton John (música) e Bernie Taupin (letra). Sara Bareilles interpreta este tema ao vivo em Atlanta no

15. Carta aberta àqueles que passaram do Coletivo Mao para o Rotary Club- Prefácio de Serge Halimi; Parte I

(Prefácio à obra por Serge Halimi, 29/05/2008)

O hedonismo deu lugar ao medo, o culto “da empresa” deu lugar ao “culto” da polícia. Favorecidas pela ganância dos rendimentos e dos lucros e pelo exibicionismo mediático, novas renegações irão ocorrer. Ler Guy Hocquenghem arma-nos pois para aí responder, em conjunto,  com aqueles que sabem doravante para onde nos querem levar. 

15. Carta aberta àqueles que passaram do Coletivo Mao para o Rotary Club- Prefácio de Serge Halimi; Parte I

(Prefácio à obra por Serge Halimi, 29/05/2008)

O hedonismo deu lugar ao medo, o culto “da empresa” deu lugar ao “culto” da polícia. Favorecidas pela ganância dos rendimentos e dos lucros e pelo exibicionismo mediático, novas renegações irão ocorrer. Ler Guy Hocquenghem arma-nos pois para aí responder, em conjunto,  com aqueles que sabem doravante para onde nos querem levar. 

DIÁSPORA. SAN MARTÍN, MIRANDA Y MOGARRAZ, por Moisés Cayetano Rosado

Cuando bajas de la Peña de Francia, la oferta de pueblos por los que buscar el tiempo detenido es variada y, si no fuera por el tiempo limitado que uno se impone, daría para quedarse una larga temporada. Puestos a

DIÁSPORA. SAN MARTÍN, MIRANDA Y MOGARRAZ, por Moisés Cayetano Rosado

Cuando bajas de la Peña de Francia, la oferta de pueblos por los que buscar el tiempo detenido es variada y, si no fuera por el tiempo limitado que uno se impone, daría para quedarse una larga temporada. Puestos a

A SITUAÇÃO E O FUTURO DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS E DOS SEUS TRABALHADORES – por EUGÉNIO ROSA – I

    DESPEDIR TRABALHADORES, FECHAR AGÊNCIAS, VENDER ATIVOS, E TRANSFORMAR A CGD NUMA “Caixinha”: Será este o plano da administração de Paulo Macedo para a Caixa Geral de Depósitos? A situação atual e o que se está a passar na

A SITUAÇÃO E O FUTURO DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS E DOS SEUS TRABALHADORES – por EUGÉNIO ROSA – I

    DESPEDIR TRABALHADORES, FECHAR AGÊNCIAS, VENDER ATIVOS, E TRANSFORMAR A CGD NUMA “Caixinha”: Será este o plano da administração de Paulo Macedo para a Caixa Geral de Depósitos? A situação atual e o que se está a passar na