Category Archives: Geral

A ALEMANHA, O SEU PAPEL NOS DESEQUILÍBRIOS DA ECONOMIA REAL. O OUTRO LADO DA CRISE DE QUE NÃO SE FALA. UMA ANÁLISE ASSENTE NA DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO [1] – Uma coleção de artigos de Onubre Einz. I – A Alemanha: Contas externas e financeirização por procuração (parte 2).

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota I – A Alemanha: Contas externas e financeirização por procuração (parte 2), por Onubre Einz Publicado por crieusa.blog.lemonde, em 11 de abril de 2013 Reedição revista do artigo publicado na Viagem dos Argonautas

A ALEMANHA, O SEU PAPEL NOS DESEQUILÍBRIOS DA ECONOMIA REAL. O OUTRO LADO DA CRISE DE QUE NÃO SE FALA. UMA ANÁLISE ASSENTE NA DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO [1] – Uma coleção de artigos de Onubre Einz. I – A Alemanha: Contas externas e financeirização por procuração (parte 2).

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota I – A Alemanha: Contas externas e financeirização por procuração (parte 2), por Onubre Einz Publicado por crieusa.blog.lemonde, em 11 de abril de 2013 Reedição revista do artigo publicado na Viagem dos Argonautas

A ALEMANHA, O SEU PAPEL NOS DESEQUILÍBRIOS DA ECONOMIA REAL. O OUTRO LADO DA CRISE DE QUE NÃO SE FALA. UMA ANÁLISE ASSENTE NA DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO [1] – Uma coleção de artigos de Onubre Einz. I – A Alemanha: Contas externas e financeirização por procuração (parte 1).

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota I – A Alemanha: Contas externas e financeirização por procuração (parte 1), por Onubre Einz Publicado por crieusa.blog.lemonde, em 11 de abril de 2013   Reedição revista do artigo publicado na Viagem dos

A ALEMANHA, O SEU PAPEL NOS DESEQUILÍBRIOS DA ECONOMIA REAL. O OUTRO LADO DA CRISE DE QUE NÃO SE FALA. UMA ANÁLISE ASSENTE NA DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO [1] – Uma coleção de artigos de Onubre Einz. I – A Alemanha: Contas externas e financeirização por procuração (parte 1).

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota I – A Alemanha: Contas externas e financeirização por procuração (parte 1), por Onubre Einz Publicado por crieusa.blog.lemonde, em 11 de abril de 2013   Reedição revista do artigo publicado na Viagem dos

Entre a força assassina de um Golias (a Alemanha) e a rectidão moral de um David (a Grécia de Syriza)… – Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 6). Por Michael Pettis

Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 6). Por Michael Pettis, 4 de fevereiro de 2015   Seleção e tradução por Júlio Marques Mota Reedição revista do artigo publicado na Viagem dos Argonautas

Entre a força assassina de um Golias (a Alemanha) e a rectidão moral de um David (a Grécia de Syriza)… – Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 6). Por Michael Pettis

Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 6). Por Michael Pettis, 4 de fevereiro de 2015   Seleção e tradução por Júlio Marques Mota Reedição revista do artigo publicado na Viagem dos Argonautas

Entre a força assassina de um Golias (a Alemanha) e a rectidão moral de um David (a Grécia de Syriza)… – Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 5). Por Michael Pettis

Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 5). Por Michael Pettis, 4 de fevereiro de 2015   Seleção e tradução por Júlio Marques Mota Reedição revista do artigo publicado na Viagem dos Argonautas

Entre a força assassina de um Golias (a Alemanha) e a rectidão moral de um David (a Grécia de Syriza)… – Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 5). Por Michael Pettis

Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 5). Por Michael Pettis, 4 de fevereiro de 2015   Seleção e tradução por Júlio Marques Mota Reedição revista do artigo publicado na Viagem dos Argonautas

Entre a força assassina de um Golias (a Alemanha) e a rectidão moral de um David (a Grécia de Syriza)… – Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 4). Por Michael Pettis

Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 4). Por Michael Pettis, 4 de fevereiro de 2015   Seleção e tradução por Júlio Marques Mota Reedição revista do artigo publicado na Viagem dos Argonautas

