DIA 28 DE NOVEMBRO, EM OXFORD, COLÓQUIO INTERNACIONAL EM HOMENAGEM A HELDER MACEDO, O HOMEM QUE DISSE “A LITERATURA SERVE PARA CRIAR MUNDOS ALTERNATIVOS” por clara castilho

No dia 28 de Novembro vai realizar-se o colóquio internacional em homenagem a Helder Macedo, “80 YEARS OF HELDER MACEDO”, no Taylor Institute, Oxford University.

B02 Barcelona, 13.11.08.- El escritor y poeta Helder Macedo, nacido accidentalmente en Sudáfrica, con una infancia en Mozambique, adolescencia en Portugal y afincado en Londres desde 1960 vuelve en su novela "Sin nombre" a su tema predilecto: cómo los portugueses viven su propia historia, libro del que habló con Efe. EFE/Toni Garriga
B02 Barcelona, 13.11.08.- El escritor y poeta Helder Macedo, nacido accidentalmente en Sudáfrica, con una infancia en Mozambique, adolescencia en Portugal y afincado en Londres desde 1960 vuelve en su novela “Sin nombre” a su tema predilecto: cómo los portugueses viven su propia historia, libro del que habló con Efe. EFE/Toni Garriga

Laura Padilha, Maria Irene Ramalho, Roberto Vecchi e Margarida Calafate Ribeiro são oradores convidados na iniciativa.

Helder Macedo é Emeritus Professor do King´s College na Universidade de Londres, onde, até Setembro de 2004, foi titular da Cátedra Camões, Diretor Associado do Instituto de Estudos Românicos e editor da revista “Portuguese Studies”.

Professor visitante da Universidade de Harvard e de Universidades em França, Espanha e no Brasil, esteve ainda como professor e escritor residente em Berkeley, na Universidade da California. É investigador associado do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.

Reconhecido poeta, romancista e ensaísta, é membro da Academia de Ciências de Lisboa e do King’s College, na Universidade de Londres. De 1993 a 1999, desempenhou funções como Presidente da Associação Internacional de Lusitanistas e, em 2002, recebeu o título de Presidente Honorário. Em 1975, exerceu o cargo de diretor geral das Artes do Espetáculo e foi Secretário de Estado da Cultura, de 1979 a 1980.

Entre as várias distinções que tem recebido destaca-se a de Comendador da Ordem de Santiago da Espada(1993), o “Prémio Casimiro Dantas”, atribuído pela Academia das Ciências de Lisboa (1977), o “Prémio Jacinto Prado Coelho”, atribuído pela Associação Internacional de Críticos Literários(1999) e o prémio “PEN Club Português” (1999).

Os seus atuais interesses de investigação incluem a arte da ficção e da poesia, Literatura e Cultura Britânica e Portuguesa e Pintura Portuguesa Contemporânea.

Leave a Reply