MUSEU DA MÚSICA – HELENA VASQUES DE CARVALHO – RECITAL DE PIANO

museu da música
Helena_Vasques_de_carvalhoHelena Vasques de Carvalho, pianista, estará no Museu da Música para um recital de piano onde interpretará composições de Beethoven, Chopin e Debussy. O bilhete para visitar o museu dá acesso ao recital.

Helena Vasques de Carvalho finalizou o curso de Piano no Conservatório Nacional de Lisboa, como aluna da professora Angeles Presutto da Gama. Posteriormente ganhou uma bolsa em concurso internacional da University of Tennessee (EUA), para frequentar o programa de Master of Music em Piano Performance. Estes estudos foram inseridos no programa Fullbright.

Frequentou cursos de aperfeiçoamento pianístico com Claude Helffer, Françoise Buquet, Helena Sá e Costa, Maria João Pires, Trio ProArte, Caio Pagano e Aquiles Delle Vigne.

Tem desenvolvido atividade artística com concertos de musica de câmara em Portugal com os mais diversos artistas residentes, nomeadamente no Museu Gulbenkian, Palácio de Nacional de Queluz, Centro Cultural de Belém, Palácio Foz e em diversas localidades do país (Santarém, Évora, Covilhã, Sesimbra, Seia, Guarda, Porto, Europarque). Em 1996 fundou o duo Artis com o violinista Luís Cunha e o DuoAquarius de música contemporânea, em 2005, com o flautista António Carrilho.

Colaboradora, como pianista, com a Orquestra Sinfónica Nacional e Orquestra Gulbenkian desde 1993 tocou em obras que marcaram momentos importantes da vida cultural portuguesa, como o “Corvo Branco”de Phillip Glass, obra de encerramento da Expo-98, ou a ópera de Pinho Vargas “Os dias levantados” em comemoração de aniversário do 25 de Abril. Desde 1995 que participa nos Encontros de Musica Contemporânea da Fundação Calouste Gulbenkian.

Leccionou no ensino superior artístico e presentemente lidera o projeto de ensino artístico, em Lisboa, da Academia de Musica da Graça. É doutoranda no ISCTE-IUL, em Sociologia da Arte.

Uma das suas gravações integra o CD comemorativo de Lopes-Graça, em duo com o violinista David Wahnon. Esta gravação foi unanimamente considerada excecional.

PROGRAMA:

Ludwig van Beethoven (1770-1827)
– Sonata op. 109 (Vivace – Presto – Andante)

Frédéric Chopin (1810-1849)
– Etudes op. 25 n.º 1, 2, 12 e op. 10 n.º 4

Claude Debussy (1862-1918)
– Etude VII – pour les degrées cromatiques
– Etude XI – pour les arpéges composées
– Prelude XI – La danse de Puck

Frédéric Chopin (1810-1849)
– Balada n.º 1 op. 23

Leave a Reply