No Palácio Foz dia 9 de Junho às 18,00 Recital de piano por Mariana Godinho e João Pedro Guimas

No Palácio Foz – Sala dos Espelhos – dia 9 de Junho às 18,00

Recital de piano por Mariana Godinho e João Pedro Guimas

recital piano

João Pedro Guimas iniciou os seus estudos musicais aos 5 anos na Escola de Música Acorde Comigo e aos 6 anos foi para o Conservatório de Música de Sintra, onde prosseguiu os seus estudos de piano na classe da professora Isabel Gonçalves. Participou no projecto 1001 músicos no Centro Cultural de Belém em 2008 e 2010.Tocou em vários recitais em salas como o Grande Auditório do Centro Cultural Olga Cadaval, a sala de espelhos do Palácio de Queluz, o Palácio de Valenças, a Quinta da Regaleira e o Palácio de Monserrate. Concluiu os seus estudos no Conservatório de Música de Sintra no ano lectivo  2011/2012, tendo realizado três recitais no Museu da Música Portuguesa, inseridos na Temporada Cultural de Cascais. Realizou masterclasses com Ian Mikirtumov, Roberto Turrin, Artur Pizarro, Massimiliano Valenti e Mikhail Markov e participou nas iniciativas “Escolas Abertas” da Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco, onde foi ouvido por Luísa Tender e por Jill Lawson, e da Universidade de Évora, onde foi ouvido por Ana Telles. Ingressou nos seus estudos a nível superior em 2012 na classe de piano do professor Miguel Henriques e na classe de música de câmara do professor Paulo Pacheco. No ano de 2013 pertenceu ao grupo ClusterLab, dirigido pelo compositor e maestro Carlos Marecos, no qual estreou obras de compositores portugueses, que foram apresentadas no Palácio Nacional da Ajuda e no Auditório Vianna da Motta da Escola Superior de Música de Lisboa. Em 2014 apresentou-se na semana da composição da Escola Superior de Música de Lisboa, interpretando obras de F. Lopes-Graça, deu um recital no Palácio Foz, participou no Concurso de Piano da Póvoa do Varzim e participou na Semana Internacional de Piano de Óbidos, onde trabalhou com Boris Berman, Luiz de Moura Castro e Josep Colom, e onde foi gravado e transmitido posteriormente pela Antena 2. Actualmente encontra-se no terceiro ano de licenciatura no qual continua a trabalhar com Miguel Henriques e no qual iniciou o seu trabalho em música de câmara com Irene Lima. Paralelamente integra no Coro Leal da Câmara, dirigido pelo maestro Humberto Castanheira e tem formação na área de Técnico de Som, nível IV da União Europeia, dada pela Escola Técnica de Imagem e Comunicação.

Mariana Godinho começou os seus estudos em 2001 na Academia de Música e Dança do Fundão onde concluiu curso complementar de piano sob orientação de Olga Silva e o de flauta sob orientação de Rui Sousa. Durante a sua frequência na AMDF participou em diversos concursos como o Concurso Internacional para Jovens Pianista de San Sebastian em 2004 (2º lugar), Concurso Internacional “Cidade do Fundão” em 2008 (menção honrosa) e em 2012 (3º lugar e Melhor Concorrente da Beira Interior), e participação no Concurso Internacional de Piano do Conservatório Russo Alexandre Scriabine em Paris, Concurso de Vila do Conde e Póvoa de Varzim. Frequentou também diversas masterclasses com pianistas como Artur Pizarro, Dina Chevtchuck, Agustin Vergara, Nancy Lee Harper, Álvaro Teixeira Lopes, Massimiliano Valenti, Jonathan Moyer, Rachilia Mamedzade, Liubov Lavneeva, Luísa Tender e Jill Lawson. Realizou diversos concertos, entre eles, no Conservatório de Música Juan Crisóstomo de Arriaga em Bilbao, no Museu do Romantismo no Porto, no CCB (inserido nos 1001 músicos). Em 2010 participou também num projecto Comenius entre a Academia de Música e Dança do Fundão, o Conservatório Oficial de Música de Almendralejo em Espanha, e Cziffra György Zeneiskola Pilisvörösvár na Hungria. No ano lectivo de 2012/2013 ingressou na Escola Superior de Música de Lisboa sob a orientação do professor Jorge Moyano onde realizou concertos como membro da orquestra e em música de câmara no São Luiz. Também inserido num projecto de música contemporânea apresentou-se no Palácio Nacional da Ajuda na exposição da Joana Vasconcelos e a solo no Teatro Municipal da Covilhã e no Palácio da Foz.

 PROGRAMA

F. Chopin:

Sonata op.58 nº3 em Si menor:
Allegro maestoso

Scherzo: Molto vivace

Largo

Finale: Presto non tanto

Mariana Godinho – piano

J. Brahms:

Rapsódias Op. 79:

No. 1 em Si menor – Agitato

No. 2 em Sol menor – Molto passionato, ma non troppo allegro

J. Vianna da Motta:

Ballada em Fá # menor Op. 16

João Pedro Guimas – piano

 

Entrada Livre

Leave a Reply