Entre a força assassina de um Golias (a Alemanha) e a rectidão moral de um David (a Grécia de Syriza)… – Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 4). Por Michael Pettis

Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 4). Por Michael Pettis, 4 de fevereiro de 2015   Seleção e tradução por Júlio Marques Mota Reedição revista do artigo publicado na Viagem dos Argonautas

Entre a força assassina de um Golias (a Alemanha) e a rectidão moral de um David (a Grécia de Syriza)… – Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 3). Por Michael Pettis

Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 3). Por Michael Pettis, 4 de fevereiro de 2015   Seleção e tradução por Júlio Marques Mota Reedição revista do artigo publicado na Viagem dos Argonautas

Entre a força assassina de um Golias (a Alemanha) e a rectidão moral de um David (a Grécia de Syriza)… – Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 3). Por Michael Pettis

Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 3). Por Michael Pettis, 4 de fevereiro de 2015   Seleção e tradução por Júlio Marques Mota Reedição revista do artigo publicado na Viagem dos Argonautas

Entre a força assassina de um Golias (a Alemanha) e a rectidão moral de um David (a Grécia de Syriza)… – Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 2). Por Michael Pettis

Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 2). Por Michael Pettis, 4 de fevereiro de 2015   Seleção e tradução por Júlio Marques Mota Reedição revista do artigo publicado em 24 de fevereiro

Entre a força assassina de um Golias (a Alemanha) e a rectidão moral de um David (a Grécia de Syriza)… – Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 2). Por Michael Pettis

Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 2). Por Michael Pettis, 4 de fevereiro de 2015   Seleção e tradução por Júlio Marques Mota Reedição revista do artigo publicado em 24 de fevereiro

Entre a força assassina de um Golias (a Alemanha) e a rectidão moral de um David (a Grécia de Syriza)… – Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 1). Por Michael Pettis

Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 1). Por Michael Pettis, 4 de fevereiro de 2015   Seleção e tradução por Júlio Marques Mota Reedição revista do artigo publicado em 23 de fevereiro

Entre a força assassina de um Golias (a Alemanha) e a rectidão moral de um David (a Grécia de Syriza)… – Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 1). Por Michael Pettis

Syriza e a indemnização da guerra da França com a Prússia em 1871-73  (parte 1). Por Michael Pettis, 4 de fevereiro de 2015   Seleção e tradução por Júlio Marques Mota Reedição revista do artigo publicado em 23 de fevereiro

Entre a força assassina de um Golias (a Alemanha) e a rectidão moral de um David (a Grécia de Syriza)… – A propósito de um texto de Michael Pettis sobre Syriza, sobre a Alemanha (parte 2). Por Júlio Marques Mota

A propósito de um texto de Michael Pettis sobre Syriza, sobre a Alemanha (parte 2). Por Júlio Marques Mota  Reedição revista do artigo publicado em 22 de fevereiro de 2015 (https://aviagemdosargonautas.net/2015/02/22/entre-a-forca-assassina-de-um-golias-a-alemanha-e-a-rectidao-moral-de-um-david-a-grecia-de-syriza-a-proposito-de-um-texto-de-michael-pettis-sobre-o-syriza-sobre-a-alemanha-por/) (conclusão) Da mesma opinião parece comungar Michael Pettis quando

Entre a força assassina de um Golias (a Alemanha) e a rectidão moral de um David (a Grécia de Syriza)… – A propósito de um texto de Michael Pettis sobre Syriza, sobre a Alemanha (parte 1). Por Júlio Marques Mota

A propósito de um texto de Michael Pettis sobre Syriza, sobre a Alemanha (parte 1). Por Júlio Marques Mota  Reedição revista do artigo publicado em 21 de fevereiro de 2015 (https://aviagemdosargonautas.net/2015/02/21/entre-a-forca-assassina-de-um-golias-a-alemanha-e-a-rectidao-moral-de-um-david-a-grecia-de-syriza-a-proposito-de-um-texto-de-michael-pettis-sobre-o-syriza-sobre-a-alemanha-por-julio-marques/) Carta de Júlio Marques Mota de 21 de fevereiro

O Euro, a Alemanha e Espanha – Poderá Pedro Sánchez salvar o PSOE? Por Michael Pettis (parte 2)

