Category Archives: Geral

Ano de 2019, ano de eleições europeias. Parte I – Grandes planos sobre uma União Europeia em decomposição. 10º Texto: A Europa sob Merkel IV: o Balanço da Impotência – Parte C

(Wolfgang Streeck, Verão de 2018)

Não só a Itália em relação à Alemanha e à França, mas também a Alemanha e a França em relação uma à outra, retiram hoje uma força externa da  sua fraqueza interna. A arma mais poderosa de Macron é o medo alemão de que, no final do seu mandato, o seu populismo centrista possa ser ultrapassado pelo populismo da esquerda ou da direita, ou de ambas, acabando ele tão demolido como Renzi. Merkel, por seu lado, pode defender-se das exigências francesas apontando para uma nova política interna, atando as mãos e tornando as promessas alemãs anteriores irrecuperáveis.

Ano de 2019, ano de eleições europeias. Parte I – Grandes planos sobre uma União Europeia em decomposição. 10º Texto: A Europa sob Merkel IV: o Balanço da Impotência – Parte C

(Wolfgang Streeck, Verão de 2018)

Não só a Itália em relação à Alemanha e à França, mas também a Alemanha e a França em relação uma à outra, retiram hoje uma força externa da  sua fraqueza interna. A arma mais poderosa de Macron é o medo alemão de que, no final do seu mandato, o seu populismo centrista possa ser ultrapassado pelo populismo da esquerda ou da direita, ou de ambas, acabando ele tão demolido como Renzi. Merkel, por seu lado, pode defender-se das exigências francesas apontando para uma nova política interna, atando as mãos e tornando as promessas alemãs anteriores irrecuperáveis.

Ainda sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos – “Washington pode pôr um fim ao modelo económico de Hong Kong a qualquer momento”. Por Ambrose Evans Pritchard

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota ________________________________ Acabámos de editar uma pequena série de textos sob o tema Sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos. Em sequência publicámos

Ainda sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos – “Washington pode pôr um fim ao modelo económico de Hong Kong a qualquer momento”. Por Ambrose Evans Pritchard

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota ________________________________ Acabámos de editar uma pequena série de textos sob o tema Sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos. Em sequência publicámos

Ainda sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos – “O Livro Branco da China sobre as Conversações Económicas e Comerciais com os EUA” (2ª parte-conclusão)

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota ________________________________ Acabámos de editar uma pequena série de textos sob o tema Sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos. Em sequência publicámos

Ainda sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos – “O Livro Branco da China sobre as Conversações Económicas e Comerciais com os EUA” (2ª parte-conclusão)

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota ________________________________ Acabámos de editar uma pequena série de textos sob o tema Sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos. Em sequência publicámos

Ano de 2019, ano de eleições europeias. Parte I – Grandes planos sobre uma União Europeia em decomposição. 10º Texto: A Europa sob Merkel IV: o Balanço da Impotência – Parte B

(Wolfgang Streeck, Verão de 2018)

Para a Alemanha, em particular, o colapso do euro pode significar o fim da bonança económica que Merkel defendeu com unhas e dentes em nome da “ideia europeia”.  Se a Itália pudesse criar a impressão de que está politicamente preparada para explodir, levando consigo o resto da zona do euro, aumentaria enormemente o seu poder de negociação europeu, assegurando assim a continuidade do financiamento estatal através do BCE e um resgate euro-alemão do seu setor bancário praticamente de graça.

Ano de 2019, ano de eleições europeias. Parte I – Grandes planos sobre uma União Europeia em decomposição. 10º Texto: A Europa sob Merkel IV: o Balanço da Impotência – Parte B

(Wolfgang Streeck, Verão de 2018)

Para a Alemanha, em particular, o colapso do euro pode significar o fim da bonança económica que Merkel defendeu com unhas e dentes em nome da “ideia europeia”.  Se a Itália pudesse criar a impressão de que está politicamente preparada para explodir, levando consigo o resto da zona do euro, aumentaria enormemente o seu poder de negociação europeu, assegurando assim a continuidade do financiamento estatal através do BCE e um resgate euro-alemão do seu setor bancário praticamente de graça.

