PALESTRA DE RACHEL GUTIÉRREZ, 23 DE MAIO, 18H 30M, SOCIEDADE PORTUGUESA DE AUTORES por Clara Castilho

 

3 escritores 4

Um dos autores que Rachel Gutiérrez irá abordar na sua palestra é João Guimarães Rosa. Uma passagem do conto “O Espelho”:

[…]  (os espelhos) Temi-os, desde menino, por instintiva suspeita. Também os animais negam-se a encará-los, salvo as críveis excepções. Sou do interior, o senhor também; na nossa terra, diz-se que nunca se deve olhar em espelho às horas mortas da noite, estando-se sozinho. Porque, neles, às vezes, em lugar da nossa imagem, assombra-nos alguma outra e medonha visão. Sou, porém, positivo, um racional, piso o chão a pés e patas. Satisfazer-me com fantásticas não-explicações? – jamais. Que amedrontadora visão seria então aquela? Quem o Monstro? […] A alma do espelho – anote-a –esplêndida metáfora. Outros, aliás, identificavam a alma com a sombra do corpo; e não lhe terá escapado a polarização; luz-treva. Não se costuma tapar os espelhos, voltá-los contra a parede, quando morria alguém da casa? Se, além de os utilizarem nos manejos da magia, imitativa ou simpática, videntes serviam-se deles, como da bola de cristal, vislumbrando em seu campo esboços de futuros fatos, não será porque, através dos espelhos, parece que o tempo muda de direção e de velocidade?”[…]

GUIMARÃES ROSA

Brevíssima biografia:

João Guimarães Rosa (1908-1967) com apenas 16 anos, matriculou-se numa Faculdade de Medicina, tendo exercido a profissão em Itaguara, pequena cidade. Desiludido com a profissão, dela desiste e ingressou nas forças armadas, tendo ido, na qualidade de oficial médico, para Barcelona.

Em 1936, a coletânea de poemas Magma recebeu o prémio de poesia da Academia Brasileira de Letras. A sua obra Sagarana obteve vários prémios e o reconhecimento como um dos mais importantes livros surgidos no Brasil contemporâneo, dando a palavra ao povo mineiro.

Em 1938, foi nomeado Cônsul Adjunto em Hamburgo e aí passou a II Guerra Mundial, ajudando na fuga de judeus perseguidos pelo Nazismo. Em 1942, consequência de o Brasil ter deixado de apoiar a Alemanha, foi preso durante 4 meses, sendo libertado em troca de diplomatas alemães. Retornando ao Brasil, exerceu vários cargos diplomáticos em capitais de vários países.

É com o lançamento de Grande Sertão: Veredas que ganha mais importância literária, sendo o livro traduzido para diversas línguas. Começava a ser visto como uma figura singular no panorama da literatura moderna. Em 1963,  candidatou-se pela segunda vez à Academia Brasileira de Letras sendo eleito por unanimidade.

 

 

Leave a Reply