A BARRACA – ENCONTRO IMAGINÁRIO – Debate entre personagens marcantes da HISTÓRIA UNIVERSAL – HÉLDER MATEUS DA COSTA – participação da sociedade civil – CÂNDIDO DE OLIVEIRA, LUCÍLIA DO CARMO e BELARMINO – AMANHÃ, SEGUNDA-FEIRA, 19 de JULHO, às 19.30


CÂNDIDO DE OLIVEIRA (1898 -1958) foi um extraordinário jogador e  treinador de futebol. De famílias humildes foi acolhido na Casa Pia e aí se  formou física e intelectualmente. Foi o primeiro capitão da equipa de  Portugal e depois ficou célebre como treinador do Sporting dos “5  violinos” – Jesus Correia, Vasques, Peyroteo, Travassos e Albano – e da  Associação Académica de Coimbra. Era funcionário dos CTT e militando contra o nazi-fascismo aderiu a uma rede clandestina Inglesa preparando a necessária defesa a uma possível  invasão Hitleriana. Foi descoberto, preso e enviado para o Tarrafal. Em  1945 participa na fundação do jornal “ A Bola”. Interpretação do  jornalista Fernando Correia. 

LUCÍLIA DO CARMO (Portalegre, 4 de Novembro de 1919 – Lisboa, 19 de  Novembro de 1998) foi uma célebre fadista portuguesa. Estreou-se no  Retiro da Severa, no ano de 1936, quando apenas contava 17 anos, na  presença dos proprietários e empresários das mais típicas casas de fado.  Criou “ O Faia” no Bairro Alto. Deixou uma herança preciosa, o seu filho  Carlos do Carmo, para os amigos o Carlos do “Charme” pela afectividade  e delicadeza com que exprimia as suas ideias e convicções. Interpreta a  fadista Katia Guerreiro.

BELARMINO FRAGOSO Pugilista, natural do Bairro da Mouraria, em  Lisboa, nasceu a 15-07-1931 e faleceu a 19-04-1982. Belarmino Fragoso  podia ter sido um caso sério no mundo do boxe. Foi, anos a fio, campeão  de Portugal. Ficou eternizado no filme “Belarmino” de Fernando Lopes,  considerado o início de alguma modernidade no cinema Português.  Interpreta o militar de Abril José Fernandes.

 

 

CONTACTOS:

Leave a Reply