LANÇAMENTO de “BARROSO – RESGATE DA MEMÓRIA NA OBRA DE BENTO DA CRUZ”, de ANTÓNIO CHAVES – HOJE, QUARTA-FEIRA, 22 de FEVEREIRO, às 17 horas no SALÃO NOBRE DA CÂMARA MUNICIPAL DE MONTALEGRE

Lançamento do livro Barroso – Resgate da Memória na Obra de Bento da Cruz, de António Chaves, nas comemorações do aniversário de Bento da Cruz.

A obra será apresentada pelo Coronel Jorge Golias.

A sessão, que será precedida por uma romagem à aldeia de Bento da Cruz, terá lugar no dia 22 de Fevereiro, quarta-feira, às 17:00 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Montalegre.

 

barroso-resgate-da-memoria-na-obra-de-bento-da-cruz

«Em Barroso mantém-se entre homens e animais uma solidariedade que remonta ao Paraíso de Adão. Uma cozinha de Gostofrio é uma arca de Noé: os cães e os gatos passam a vida açapados à lareira ou no colo dos amos, dos quais recebem, conforme os ventos, afagos, pontapés e lambiscos; as galinhas levam o dia a entrar e a sair, a bicar o cibo nos escanos, nos potes, nas camas, a esgravatar a cinza e o lixo, e, à noite, empoleiram-se atrás da porta ao bafo do borralho; os coelhos entocam-se debaixo da lenha ou da masseira e daí fazem incursões a todos os recantos do casebre, e a qualquer hora; os recos criados ao caco, num caixote, muito perto do lume, porque são friorentos, fazem-se, com a idade, zaragateiros terríveis, espatifando trastes e canelas à dentada; os cabritos chegadiços, ou aleitados a biberão, não largam as pernas das pessoas com més e turras; e o burro e a vaca espreitam por cima da trancada que os separa da pedra do lar. Isto nas casas térreas».

António Carneiro Chaves nasceu em Negrões, concelho de Montalegre, a 20 de Novembro de 1943. Licenciou-se em Economia, no Instituto Superior de Economia de Lisboa, e obteve o grau de Mestre em Economia Europeia, no Instituto de Estudos Europeus da Universidade Livre de Bruxelas (1980). Foi correspondente da RTP e do semanário O Jornal, e colaborador de outros órgãos de informação, durante a sua permanência na Bélgica. Foi bolseiro do Instituto para a Alta Cultura; do Governo Belga; e da Gulbenkian para a especialização em Economia Europeia. Como Quadro Superior do ICEP (Instituto do Comércio Externo de Portugal) foi responsável pelo acompanhamento da conjuntura económica nacional e internacional e do Sistema Monetário Internacional, tendo publicado vários estudos na imprensa especializada. Foi docente do ensino superior na área de Gestão e Marketing Internacional, durante mais de duas décadas, e consultor das mais destacadas empresas de serviços na área de gestão e formação de gestores, directores e quadros superiores de empresas. Colaborou, desde muito jovem, na imprensa regional, estando sempre ligado a projectos socioculturais da sua região, sobre a qual escreveu monografias e argumentos para documentários e obras de ficção, como Um Natal em Barroso, a convite da RTP para exibição na quadra natalícia, em 1976. Desenvolveu, ainda, actividade como empresário, ao longo de vários anos, e colaborou, de modo activo, com várias associações ligadas à área da cultura. É presidente da Academia de Letras de Trás-os-Montes.

 

Na expectativa de podermos contar com a sua presença, enviamos o respectivo convite.

 

Esteja a par dos nossos eventos em: https://www.facebook.com/ancoraeditora/events

 

Com os melhores cumprimentos,

 

Paula Teller

logo-iii

 

 

Av. Infante Santo, 52 – 3.º Esq.

1350-179 Lisboa

Tel. 213 951 221 | 963 054 215

Fax 213 951 222

www.ancora-editora.pt

www.facebook.com/ancoraeditora

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: