Pentacórdio para Segunda-feira 4 de Fevereiro

por Rui Oliveira

 

 

 

   Esta Segunda-feira 4 de Fevereiro, como já vem sendo hábito, não abunda em múltiplos acontecimentos culturais novos mas alguns ainda são de assinalar.

 

RCO

   A abrir, sem qualquer dúvida, colocaríamos a vinda ao Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, às 21h, da Royal Concertgebouw Orchestra – considerada “Melhor Orquestra Mundial” em 2008 pela Gramophone  dirigida por Mariss Jansons (foto esq.), a qual no Concerto será acompanhada pelo violinista grego Leonidas Kavakos (foto dir.).

mariss jansons - Copyleonidas kavakos 1   Como nota curiosa, no ano em que completa 125 anos de existência, a Orquestra Real do Concertgebouw com sede em Amesterdão planeou uma digressão que a levará a percorrer cinco continentes, sendo a primeira orquestra do mundo a fazê-lo no decorrer de um único ano (e incluiu nela a Fundação Calouste Gulbenkian), que culminará num gigantesco concerto gratuito ao ar livre em São Paulo (Brasil).

   No repertório que cuidadosamente preparou para as comemorações desta efeméride nos 48 concertos que fará em 30 cidades, a Orquestra incluiu composições que marcaram a sua história, proporcionando aos ouvintes escutar e sentir os segredos mais íntimos da sua música e da sua história. Além dos concertos, estão previstas masterclasses e outras acções formativas, como abaixo se verá em Lisboa.

   Do programa do concerto constam :

      Béla Bartók  Concerto para Violino e Orquestra nº 2, Sz. 112

      Piotr Ilitch Tchaikovsky  Sinfonia nº 5, op. 64

   Existe este registo do Concerto de Bela Bartók tocado pela Orquestra dirigida por Mariss Jansons em 2007 (Amsterdão), em que o violinista é Gidon Kremer :

 

   Quem pretender ouvir a mesma peça também pela Royal Concertgebouw Orchestra, agora dirigida por Iván Fischer em 2006 mas tendo Leonidas Kavakos como violinista, clique aqui http://youtu.be/xwp6O0iJEYk

 

 

MusicLanguageHeartSoul   Nesta mesma Segunda 4 de Fevereiro e ainda na Fundação Gulbenkian mas no Auditório 3, às 19h, há, como actividade associada ao concerto da noite, uma conferência intitulada “Royal Concertgebouw Orchestra 125 years: the method of excellency” proferida por Joel Ethan Fried, seu director artístico.

   A entrada é livre.

   Finda a palestra será exibido o filme (em inglês) Music is the language of heart and soul — A portrait of Mariss Jansons” retratando a figura do actual maestro da Royal Concertgebouw Orchestra, sendo o acesso igualmente livre.

 

 

Sacha Waltz & Guests   No âmbito do concerto coreográfico gefaltet de Sasha Waltz & Guests, no dia 10 de Fevereiro no Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, o Goethe-Institut apresenta em colaboração com a Fundação Calouste Gulbenkian e a companhia Sasha Waltz & Guests entre os dias 4 e 10 de Fevereiro o programa Sasha Waltz & Guests em Lisboa, dedicado à obra de uma das mais importantes coreógrafas alemãs, que compreende um ciclo de filmes, um workshop para bailarinos e um encontro com artistas.

DVD-GartenderLueste   Aquele Ciclo de Filmes, que é acompanhado por cartazes da companhia “Sasha Waltz & Guests” no Foyer do Goethe-Institut, começa nesta Segunda-feira 4 de Fevereiro com a projecção, às 19h, do filme “Garten der Lüste – Die Choreographin Sasha Waltz” (Alemanha, 2008) de Brigitte Kramer, um DVD legendado em inglês.

   Trata-se dum retrato cinematográfico da coreógrafa Sasha Waltz que acompanha o percurso do seu trabalho entre 1992 e 2007.

   Nos dias seguintes (5 a 8) sucedem-se os filmes “Körper – Triologie (Uma trilogia sobre o corpo humano) (I) Körper, (II) S, (III) noBody”, “Dido & Aeneas”, “Dialog 09 – Neues Museum” e “Allee der Kosmonauten”.

( Ver programa completo emhttp://www.goethe.de/ins/pt/lis/kue/tanz/pt10449790v.htm )

 

illegal-d-olivier-masset-depasse-4464591mbnwkIllegal   No Institut Français de Portugal prossegue nesta Segunda-feira 4 de Fevereiro o seu Ciclo “Grande Crise, Pequenos Remédios” com a exibição, às 19h, do filme “Illégal (França/Bélgica/Luxemburgo, 2010) de Olivier Masset-Depasse, interpretado por Anne Coesens, Essé Lawson e Christelle Cornil, entre outros, que pretende analisar (e denunciar) a situação dos imigrantes integrados mas … “sem papéis”.

   Sinopse : Tania e o filho Ivan, de 14 anos, são cidadãos russos e vivem ilegalmente na Bélgica há oito anos. Constantemente em alerta, Tania teme controlos policiais, até ao dia em que é presa. Mãe e filho são separados. Tania é colocada num centro de retenção. Ela vai fazer todo o possível para encontrar o seu filho, mas não vai escapar da ameaça de deportação.

   É este o seu filme-anúncio :

 

 

encontros43   No bar de “A Barraca” (no teatro Cinearte) há nesta Segunda-feira 4 de Fevereiro a celebração do 2º aniversário dos “Encontros Imaginários”, escritos e moderados por Helder Costa.

   Vai pretender-se repetir o 1º Encontro Imaginário de 7 de Fevereiro de 2011 em que actuaram João d’Ávila, Vânia Maia e Sérgio Moura Afonso. Desta vez as figuras Imaginárias seram representadas por personalidades da sociedade portuguesa para tal convidadas.

   Assim HUMBERTO DELGADO é Otelo Saraiva de Carvalho, major que chefiou a Revolução de Abril de 1974, SOROR MARIANA será Iva Delgado, presidente da Fundação Humberto Delgado, enquanto SALAZAR será corporizado por Miguel Real, escritor e cronista do “Jornal de letras – JL”.

       3-HUMBERTO-DELGADO-Panfletos-jornais-revistas-fotografias-PROCURO-Livros-Revistas - Copy?????????????????????????????????  9 soror mariana12 iva delgado43630  5 salazar 16 Miguel Real 1

 

(para as razões desta nova forma de Agenda ler aqui ; consultar a agenda de Sábado aqui)

 

 

1 Comment

Leave a Reply