Ainda sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos – “O Livro Branco da China sobre as Conversações Económicas e Comerciais com os EUA” (1ª parte)

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota ________________________________ Acabámos de editar uma pequena série de textos sob o tema Sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos. Em sequência publicámos

Ainda sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos – “O Livro Branco da China sobre as Conversações Económicas e Comerciais com os EUA” (1ª parte)

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota ________________________________ Acabámos de editar uma pequena série de textos sob o tema Sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos. Em sequência publicámos

Ainda sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos – “O iminente conflito de 100 anos entre os EUA e a China”, por Martin Wolf

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota ________________________________ Acabámos de editar uma pequena série de textos sob o tema Sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos. Em sequência publicámos

Ainda sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos – “O iminente conflito de 100 anos entre os EUA e a China”, por Martin Wolf

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota ________________________________ Acabámos de editar uma pequena série de textos sob o tema Sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos. Em sequência publicámos

Atividades no Hot Clube de 16 a 20 de Julho 2019

Hot Clube – Praça da Alegria 48 Dia 16 de Julho JAM SESSION COM ALEXANDRE FRAZÃO As jam session de 3ª feira contam com um músico convidado que lidera a sessão.Este mês teremos como convidado o baterista Alexandre Frazão. A sessão

Atividades no Hot Clube de 16 a 20 de Julho 2019

Hot Clube – Praça da Alegria 48 Dia 16 de Julho JAM SESSION COM ALEXANDRE FRAZÃO As jam session de 3ª feira contam com um músico convidado que lidera a sessão.Este mês teremos como convidado o baterista Alexandre Frazão. A sessão

TZVETAN TODOROV por Luísa Lobão Moniz

Tzvetan Todorov (1990), em “A Conquista da América“, reconhece que “… nada se torna mais aflitivo do que ver-se a História repetir-se – sobretudo quando se trata da história de uma destruição.” As sociedades não são estáticas, mas sim dinâmicas,

TZVETAN TODOROV por Luísa Lobão Moniz

Tzvetan Todorov (1990), em “A Conquista da América“, reconhece que “… nada se torna mais aflitivo do que ver-se a História repetir-se – sobretudo quando se trata da história de uma destruição.” As sociedades não são estáticas, mas sim dinâmicas,

A BARRACA – HÉLDER MATEUS DA COSTA – ENCONTRO IMAGINÁRIO – debate entre personagens marcantes da história universal – ROMAIN ROLLAND, LAUREN BACALL e KLAUS BARBIE – com a participação da sociedade civil – HOJE, SEGUNDA-FEIRA, 8 de JULHO, às 21.30

Publicado originalmente em A Viagem dos Argonautas:
Uma Revolução actual: lutar pela PAZ. Os tambores e as botas cardadas da imagética anti – fascista  – nazi voltam a aparecer. Aliás, sem a menor sofisticação modernista tecnológica.convém não estarmos distraídos e…

A BARRACA – HÉLDER MATEUS DA COSTA – ENCONTRO IMAGINÁRIO – debate entre personagens marcantes da história universal – ROMAIN ROLLAND, LAUREN BACALL e KLAUS BARBIE – com a participação da sociedade civil – HOJE, SEGUNDA-FEIRA, 8 de JULHO, às 21.30

Publicado originalmente em A Viagem dos Argonautas:
Uma Revolução actual: lutar pela PAZ. Os tambores e as botas cardadas da imagética anti – fascista  – nazi voltam a aparecer. Aliás, sem a menor sofisticação modernista tecnológica.convém não estarmos distraídos e…

