MÁGOA . poema de Rachel Gutiérrez

Imagem1

saio em busca do meu poema

                   nas luzes da madrugada

ooooo

o que encontro

                 são bêbados

                          da noite infinda e sulfúrea

ooooooooo

dói intensa a saudade

                   do estado alterno

                               que não dura

ooooooo

de ser amada pelos deuses

                    quando nasce a poesia…

                              o
do que era fervor

                              – nostalgia

do que foi fogo

                             – só cinzas!

Ilustração – Quadro de Dorindo Carvalho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: