MPPM – SESSÃO PÚBLICA COMEMORATIVA DO DIA INTERNACIONAL DE SOLIDARIEDADE COM O POVO PALESTINO – QUARTA-FEIRA, 29 DE NOVEMBRO, 18.30 HORAS – CASA DO ALENTEJO, Rua PORTAS DE SANTO ANTÃO, 58, LISBOA

SESSÃO PÚBLICA COMEMORATIVA DO DIA INTERNACIONAL DE SOLIDARIEDADE COM O POVO PALESTINO

QUARTA-FEIRA, 29 DE NOVEMBRO, 18.30 HORAS – CASA DO ALENTEJO, LISBOA

 

Em 1917 Lorde Balfour, Ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, deu luz verde ao projecto sionista abrindo as portas à emigração judaica para a Palestina.

Em 1947 a Assembleia Geral da ONU aprovou a resolução 181 que atribuía 55% do território da Palestina histórica para o estabelecimento de um estado judaico, com a promessa – nunca cumprida – de constituição de um estado árabe-palestino no restante território e um estatuto especial para Jerusalém.

Em 1967 Israel ocupou militarmente todo o restante território da Palestina histórica (Margem Ocidental do Rio Jordão, Faixa de Gaza e Jerusalém Oriental) e ainda os Montes Golã (Síria) e a Faixa de Gaza (Egipto).

Em 2017 há 600 000 colonos israelitas a viver nos 230 colonatos e postos avançados construídos ilegalmente nos territórios ocupados, protegidos pelo infame «Muro do Apartheid»; há 6200 palestinos nas prisões israelitas, dos quais quase meia centena em detenção administrativa; Israel intensifica a judaização de Jerusalém Leste com a instalação de colonos, a destruição de casas de palestinos e a anexação de territórios da Margem Ocidental; os recursos naturais da Palestina (água, terras de cultivo, pescas, petróleo, gás natural, inertes) são pilhados por Israel; os dois milhões de habitantes de Gaza continuam sujeito a um bloqueio desumano.

A constituição do Estado da Palestina, ainda que em apenas 22% do território da Palestina histórica, nos termos dos Acordos de Oslo (1993-95), afigura-se cada vez mais longínqua.

Mahmoud Darwish, o poeta nacional palestino, questionava: “Senhoras e senhores de bom coração, a terra dos homens é, como vós afirmais, de todos os homens?”.

É tempo de respondermos ao clamor das mulheres e homens palestinos que insistem em manter viva a esperança, contra o esquecimento. É tempo de exigir que a comunidade internacional e cada um dos países que a compõem assumam a sua irrenunciável dívida histórica para com o povo da Palestina. É tempo de exigir Justiça para a Palestina!

O Povo Palestino precisa da nossa solidariedade!

Façamos da Sessão Pública do Dia Internacional de Solidariedade com o Povo Palestino uma forte manifestação de apoio à sua justa causa!

Participe!

Divulgue!

 

MPPM – MOVIMENTO PELOS DIREITOS DO POVO PALESTINO E PELA PAZ NO MÉDIO ORIENTE

Presidente da Assembleia Geral: Carlos Araújo Sequeira | Presidente da Direcção Nacional: Maria do Céu Guerra

Vice-Presidentes: Adel Sidarus, Carlos Almeida, Frei Bento Domingues

Presidente do Conselho Fiscal : Frederico Gama Carvalho

Rua Silva Carvalho, 184 – 1º Dtº | 1250-258 Lisboa | Portugal | Tel. 213 889 076

mppm.palestina@gmail.com | www.mppm-palestina.org | www.facebook.com/mppm.movimento.palestina

O MPPM é uma Organização Não Governamental acreditada pelo Comité das Nações Unidas para o Exercício dos Direitos Inalienáveis do Povo Palestino (Deliberação de 17 de Setembro de 2009)

 

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: