PIENSA Y ACTÚA – BASTA JÁ! A ESQUERDA DIZ NÃO AO PROCESSO INDEPENDENTISTA, por ARMANDO FERNÁNDEZ STEINKO – selecção e tradução de FRANCISCO TAVARES

¡Basta ya!: La izquierda dice NO al procés 7 Armando Fernández Steinko Piensa y Actúa, 20 de Setembro de 2017 A esquerda nacionalista, mas também uma parte da esquerda do conjunto de Espanha, juntaram-se ao roteiro desenhado pelo independentismo catalão.

PIENSA Y ACTÚA – BASTA JÁ! A ESQUERDA DIZ NÃO AO PROCESSO INDEPENDENTISTA, por ARMANDO FERNÁNDEZ STEINKO – selecção e tradução de FRANCISCO TAVARES

¡Basta ya!: La izquierda dice NO al procés 7 Armando Fernández Steinko Piensa y Actúa, 20 de Setembro de 2017 A esquerda nacionalista, mas também uma parte da esquerda do conjunto de Espanha, juntaram-se ao roteiro desenhado pelo independentismo catalão.

SINAIS DE FOGO – LIVRE E INSUBMISSO – por Soares Novais

  Há um miúdo que acaba de entrar na história da Universidade do Minho (UM): Pedro Cruz. Por via da média de 19,88  valores com que garantiu o acesso. Pedro foi o aluno com a nota mais alta a entrar

SINAIS DE FOGO – LIVRE E INSUBMISSO – por Soares Novais

  Há um miúdo que acaba de entrar na história da Universidade do Minho (UM): Pedro Cruz. Por via da média de 19,88  valores com que garantiu o acesso. Pedro foi o aluno com a nota mais alta a entrar

FRATERNIZAR – D. António Francisco dos Santos, Bispo do Porto – A QUE SE DEVE A SUA MORTE REPENTINA? por MÁRIO DE OLIVEIRA

  11 de Setembro 2017, 9,30 horas da manhã. O bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos, morre repentinamente. Chamado o INEM ao paço episcopal, de nada valeu. O seu coração parou sem apelo nem agravo, conta ele 69

FRATERNIZAR – D. António Francisco dos Santos, Bispo do Porto – A QUE SE DEVE A SUA MORTE REPENTINA? por MÁRIO DE OLIVEIRA

  11 de Setembro 2017, 9,30 horas da manhã. O bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos, morre repentinamente. Chamado o INEM ao paço episcopal, de nada valeu. O seu coração parou sem apelo nem agravo, conta ele 69

Música ao Romper da Aurora – Donna non vidi mai

“Donna non vidi mai” é uma das árias da ópera em quatro atos “Manon Lescaut”, de Giacomo Puccini, com libreto em italiano baseado no romance do escritor francês, Abade Prévost, “L’Histoire du Chevalier des Grieux et de Manon Lescaut”. Estreou-se

Música ao Romper da Aurora – Donna non vidi mai

“Donna non vidi mai” é uma das árias da ópera em quatro atos “Manon Lescaut”, de Giacomo Puccini, com libreto em italiano baseado no romance do escritor francês, Abade Prévost, “L’Histoire du Chevalier des Grieux et de Manon Lescaut”. Estreou-se

GUERRA DOS CRUZEIROS, por CÉSAR PRÍNCIPE

A Restauração da Independência Portuguesa bastante deve à rebelião catalã/Guerra dos Ceifeiros/Segadors (1640-1652). O poder de Castela foi obrigado a dispersar forças e não suportaria duas frentes prolongadas e activas, além de se haver exaurido na Guerra dos Trinta Anos.

GUERRA DOS CRUZEIROS, por CÉSAR PRÍNCIPE

A Restauração da Independência Portuguesa bastante deve à rebelião catalã/Guerra dos Ceifeiros/Segadors (1640-1652). O poder de Castela foi obrigado a dispersar forças e não suportaria duas frentes prolongadas e activas, além de se haver exaurido na Guerra dos Trinta Anos.

CONTRA VENTOS E MARÉS por Luísa Lobão Moniz

Durante o violento tremor de terra, no México, nasceu um bebé, na rua. A mãe estava no hospital, mas por questões de segurança teve que abandonar o prédio. Debaixo dos escombros provocados pela queda de vários prédios, durante o tremor

CONTRA VENTOS E MARÉS por Luísa Lobão Moniz

Durante o violento tremor de terra, no México, nasceu um bebé, na rua. A mãe estava no hospital, mas por questões de segurança teve que abandonar o prédio. Debaixo dos escombros provocados pela queda de vários prédios, durante o tremor

SOMEWHERE OVER THE RAINBOW, de HAROLD ARLEN e YIP HARBURG, por KEITH JARRETT – A interpretação de JUDY GARLAND

              Obrigado a Pianoman PT e ao Youtube Para ler mais sobre a canção Somewhere Over The Rainbow clique em: https://en.wikipedia.org/wiki/Over_the_Rainbow E oiça Judy Garland cantar, no filme de 1939, O Feiticeiro de Oz:

SOMEWHERE OVER THE RAINBOW, de HAROLD ARLEN e YIP HARBURG, por KEITH JARRETT – A interpretação de JUDY GARLAND

              Obrigado a Pianoman PT e ao Youtube Para ler mais sobre a canção Somewhere Over The Rainbow clique em: https://en.wikipedia.org/wiki/Over_the_Rainbow E oiça Judy Garland cantar, no filme de 1939, O Feiticeiro de Oz:

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (105)

OLHAS-ME COM AQUELE OLHAR  – – Olhas-me com aquele olhar Triste, penetrante, acedente Por cima do teu ombro direito. Devolvo-to, firme Sem pestanejar Olho-te de frente Com um olhar desfeito Sabendo como é difícil Voltares a sonhar. – – Dá-me

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (105)

OLHAS-ME COM AQUELE OLHAR  – – Olhas-me com aquele olhar Triste, penetrante, acedente Por cima do teu ombro direito. Devolvo-to, firme Sem pestanejar Olho-te de frente Com um olhar desfeito Sabendo como é difícil Voltares a sonhar. – – Dá-me