II CONGRESSO INTERNACIONAL DE HISTÓRIA DO MOVIMENTO OPERÁRIO E DOS MOVIMENTOS SOCIAIS EM PORTUGAL, DIAS 7 E 8 DE ABRIL, FAC. CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS – UNIV.NOVA DE LISBOA

Dias 7 e 8 de Abril realiza-se na FCSH o II Congresso Internacional de História do Movimento Operário e dos Movimentos Sociais em Portugal. Todas as sessões são abertas ao público em geral. Organização. IHC – Grupo de História Global do Trabalho e dos Conflitos Sociais, e Dinâmica, ISCTE.

a209f08b52e3f3d46c95495861119657_M

 Tendo em vista o aprofundamento do estudo, debate e divulgação da história do trabalho, categoria central de análise na compreensão das sociedades humanas, do movimento operário e dos movimentos e conflitos sociais do Portugal Contemporâneo (séculos XIX e XX), irá realizar-se a segunda edição do Congresso de História do Movimento Operário e dos Movimentos Sociais em Portugal, 6 e 7 de Abril de 2015, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas-Universidade Nova de Lisboa, em Lisboa.

Este congresso pretende abranger o estudo do trabalho e dos movimentos sociais num sentido amplo. Serão acolhidos trabalhos de investigadores de todas as áreas das ciências sociais, privilegiando-se uma abordagem interdisciplinar que mantenha a componente histórica como essencial no desenvolvimento das investigações, bem como a integração nestes estudos das principais discussões teóricas e debates da historiografia e das ciências sociais contemporâneos. Nesse sentido serão também recebidos trabalhos que versem sobre a historiografia e teoria da história e análise dos conflitos sociais e da história do movimento operário e dos movimentos sociais.

O congresso será realizado em parceria com diversas instituições nacionais, como arquivos, museus, outras instituições culturais e autárquicas e versará sobre os seguintes temas:

História do Trabalho (trabalho colonial, feminino, infantil, doméstico, trabalho migrante); História do Movimento Operário (organizações políticas, sindicais, greves e conflitos sociais e culturas operárias); Movimentos Sociais; Formas contemporâneas de trabalho e relações industriais; Usos da Memória; Cinema, Literatura, Teatro e Artes Plásticas; Cidades, Espaço e Trabalho; História monográfica e regional.

Compreendendo a necessidade de estreitar a ligação entre o mundo académico, os arquivos do trabalho e dos movimentos populares e os museus do trabalho do país, o colóquio terá painéis dedicados aos arquivos e museus de história do trabalho.

Coordenação:
Raquel Varela (IISH, IHC FCSH-UNL), Paula Godinho (IHC), Paulo Marques Alves (DINAMIA’CET-IUL).

Organização:
Cátia Teixeira (IHC), Joana Alcântara (IHC), Ana Rajado (IHC).

Conselho consultivo:
Álvaro Garrido, António Ventura, Fátima Sá, Fernando Oliveira Baptista, Fernando Rosas, Isabel Victor, João Madeira, José Manuel Lopes Cordeiro, José Virgílio Borges Pereira, Luís Espinha da Silveira, Maria João Raminhos Duarte, Maria da Paz Campos Lima, Paula Godinho, Paulo Marques Alves, Raquel Varela, Sónia Sofia Ferreira, Fátima Sá, Miguel Cardina.

Leave a Reply