FRATERNIZAR – Os 5 novos diáconos de Bragança em reportagem SIC – O QUE PRETENDE ESCONDER D. JOSÉ CORDEIRO? – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  A minha surpresa é total. O Jornal da Noite de domingo 10 de Dezembro, da SIC, antes de “A Opinião que conta”, sem nada de relevante para contar, a não ser a morte lenta do PPD-PSD, impinge-nos, sem mais

FRATERNIZAR – Os 5 novos diáconos de Bragança em reportagem SIC – O QUE PRETENDE ESCONDER D. JOSÉ CORDEIRO? – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  A minha surpresa é total. O Jornal da Noite de domingo 10 de Dezembro, da SIC, antes de “A Opinião que conta”, sem nada de relevante para contar, a não ser a morte lenta do PPD-PSD, impinge-nos, sem mais

Dos conhecimentos básicos em finança à opacidade e complexidade do mundo financeirizado – Uma exposição e uma análise crítica. Parte III – A finança ao serviço da sociedade e não a sociedade ao serviço da finança – 3. Investir não é andar a apostar (10ª parte). Por Finance Watch

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte III – A finança ao serviço da sociedade e não a sociedade ao serviço da finança. 3. Investir não é andar a apostar (10ª parte) Colocando os mercados financeiros ao serviço da

Dos conhecimentos básicos em finança à opacidade e complexidade do mundo financeirizado – Uma exposição e uma análise crítica. Parte III – A finança ao serviço da sociedade e não a sociedade ao serviço da finança – 3. Investir não é andar a apostar (10ª parte). Por Finance Watch

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte III – A finança ao serviço da sociedade e não a sociedade ao serviço da finança. 3. Investir não é andar a apostar (10ª parte) Colocando os mercados financeiros ao serviço da

Música ao Romper da Aurora – Vaga No Azul Amplo Solta

Ana Moura e Patxi Andión interpretam em dueto a composição “Vaga No Azul Amplo Solta”, com letra de Fernando Pessoa e música de Patxi Andión. São acompanhados por Custódio Castelo na guitarra portuguesa, Jorge Fernando na viola e Filipe Lersen

Música ao Romper da Aurora – Vaga No Azul Amplo Solta

Ana Moura e Patxi Andión interpretam em dueto a composição “Vaga No Azul Amplo Solta”, com letra de Fernando Pessoa e música de Patxi Andión. São acompanhados por Custódio Castelo na guitarra portuguesa, Jorge Fernando na viola e Filipe Lersen

A BARRACA – HÉLDER MATEUS DA COSTA – ENCONTRO IMAGINÁRIO – debate entre personagens marcantes da história universal – LUÍS I, GEORGE WASHINGTON e JOAQUIM TELES JORDÃO – com a participação da sociedade civil – ATENÇÃO!!!! ÚLTIMO ENCONTRO DE 2017! – AMANHÃ, SEGUNDA-FEIRA, 18 de DEZEMBRO, às 21.30.

ATENÇÃO !!!! ÚLTIMO ENCONTRO DE 2017! Um balanço das lutas entre liberais e miguelistas, a Monarquia Constitucional e o nascimento das Estados Unidos da América. ULTIMAS RESERVAS Luís I (Lisboa, 31 de outubro de 1838 – Cascais, 19 de outubro

A BARRACA – HÉLDER MATEUS DA COSTA – ENCONTRO IMAGINÁRIO – debate entre personagens marcantes da história universal – LUÍS I, GEORGE WASHINGTON e JOAQUIM TELES JORDÃO – com a participação da sociedade civil – ATENÇÃO!!!! ÚLTIMO ENCONTRO DE 2017! – AMANHÃ, SEGUNDA-FEIRA, 18 de DEZEMBRO, às 21.30.

ATENÇÃO !!!! ÚLTIMO ENCONTRO DE 2017! Um balanço das lutas entre liberais e miguelistas, a Monarquia Constitucional e o nascimento das Estados Unidos da América. ULTIMAS RESERVAS Luís I (Lisboa, 31 de outubro de 1838 – Cascais, 19 de outubro

UMAR – LANÇAMENTO de AGENDA FEMINISTA 2018 – AMANHÃ, SEGUNDA-FEIRA, 18 de DEZEMBRO, às 18.30, no CCIF – CENTRO DE CULTURA E INTERVENÇÃO FEMINISTA

Na próxima 2.ª feira 18 de Dezembro, lançaremos no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) a Agenda Feminista 2018 da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, com um debate com algumas das jovens autoras que participaram na

UMAR – LANÇAMENTO de AGENDA FEMINISTA 2018 – AMANHÃ, SEGUNDA-FEIRA, 18 de DEZEMBRO, às 18.30, no CCIF – CENTRO DE CULTURA E INTERVENÇÃO FEMINISTA

Na próxima 2.ª feira 18 de Dezembro, lançaremos no Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) a Agenda Feminista 2018 da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta, com um debate com algumas das jovens autoras que participaram na

