1 Comment

  1. O problema das “analogias” é que NUNCA as águas que correm debaixo das pontes são as mesmas – ao contrário das palavras que, de tão ocamente repetidas, chegam a ficar sujas!!!

Leave a Reply