Seleção de Júlio Marques Mota e tradução de Francisco Tavares Poderá Pedro Sánchez salvar o PSOE? Por Michael Pettis, em 18 de agosto de 2014 Este artigo, publicado por El País Blogs, 25 de agosto de 2014, com introdução e

O Euro, a Alemanha e Espanha – Poderá Pedro Sánchez salvar o PSOE? Por Michael Pettis (parte 2)

Seleção de Júlio Marques Mota e tradução de Francisco Tavares Poderá Pedro Sánchez salvar o PSOE? Por Michael Pettis, em 18 de agosto de 2014 Este artigo, publicado por El País Blogs, 25 de agosto de 2014, com introdução e

O Euro, a Alemanha e Espanha – Poderá Pedro Sánchez salvar o PSOE? Por Michael Pettis (parte 1)

Seleção de Júlio Marques Mota e tradução de Francisco Tavares Poderá Pedro Sánchez salvar o PSOE? Por Michael Pettis, em 18 de agosto de 2014 Este artigo, publicado por El País Blogs, 25 de agosto de 2014, com introdução e

O Euro, a Alemanha e Espanha – Poderá Pedro Sánchez salvar o PSOE? Por Michael Pettis (parte 1)

Seleção de Júlio Marques Mota e tradução de Francisco Tavares Poderá Pedro Sánchez salvar o PSOE? Por Michael Pettis, em 18 de agosto de 2014 Este artigo, publicado por El País Blogs, 25 de agosto de 2014, com introdução e

A propósito do Reino Unido. Reflexões sobre um sistema político falhado. Parte 2: Tories, DUP e o Brexit (2ª parte). Por Will Denayer

Seleção e tradução de Francisco Tavares Reflexões sobre um sistema político falhado. Parte 2: Tories, DUP e o Brexit (2ª parte) Por Will Denayer(*),  Publicado por Flassebeck-economics, em 22 de junho de 2017  (continuação) O DUP foi o único partido

A propósito do Reino Unido. Reflexões sobre um sistema político falhado. Parte 2: Tories, DUP e o Brexit (2ª parte). Por Will Denayer

Seleção e tradução de Francisco Tavares Reflexões sobre um sistema político falhado. Parte 2: Tories, DUP e o Brexit (2ª parte) Por Will Denayer(*),  Publicado por Flassebeck-economics, em 22 de junho de 2017  (continuação) O DUP foi o único partido

A propósito do Reino Unido. Reflexões sobre um sistema político falhado. Parte 2: Tories, DUP e o Brexit (1ª parte). Por Will Denayer

Seleção e tradução de Francisco Tavares Reflexões sobre um sistema político falhado. Parte 2: Tories, DUP e o Brexit (1ª parte) Por Will Denayer(*),  Publicado por Flassebeck-economics, em 22 de junho de 2017  Na segunda feira 19 de Junho, a

A propósito do Reino Unido. Reflexões sobre um sistema político falhado. Parte 2: Tories, DUP e o Brexit (1ª parte). Por Will Denayer

Seleção e tradução de Francisco Tavares Reflexões sobre um sistema político falhado. Parte 2: Tories, DUP e o Brexit (1ª parte) Por Will Denayer(*),  Publicado por Flassebeck-economics, em 22 de junho de 2017  Na segunda feira 19 de Junho, a

A propósito do Reino Unido. Reflexões sobre um sistema político falhado. Parte 1: análise do resultado eleitoral do partido Trabalhista (2ª parte). Por Will Denayer

Seleção e tradução de Francisco Tavares Reflexões sobre um sistema político falhado. Parte 1: análise do resultado eleitoral do partido Trabalhista (2ª parte) Por Will Denayer(*),  Publicado por Flassebeck-economics, em 20 de junho de 2017  (continuação) A essência do problema

A propósito do Reino Unido. Reflexões sobre um sistema político falhado. Parte 1: análise do resultado eleitoral do partido Trabalhista (2ª parte). Por Will Denayer

Seleção e tradução de Francisco Tavares Reflexões sobre um sistema político falhado. Parte 1: análise do resultado eleitoral do partido Trabalhista (2ª parte) Por Will Denayer(*),  Publicado por Flassebeck-economics, em 20 de junho de 2017  (continuação) A essência do problema