EXPOSIÇÃO “A ONU EM IMAGENS – 70 ANOS DE HISTÓRIA”, CORDOARIA NACIONAL, LISBOA DE 4 A 27 DE SETEMBRO

Em 2015, a Organização das Nações Unidas (ONU) celebra o 70 º aniversário. Para marcar esta importante e auspiciosa ocasião, o Departamento de Informação Pública da ONU e a Fundação Gabarron co-organizaram uma exposição que permite  uma viagem pelo seu vasto arquivo iconográfico, designada em inglês UNEARTH e que chega a Portugal com o título “A ONU em imagens – 70 anos de História”. É uma parceria entre a secção de Portugal do Centro de Informação Regional das Nações Unidas para a Europa Ocidental e a Câmara Municipal de Lisboa.

A exposição estará aberta ao público até 27 de setembro, com entrada gratuita, todos os dias, exceto segundas-feiras, no seguinte horário: 10h-13h/14h-18h, na , na Galeria  Municipal Torreão Nascente da Cordoaria Nacional, em Lisboa (Avenida da Índia, 1300 Lisboa).

onu

“A ONU em imagens – 70 anos de História” e consiste em:

– uma exclusiva seleção de fotografias, feitas por célebres fotógrafos tais como João Isaque, Peter Magubane e Eskinder Debebe

– cartazes para campanhas da ONU concebidas por criativos da Divisão de Design Gráfico e Divulgação da ONU, tais como Milton Glaser, Jan Arnessen, Maxim Zhukov, Rocco Callari, Allan Markman, Matias Delfino, Martin Samaan, Ziad Al-Kadri, Mackenxie Crone

– cartazes criados por artistas lendários como Victor Vasarely, Robert Rauschenberg, Joan Miró, JeanMicheal Folon, Hans Erni, Marc Chagall, Keith Haring, Oswaldo Guayasamín, Cristobal Gabarron

O objetivo dos curadores Chaim Litewski, Antonio Silva, Mark Garten e Ziad Al-Kadri, é mostrar, refletir e comentar  o percurso da ONU num mundo que mudou drasticamente ao longo de 70 anos e destacar alguns dos aspetos mais importantes das suas principais atividades: direitos humanos, desenvolvimento, assistência humanitária, paz e de segurança.

O espólio foi selecionado com base nas sugestões e contributos de funcionários da ONU, intelectuais, artistas, jornalistas e historiadores. Depois de inaugurada em Nova Iorque (EUA), a exposição passou por Haia (Holanda), Verdun (França) e tem em Lisboa (Portugal) a quarta etapa de uma digressão que continuará por vários centros de arte e galerias do mundo.

 “O espírito de solidariedade nunca se desvanece”

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, considera que a história da Humanidade ao longo das últimas sete décadas fica mais completa com a informação providenciada pelos Arquivos da ONU e que esta exposição permite não só recordar o passado, mas lançar uma reflexão sobre o futuro. Afinal, 70 anos passados, a organização reúne 193 Estados-membros e prepara um novo paradigma de desenvolvimento sustentável para as gerações vindouras.

“Estas fotografias e cartazes maravilhosos permitem mostrar ao mundo o que foi realizado pelas Nações Unidas. Vemos nelas as forças de paz da ONU, os trabalhadores de projetos de desenvolvimento e de campanhas humanitárias, os defensores dos direitos humanos a ajudarem que mais precisa. À medida que avançamos na exposição, as décadas passam, o preto-e-branco passa a cores e os cenários mudam – mas o espírito de solidariedade nunca se desvanece. Inspiremo-nos nas conquistas que estão documentadas nesta exposições para fazer ainda mais em prol do nosso futuro coletivo”, disse Ban Ki-moon.

One comment

  1. Pingback: 70 anos da ONU em imagens na Cordoaria Nacional | um pastel em belém

Leave a Reply

%d bloggers like this: