AS 4 ESTAÇÕES DE ALBERTO PIMENTA NO TEATRO D. MARIA II DE 26.06 A 20.07 – por Clara Castilho

logo-topo

A apresentação é esta: “O espetáculo tem por base As 4 estações de Alberto Pimenta (e talvez até outras…). Trata-se de uma viagem de comboio com a duração de quatro estações, onde nem tudo são primaveras e verdes anos. Há um narrador, um velho e um revisor que passa ocasionalmente, há Dante, Shakespeare e Homero e, no final, há Santa Apolónia que espera todos os que sobrevivem, com ou sem dentes. Pelo meio, há ainda um rouxinol aprisionado por uma rapariga com um laço de seda, um calor sufocante e, claro, o verão, o outono e o inverno.

As-4-estações-©Miguel-Bonneville

Trata-se de uma criação de Diogo Bento, Miguel Bonneville e Elisabete Fragoso sobre a viagem e a morte a partir de um texto notável de um dos autores mais inconfundíveis da literatura portuguesa”. Ocorrerá de 26 de Junho a 20 de Julho, na sala Estúdio,4.ª f, às 19h15, de 5.ª a sáb. às 21h15 e aos domingos às 16h15.”

Alberto Pimenta é licenciado em Filologia Germânica pela Universidade de Coimbra e, durante anos (1960-1977), leitor de Português e de Literatura Portuguesa em Heidelberg, na Alemanha. Depois de regressar a Portugal, desenvolveu uma intensa actividade no domínio da criação literária relacionada com os movimentos experimentalistas.

Pensar em Alberto Pimenta é lembrar “ O labirintodonte”, “Os entes e os contraentes”, “Corpos estranhos”, o livro de poesia “Ascensão de dez gostos à boca”. É lembrar o seu happening em que se trancou numa jaula no Jardim Zoológico, reconhecendo-se como  “Homo sapiens”, acontecimento de que resultou um livro. É lembrar o “Discurso sobre o filho-da-puta”. Mas não é só por esta faceta de “provocador” que terá que ser reconhecido, mas também pelas suas obras teóricas.

 

26 JUN – 20 JUL 2014

Sala Estúdio

4.ª 19h15
5.ª a sáb. 21h15
dom. 16h15

Para ver a ficha técnica vá a:

http://www.teatro-dmaria.pt/pt/calendario/as-4-estacoes/

 

Leave a Reply