GULBENKIAN – JAZZ EM AGOSTO

 

Jazz em Agosto chega à 30ª edição

de 2 a 11 de agosto

 
Este verão, de 2 a 11 de agosto, o Anfiteatro ao Ar Livre receberá uma edição do Jazz em Agosto carregada de um simbolismo especial, já que 2013 é o ano em que o festival completa 30 edições. Um dos nomes mais fortes da programação deste ano é o compositor e saxofonista americano John Zorn, cuja atuação estará integrada na digressão europeia de comemoração do 60.º aniversário do músico.

Além dos três projetos de Zorn – The Dreamers, Essential Cinema e Electric Masada, acompanhados de colaboradores do saxofonista –, o festival contará também com a exibição do Ciclo John Zorn: A Film in 15 Scenes, súmula de quatro filmes produzidos por Zorn e que foi apresentada no New York Film Festival 2012. Para além deste ciclo, a 30.ª edição do Jazz em Agosto apresentará outros cinco filmes na Sala Polivalente do CAM, incluindo a TensãoJAZZ (2011), série documental sobre a história do jazz em Portugal da autoria de Rui Neves e realizada por Paulo Seabra, e os concertos do World Saxophone Quartet no Jazz em Agosto de 1987 e da Sun Ra Arkestra no Jazz em Agosto 1985, ambos do Arquivo RTP.

A programação do festival prossegue com um elenco no qual marcam presença artistas nacionais e estrangeiros, alguns consagrados e outros promissores. No concerto Drumming GP plays Max Roach M’Boom, a banda portuense recriará o ensemble de percussão M’Boom de Max Roach.

O jazz escandinavo estará representado por Elephant9 featuring Reine Fiske, formação em cuja sonoridade se destaca o órgão Hammond B-3, e pelo trio The Thing, que já passou em 2004 pelo Jazz em Agosto e que regressa agora sob o nome The Thing XXL, uma formação ampliada na qual figura Peter Evans, aclamado trompetista que apresentará também em estreia europeia o seu novo grupo Peter Evans Octet.

O compositor e saxofonista Anthony Braxton apresentará Falling River Music Quartet, acompanhado de músicos que já passaram pelo Jazz em Agosto como Mary Halvorson, que também atuará com o Mary Halvorson Quintet em estreia nacional. O encerramento do festival caberá a Pharoah & The Underground, projeto que reúne os trios de Rob Mazurek – São Paulo Underground e Chicago Underground – e que integra Pharoah Sanders, saxofonista cujo currículo apresenta colaborações com nomes da envergadura de Sun Ra, Don Cherry e John Coltrane.

JAZZ NO CAM
No âmbito das comemorações da 30.ª edição do Jazz em Agosto será lançado um livro com ensaios de Stuart Broomer, Bill Shoemaker e Brian Morton, críticos e pensadores do jazz. Editado em português e em inglês e acompanhado de uma discografia seletiva, este livro pretende dar a conhecer 50 dos músicos que, ao longo de 30 anos, ajudaram a fazer do Jazz em Agosto um dos grandes festivais edicados a este género musical. No dia 25 de julho, antes a abertura propriamente dita, realizar-se-á um concerto extraordinário destinado a assinalar outra efeméride – o 30.º aniversário do CAM, em cujo serviço ACARTE o festival nasceu – e que contará com o novo projeto OGRE da cantora Maria João, numa atuação que evocará o concerto do seu quinteto que inaugurou a primeira edição do Jazz em Agosto.

www.musica.gulbenkian.pt/jazz

10.05.2013

http://youtu.be/T-RzTvLyA3A

Leave a Reply