Actividades no Hot Club de 27 a 30 de Janeiro 2016

HOTCLUB1

hot club imagem rubrica

Hot Clube – Praça da Alegria 48

Dia 27 de Janeiro

Septeto do Hot Clube de Portugal

septeto

Bruno Santos – guitarra e direcção musical; Diogo Duque – trompete; Pedro Moreira – saxofone tenor; Ricardo Toscano – saxofone alto; Romeu Tristão – contrabaixo; Joel Silva – bateria; Joana Machado – voz.

Concerto a partir das 22h30 (2º set às 00h). 7,5 € para não sócios, entrada gratuita para sócios.

Septeto HCP

O Septeto do Hot Clube de Portugal foi criado em 2001 e é composto por músicos de créditos firmados no panorama do Jazz português. Este grupo pretende ir ao encontro de um dos objectivos do Hot Clube, tal como foi idealizado pelo seu fundador: a divulgação do Jazz.

O 7to HCP actuou já um pouco por todo o país: AngraJazz, Fozjazz, Hot Clube, Teatro Municipal da Madeira, Luanda, Festival Jazz Valado, Festival Jazz Lagos, entre outros.

Entre 2008 e 2012, apresentou um repertório original de Bruno Santos (também director musical do septeto). Este repertório foi editado em disco em Outubro de 2009.

Em 2012 e 2013 teve como director musical Gonçalo Marques, apresentando repertório original do trompetista.

O guitarrista Bruno Santos voltou a assumir a direcção musical do grupo e apresenta repertório original editado e apresentado no Hot Clube neste concerto.

Dia 28 de Janeiro

“Songbird”

songbird

Luís Figueiredo – piano; João Hasselberg – contrabaixo

Apresentação do disco “Songbird Vol.1”

Concerto a partir das 22h30 (2º set às 00h). 7,5 € para não sócios, entrada gratuita para sócios.

O projecto “Songbird” a duo com Luís Figueiredo (piano) e João Hasselberg (contrabaixo) estreia-se com o disco “Vol: I” lançado no passado dia 7 de Dezembro. O disco está disponível online para download e compra de CD. A aquisição pode ser feita através da página BandCamp do projecto.

Dias 29 e 30 de Janeiro

Negro Trio

negro trio

Roberto Negro – piano; André Rosinha – contrabaixo; Vasco Furtado – bateria.

Concerto a partir das 22h30 (2º set às 00h). 7,5 € para não sócios, entrada gratuita para sócios.

 Tendo tocado juntos no grupo “What About Sam?”, com o qual editaram um disco (JAAC Records, Maio 2015), a ideia de formar um trio surge naturalmente, como forma de explorar outras paisagens musicais e outro tipo de repertório. Composto por Roberto Negro, pianista italiano radicado em Paris, André Rosinha e Vasco Furtado, ambos músicos lisboetas, este trio debruçar-se-á sobre composições originais, deixando no entanto um largo espaço para a improvisação e o imprevisto.

Leave a Reply