AGOSTINHO DA SILVA – UM PENSAMENTO VIVO – 1

Imagem1Um pensamento vivo, um documentário sobre Agostinho da Silva,  foi realizado pelo cineasta João Rodrigues Mattos e produzido pela Alfândega Filmes no ano de 2004. Agostinho da Silva foi aquilo a que se pode chamar «uma figura incontornável» um filósofo, um humanista, e merece ser considerado como um dos principais intelectuais portugueses do século XX. Iniciamos aqui a conclusão da homenagem que o nosso blogue lhe prestou, no âmbito de uma série de outras homenagens a figuras do pensamento e da arte – dos que se exprimem em português. Depois de José de Almada Negreiros e de Manoel de Oliveira, dedicámos alguns dos nossos serões ao Professor Agostinho da Silva. Entre a muita documentação videográfica existente, escolhemos as Conversas vadias e Um pensamento vivo como pivôs desta série. Oxalá haja quem tenha apreciado este trabalho – Agostinho da Silva não apreciava os elogios excessivos. Como estarão lembrados, num dos vídeos de Conversas Vadias, Cáceres Monteiro, lê a AgostinhoImagem1 da Silva umas linhas  de John Le Carré  que, em A Casa da Rússia (The Russia House), um romance de espionagem que decorre no fim da Guerra Fria, e com uma parte tendo Lisboa como cenário, tem uma famosa a referência ao Jardim do Príncipe Real, e aos discursos de um velho místico que seria o professor Agostinho da Silva a ocasionais discípulos , «por vezes, durante o dia, [chegara a] ouvir os discursos de um velho místico, com rosto de santo, que gosta de receber os seus discípulos, discípulos de todas as idades…». Agostinho da Silva, escutando a leitura da citação, comenta : «Se fosse navio, não tinha jeito para ser rebocador, e em terra continua da mesma maneira». Acrescenta, combatendo a hipótese da sua santidade: «Depois, ele [John le Carré] fala no tal místico com cara de santo. Eu suponho que ele estava de lado, só viu metade da cara. Se tivesse visto a outra metade, talvez mudasse de opinião…».

 Este último bloco, vai ser publicado em três posts – o segundo será publicado dentro de meia hora.

Leave a Reply