EDITORIAL – SARAH PALIN TAMBÉM QUER EXIT

logo editorial

Devem ainda estar recordados de Sarah Palin, uma senhora norte-americana que já há algum tempo que vai singrando na vida política do país, com altos e baixos. Ligada ao partido republicano desde 1982, foi governadora do Alasca e nas eleições para a presidência da república norte-americana candidata a vice-presidente, secundando John McCain, que perdeu precisamente para Barack Obama. Dedica-se também ao comentário político, sendo autora de vários livros. Nos últimos anos participou em iniciativas do Tea Party, e agora é apoiante de Donald Trump. Entretanto diz-nos no facebook que o resultado do referendo britânico é comparável ao da declaração de independência dos Estados Unidos. E sugere que o seu país, nessa senda, siga o exemplo e corte relações com a ONU. Nestes termos:

America can learn an encouraging lesson from this.

It is time to dissolve political bands that connect us to agendas not in our best interest. May UN shackles be next on the chopping block.

America can learn an encouraging lesson from this.

It is time to dissolve political bands that connect us to agendas not in our best interest. May UN shackles be next on the chopping block.

– Sarah Palin

“America can learn an encouraging lesson from this.

It is time to dissolve political bands that connect us to political agendas not in our best interest. May UN shackles be next on the chopping block.”

Que Sarah  Palin fica bem junto de Trump, não parece haver dúvidas. O primarismo das opiniões políticas de ambos é evidente. No caso de Trump há quem diga que o primarismo é aparente; no caso de Palin tudo indica que é verdadeiro. Cai bem, infelizmente, junto de muita gente. Não será ofensivo perguntar: não será que a senhora quis apenas dar nas vistas? Deste lado do Atlântico, temos o Jean-Claude Juncker e o Wolfgang Schäuble, que pertencem à mesma escola. Pense-se um pouco no que esta gente tem feito (destruído). A UE e não só. Eles gostam de dar nas vistas e, suspeita-se cada vez mais, que também de nos deixar em mau estado.

Propomos que acedam aos links seguintes:

 

http://www.motherjones.com/politics/2016/06/sarah-palin-brexit-britain-european-union

https://www.facebook.com/sarahpalin/?fref=photo

 

1 Comment

  1. *Basta de oportunismos …* *Já temos q.b.* *,” temos o Jean-Claude Juncker e o Wolfgang Schäuble, que pertencem à mesma escola. Pense-se um pouco no que esta gente tem feito (destruído). A UE e não só. “”*

    *Maria *

    No dia 26 de junho de 2016 às 13:11, A Viagem dos Argonautas escreveu:

    > joaompmachado posted: ” Devem ainda estar recordados de Sarah Palin, uma > senhora norte-americana que já há algum tempo que vai singrando na vida > política do país, com altos e baixos. Ligada ao partido republicano desde > 1982, foi governadora do Alasca e nas eleições para a pr” >

Leave a Reply