UMBERTO SABA, “ÚLTIMOS VERSOS” – tradução de MANUEL SIMÕES

(1883 – 1957)

Leave a Reply