TAVIRA HOMENAGEIA SÉRGIO MESTRE COM FESTIVAL DE MÚSICA por Clara Castilho – 8 de JUNHO.

Vai realizar-se em Tavira o Festival Sérgio Mestre, no dia 14 de Junho. Na sua página (http://festivalsergiomestre.com/) ficamos a saber que é um espaço de divulgação da música e dos artistas lusófonos que trabalham e inovam as suas sonoridades tradicionais e, simultaneamente, um palco de (re)encontro de culturas e de cruzamentos artísticos.

Há lugar para a música, dança, artes plásticas, cinema documental, culinária, artesanato e muito mais. Decorre em diversos espaços no centro histórico de Tavira, com programação ao longo do dia, convidando os visitantes a passear pela cidade e a usufruir dos espaços de uma forma diferente. Para além dos concertos, as oficinas temáticas têm um lugar especial como veículo de transmissão e diálogo entre culturas e criação de públicos.

folder

O Festival adopta, em homenagem a Sérgio Mestre, o seu nome, que com o seu conhecimento e forma de ser, marcou várias gerações de músicos tavirenses, impulsionando-os, motivando-os, desafiando-os.

Sérgio Martinho Mestre era para os amigos só o “Serginho”. Foi aos 14 anos que o pai lhe ofereceu a primeira guitarra. De uma forma autodidacta foi aprendendo música até encontrar o músico Telmo Palma que o ajudou a tornar-se profissional.

Ainda no tempo da ida obrigatória para a tropa e o combate nas “colónias”, autoexilou-se na Holanda onde aprofundou seus estudos. Depois de 25 de Abril trabalhou com Adriano Correia de Oliveira e José Afonso até aos seus desaparecimentos. Apresentou a a música portuguesa destes autores e outros por algumas ex-colónias como Angola, Moçambique, Cabo-Verde, Macau e Goa. Alemanha e Brasil fazem também parte deste percurso. Também colaborou com Vitorino, Pedro Barroso, Fausto ou Janita Salomé

Os organizadores elogiam o apoio que sempre deu aos jovens músicos. Concluem: “No dia 3 de Outubro de 2003 Sérgio Martinho Mestre quase conseguiu aquilo que tantas vezes disse: “eu quero morrer em palco”. Sente-se mal a meio de um espectáculo em Lisboa, termina-o e acaba por falecer de madrugada no hospital com um acidente cardíaco”.

Na sua programação conta-se com :

Concerto em Família pela Música na Infância
10h00 – bebés dos 0 aos 2 anos |11h00 – crianças dos 3 aos 5 anos
Castelo de Tavira. Duração: 40 min. aprox. (cada sessão) | inscrição obrigatória | gratuito

Documentário “MUDAR DE VIDA, José Mário Branco, vida e obra”
Realização: Pedro Fidalgo e Nelson Guerreiro, 2013. 15h00 | Clube de Tavira
Duração: 2h  aprox. | reserva opcional | gratuito

Feira de artesanato pela Associação Min-Arifa
a partir das 15h | Centro Histórico | gratuito

Demonstração Culinária por Jorge Rodrigues, Chef  n’ O Convento restaurante mediterrânico & wine bar . 16h00 | Palácio da Galeria. Duração: 1h45 aprox. | inscrição obrigatória | gratuito

Oficina de danças tradicionais por Laura Pereira
18h00 | Palco Castelo. Duração: 1h aprox. | inscrição obrigatória | gratuito

CONCERTOS

Fado por Teresa Viola, com Virgílio Lança (viola) e Miguel Drago (guitarra portuguesa) – 18h00 | Palco Fado | gratuito

BAMbu – 20h30 | Palco Telmo Marroquino | necessário bilhete

Zé Francisco e Orquestra Azul – 22h00 | Palco Sérgio Mestre | necessário bilhete

Sara Tavares – 23h30 | Palco Sérgio Mestre | necessário bilhete

 

 

 

Leave a Reply