A riqueza deve infiltrar-se de baixo para cima, e não escorrer dos mais ricos para todos os outros. Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota   A riqueza deve infiltrar-se de baixo para cima, e não escorrer dos mais ricos para todos os outros    Por Michael Pettis “Wealth Should Trickle Up, Not Down“, Publicado por  em 19

A riqueza deve infiltrar-se de baixo para cima, e não escorrer dos mais ricos para todos os outros. Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota   A riqueza deve infiltrar-se de baixo para cima, e não escorrer dos mais ricos para todos os outros    Por Michael Pettis “Wealth Should Trickle Up, Not Down“, Publicado por  em 19

NÃO SE ENSINA PARA A DEMOCRACIA, VIVE-SE EM DEMOCRACIA por Luísa Lobão Moniz

A democracia, tal como a conhecemos, foi algo encontrado como sendo uma forma de acabar com as ditaduras e de fazer o povo direccionar o seu caminho para as questões que verdadeiramente lhe interessar. Antes da Revolução, a voz do

NÃO SE ENSINA PARA A DEMOCRACIA, VIVE-SE EM DEMOCRACIA por Luísa Lobão Moniz

A democracia, tal como a conhecemos, foi algo encontrado como sendo uma forma de acabar com as ditaduras e de fazer o povo direccionar o seu caminho para as questões que verdadeiramente lhe interessar. Antes da Revolução, a voz do

Ano de 2019, ano de eleições europeias. Parte I – Grandes planos sobre uma União Europeia em decomposição. 10º Texto: A Europa sob Merkel IV: o Balanço da Impotência – Parte A

(Wolfgang Streeck, Verão de 2018)

A Europa da ideia europeia é um futuro sem passado, atrativamente inocente para um continente carregado de memórias de guerra e de genocídio. No entanto, é também um futuro sem presente: para ser aceitável para os seus diversos constituintes, só pode ser vagamente definido para que todos possam ler nele  o que quiserem. As tensões entre a diversidade nacional e a unidade supranacional não podem, portanto, ser abordadas de forma eficaz, uma vez que isso revelaria tanto o vazio da ideologia como os conflitos escondidos debaixo dela.

Ano de 2019, ano de eleições europeias. Parte I – Grandes planos sobre uma União Europeia em decomposição. 10º Texto: A Europa sob Merkel IV: o Balanço da Impotência – Parte A

(Wolfgang Streeck, Verão de 2018)

A Europa da ideia europeia é um futuro sem passado, atrativamente inocente para um continente carregado de memórias de guerra e de genocídio. No entanto, é também um futuro sem presente: para ser aceitável para os seus diversos constituintes, só pode ser vagamente definido para que todos possam ler nele  o que quiserem. As tensões entre a diversidade nacional e a unidade supranacional não podem, portanto, ser abordadas de forma eficaz, uma vez que isso revelaria tanto o vazio da ideologia como os conflitos escondidos debaixo dela.

UMA SEMENTE DE AFECTO por Luísa Lobão Moniz

As mudanças sociais são acompanhadas pelas instituições que as suportam enquanto sociedades dinâmicas. Por vezes essa mudança não se vive de forma pacífica devido a divergências ideológicas, a percas de pequenos poderes, a crises de valores que as sociedades não

UMA SEMENTE DE AFECTO por Luísa Lobão Moniz

As mudanças sociais são acompanhadas pelas instituições que as suportam enquanto sociedades dinâmicas. Por vezes essa mudança não se vive de forma pacífica devido a divergências ideológicas, a percas de pequenos poderes, a crises de valores que as sociedades não

Ainda sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos – “Os Estados Unidos devem ter um excedente comercial?”, por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota __________________________ As análises sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos, conforme publicámos na série que concluímos há dias atrás (ver aqui) geralmente

Ainda sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos – “Os Estados Unidos devem ter um excedente comercial?”, por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota __________________________ As análises sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos, conforme publicámos na série que concluímos há dias atrás (ver aqui) geralmente