PROTEJO – MOVIMENTO PELO TEJO – FOI LANÇADO O PROGRAMA RIOS ABERTOS (OPEN RIVERS) PARA REMOVER BARRAGENS E RESTAURAR MILHARES DE KM DE RIOS EM TODA A EUROPA –

O rio Tejo visto do castelo de Almourol

sexta-feira, 8 de outubro de 2021

 

Remoção da barragem no rio Hucava (Eslováquia) em junho de 2021 © Rob Kleinjans Photography

 

8 de outubro de 2021 é um dia inesquecível!

Pela primeira vez na história da Europa, é lançado um novo e dedicado Programa de Rios Abertos de € 42,5 milhões para restaurar rios por meio da remoção de barragens.

Felicita-se o novo programa e os seus fundadores Lisbet Rausing e Peter Baldwin do Fundo ARCADIA por este lançamento.

Acreditamos que esta iniciativa será um ponto de viragem no processo de aumento da remoção de barragens na Europa.

Leia o anúncio oficial de lançamento do Programa Rios Abertos (Open Rivers) e saiba mais porque é hora de libertar os rios da Europa!

Antes e depois da remoção da barragem (Barragem Molló, Espanha) © Agència Catalana de l’Aigua

O Programa Rios Abertos ajudará a restaurar os rios europeus, financiando e apoiando projetos de remoção de barragens em todo o continente. Graças a um investimento de € 42,5 milhões ao longo de seis anos pelo fundo de caridade Arcádia, o Programa aumentará a remoção de barragens e ajudará os rios ameaçados da Europa a correrem livremente mais uma vez!

Porque?

Os rios europeus são os mais fragmentados do mundo, o que levou à perda de muitas espécies e habitats. Uma das maiores causas da fragmentação do rio é a presença de barreiras feitas pelo homem para o fluxo do rio.

A remoção da barragem é uma solução relativamente económica e rápida para restaurar a continuidade do rio. Isso, por sua vez, pode melhorar a qualidade da água, restaurar a diversidade e abundância da vida nos rios e seus habitats circundantes e aumentar a conectividade e resiliência do habitat.

O rio Varde Å (Dinamarca) é revivido após as obras de restauração do rio,  que incluíram a remoção da barragem. © Herman Wanningen

Como?

Com mais de um milhão de barreiras nos rios europeus, é necessário priorizar aquelas que podem ser removidas. O foco do programa será apoiar organizações e comunidades que trabalham para restaurar rios, financiando projetos de remoção de barragens que tenham o maior impacto possível na restauração de ecossistemas fluviais.

Remoção do açude Mjedvjezhiek na Ucrânia © WWF Ucrânia

 O Programa Rios Abertos oferecerá subsídios para:

  1. Apoiar a remoção de pequenas barragens (até 2 metros de altura) em rios.
  2. Apoiar o trabalho preparatório essencial que resultará na remoção da barragem.
  3. Apoiar o movimento de remoção de barragens para que a remoção de barragens seja mais amplamente aceita e implementada a fim de restaurar mais rios em toda a Europa.

O programa oferecerá suas primeiras concessões em fevereiro de 2022, apoiando uma seleção de projetos de remoção de barragens “prontos para remover” que foram identificados durante a sua fase preparatória.

Em 12 de novembro de 2021 lançará um novo período para Manifestações de Interesse para projetos que tenham um início previsto até maio de 2022.

Barragem no rio Hucava antes da remoção © Zuzana Matusova

 

Sobre o Programa Rios Abertos

A missão do Programa Rios Abertos é restaurar rios europeus ameaçados, apoiando intervenções que levem à remoção de barragens e à restauração dos caudais dos rios e da biodiversidade.

A sua visão é para rios livres com ecossistemas saudáveis, diversos e conectados em toda a Europa, que são usufruídos, valorizados e protegidos pelas comunidades que deles dependem.

O programa é administrado pela Stichting European Open Rivers Program, uma fundação de caridade registrada na Holanda.

Um Grupo Consultivo do Programa apoia o programa para garantir que sua estratégia esteja alinhada com outras iniciativas semelhantes dedicadas à restauração de rios na Europa. Os membros incluem:

  • Dam Removal Europe (Remoção de Barragem na Europa),

  • European Centre for River Restoration (Centro Europeu para a Restauração de Rios),

  • European Environment Agency, (Agência Europeia do Ambiente),
  • Global Water Partnership (Parceria Global pela Água),

  • International Union for Conservation of Nature (União Internacional para a Conservação da Natureza)

  • Swansea University (Universidade de Swansea)

 

Prontos para deitarem mãos à obra na remoção de barragens e iniciarem o vosso pedido de subsídio? Esperamos que sim!

Seja o primeiro a receber as notícias importantes do programa inscrevendo-se para receber atualizações de notícias.

Mais informação no site – www.openrivers.eu

Para obter mais informações, entre em contato com: Jack Foxall, Diretor Executivo, Programa Open Rivers; jack.foxall@openrivers.eu


 

Estudos sobre remoção de barreiras à conectividade

 

WWFO potencial de remoção de barreiras para reconectar os rios da Europa

Este estudo propõe uma avaliação inicial do número de barreiras fluviais na Europa que poderiam ser priorizadas para remoção e o resultado esperado dessa remoção, com base em uma amostra de 30.000 barreiras (menos de 3% do número total estimado de barreiras) em grandes e rios de médio porte.

Dam Removal Europe

Remoção de barragens – uma solução viável para o futuro de nossos rios europeus

Um resumo dos problemas associados às barragens e os consideráveis benefícios ambientais, sociais e económicos e as oportunidades que existem com a remoção de barragens, com vários estudos de caso de projetos de remoção de barragens.

 

Publicada por ProTEJO – Movimento pelo TEJO à(s) 19:00

 

Leave a Reply