AJHLP – FEIRA DO LIVRO – EXPOSIÇÃO-VENDA – Rua RODRIGUES SAMPAIO, 140 – até 23 de DEZEMBRO – no PORTO

EXPOSIÇÃO-VENDA na AJHLP até 23 Dezembro 2017 (09h00m-12h00m e 14h00m-17h30m) livros ** manuscritos ** obras autografadas ** xilogravuras ** fotopoemas // Rua Rodrigues Sampaio, 140, Porto (à Praça D. João I) //

AJHLP – FEIRA DO LIVRO – EXPOSIÇÃO-VENDA – Rua RODRIGUES SAMPAIO, 140 – até 23 de DEZEMBRO – no PORTO

EXPOSIÇÃO-VENDA na AJHLP até 23 Dezembro 2017 (09h00m-12h00m e 14h00m-17h30m) livros ** manuscritos ** obras autografadas ** xilogravuras ** fotopoemas // Rua Rodrigues Sampaio, 140, Porto (à Praça D. João I) //

UM ANO DE ATAQUES CONTRA AS UNIVERSIDADES PÚBLICAS BRASILEIRAS, por RICARDO MARCELO FONSECA, reitor da UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ – enviado por CAMILO JOSEPH

OBRIGADO A RICARDO MARCELO FONSECA, MARCOS A. PIMENTA E CAMILO JOSEPH  6 de dezembro de 2017 – 20h04 Há quase um ano, no dia 9 de dezembro de 2016, a polícia federal irrompeu na UFRGS, em vista de uma suspeita

UM ANO DE ATAQUES CONTRA AS UNIVERSIDADES PÚBLICAS BRASILEIRAS, por RICARDO MARCELO FONSECA, reitor da UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ – enviado por CAMILO JOSEPH

OBRIGADO A RICARDO MARCELO FONSECA, MARCOS A. PIMENTA E CAMILO JOSEPH  6 de dezembro de 2017 – 20h04 Há quase um ano, no dia 9 de dezembro de 2016, a polícia federal irrompeu na UFRGS, em vista de uma suspeita

ESTÁ A CHEGAR O NATAL por Luísa Lobão Moniz

Está a chegar o dia de Natal e com ele uma grande angústia para muitas pessoas. Há quem teime interiormente viver no passado e nesta época faltam-lhe algumas pessoas que foram importantes para as suas vidas ou para o seu

ESTÁ A CHEGAR O NATAL por Luísa Lobão Moniz

Está a chegar o dia de Natal e com ele uma grande angústia para muitas pessoas. Há quem teime interiormente viver no passado e nesta época faltam-lhe algumas pessoas que foram importantes para as suas vidas ou para o seu

(SITTING ON) THE DOCK OF THE BAY, por OTTIS REDDING, que também compôs, em conjunto com STEVE CROPPER.

                  Obrigado a John Rankin e ao youtube Domingo passado, 10 de Dezembro, completaram-se cinquenta anos sobre a morte de Otis Redding, num desastre de avião. Para lerem sobre The Dock of

(SITTING ON) THE DOCK OF THE BAY, por OTTIS REDDING, que também compôs, em conjunto com STEVE CROPPER.

                  Obrigado a John Rankin e ao youtube Domingo passado, 10 de Dezembro, completaram-se cinquenta anos sobre a morte de Otis Redding, num desastre de avião. Para lerem sobre The Dock of

Dos conhecimentos básicos em finança à opacidade e complexidade do mundo financeirizado – Uma exposição e uma análise crítica. Parte III – A finança ao serviço da sociedade e não a sociedade ao serviço da finança – 3. Investir não é andar a apostar (9ª parte). Por Finance Watch

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte III – A finança ao serviço da sociedade e não a sociedade ao serviço da finança. 3. Investir não é andar a apostar (9ª parte) Colocando os mercados financeiros ao serviço da

Dos conhecimentos básicos em finança à opacidade e complexidade do mundo financeirizado – Uma exposição e uma análise crítica. Parte III – A finança ao serviço da sociedade e não a sociedade ao serviço da finança – 3. Investir não é andar a apostar (9ª parte). Por Finance Watch

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Parte III – A finança ao serviço da sociedade e não a sociedade ao serviço da finança. 3. Investir não é andar a apostar (9ª parte) Colocando os mercados financeiros ao serviço da

Música ao Romper da Aurora – Why Do I Love You So

“Why Do I Love You So” é uma canção de Johnny Tillotson, um cantor e compositor norte-americano. O auge da sua popularidade foi na década de 1960. Este composição faz parte do álbum “This Is Johnny Tillotson”, editado em 1960.

Música ao Romper da Aurora – Why Do I Love You So

“Why Do I Love You So” é uma canção de Johnny Tillotson, um cantor e compositor norte-americano. O auge da sua popularidade foi na década de 1960. Este composição faz parte do álbum “This Is Johnny Tillotson”, editado em 1960.