AMANHÃ, NO CENTRO CULTURAL MALAPOSTA, “OS MAL-EMPREGADOS” E “NOCTURNOS”

Centro Cultural Malaposta, no âmbito do seu projeto de Teatro (para) e (com) Comunidade vai ter a decorrer 23 de Setembro a 19 de Outubro de 2014 a Festa de Teatro Amador  que tem como objetivo criar um espaço de programação especialmente dedicado aos grupos que dinamizem as suas atividades no âmbito do Teatro de Amadores.

É a  edição em que participarão actores oriundos dos vários pontos de Portugal. Desde a sua 1ª edição a FTA conta já com a apresentação de cerca de 120 espetáculos e a participação de 36 grupos de teatro amador.

 Dia 23  às 21,30 – “Noturnos”

noturnos_300x300

Diz-nos o encenador do Grupo de Teatro Terapêutico (GTT), sobre a peça a apresentar:

A  peça “Noturnos” Expressa a vontade de atores do entregarem em sete sessões memórias e interrogações do passado e da atualidade de cada um, tendo como finalidade a escrita pelo encenador de uma peça de teatro para sete ou oito atores (personagens) que, após encenada, foi apresentada ao público em geral.
Não são memórias dolorosas ou especulativas mas algo de deslumbramentos perplexos e de reflexões, interrogações, sobre o que já foi e parece permanecer de uma outra forma e (pre) conceitos.
Acontecem viagens ao passado que nos transportam ao sofrimento, outras vezes a algo de sublime que nos transmite apaziguamentos. Também há o toque do desmontar o que nos causa as recusas.
Não sabemos quando se passeiam o sofrimento e os demónios mais escondidos nas noites dos amanheceres de aproximações vindouras.
Depende de cada um, num todo, saber separar a noite do dia em momentos decisivos.”

No mesmo dia, mas noutra sala, às 21.45, podemos ver o Café teatro “Os Mal-empregados”.

os_mal_empregados_300x300

 São os empregados que estão tão mal na posição que ocupam que mais valia estar lá outro, alguém que fizesse, que produzisse, que não empatasse.

São os habituais, deixa andar, amanhã vê-se, isto agora, tem que se analisar bem a coisa, os que estão constantemente a pedir melhores condições de trabalho sem executarem o seu trabalho em condições.

Os mal-empregados é um espectáculo que retrata situações caricatas de vários empregados. Inspirado em textos de Karl Valentin mostra como uma simples situação pode ser levada ao absurdo, onde não se poupa esforços para não fazer nada. Tem texto e encenação  de Joaquim Guerreiro.

1 Comment

  1. (function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_PT/all.js#xfbml=1”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Leave a Reply