RAPARIGAS E RAPAZES DE LISBOA – O LISBOETA ANTÓNIO FERREIRA, O HORÁCIO PORTUGUÊS

diadelisboa3

Imagem1António Ferreira, escritor e humanista, nasceu em Lisboa no ano de 1528 (morreu em 1569, vítima de uma epidemia de peste que assolou a cidade). É uma das figuras cimeiras da poesia do classicismo renascentista, discípulo brilhante de Sá de Miranda. Na Universidade de Coimbra cursou Humanidades e Leis, doutorando-se em Cânones e pertencendo durante algum  tempo ao corpo docente da Universidade. Consta que se enamorou, em Coimbra, de uma jovem de família nobre, inspiradora de algumas das suas poesias. A sua obra mais conhecida, a tragédia A Castro, também chamada Tragédia de Inês de Castro, publicada postumamente em 1587, é um texto dramático de inspiração clássica em cinco actos, escrita em verso polimétrico e baseado nos amores de Pedro e Inês. Esta obra de António Ferreira iria ser detonador de uma série de peças teatrais de dramaturgos europeus. Em 1598, seu filho, Miguel Leite Ferreira publicou a sua poesia reunida  sob o título de Poemas Lusitanos. António Ferreira foi conhecido como o “Horácio português”.

Leave a Reply