Posts Tagged: antónio gomes marques

AINDA A PROPÓSITO DO TEXTO DE ANTÓNIO GOMES MARQUES ENVIADO A ANTÓNIO COSTA – por JÚLIO MARQUES MOTA

  O meu amigo António Marques escreveu uma carta aberta dirigida a António Costa em que explicava as razões que o levavam a não se rever nas politicas determinadas pelo Partido Socialista e que, por isso, declarava publicamente abandonar o

AINDA A PROPÓSITO DO TEXTO DE ANTÓNIO GOMES MARQUES ENVIADO A ANTÓNIO COSTA – por JÚLIO MARQUES MOTA

  O meu amigo António Marques escreveu uma carta aberta dirigida a António Costa em que explicava as razões que o levavam a não se rever nas politicas determinadas pelo Partido Socialista e que, por isso, declarava publicamente abandonar o

À ESPERA DO REFERENDO NA CATALUNHA – DOIS TEXTOS DE ALFONSO CASTELAO – selecção e introdução de ANTÓNIO GOMES MARQUES

Publicado originalmente em A Viagem dos Argonautas:
? (1886 – 1950) À Espera do Referendo na Catalunha Muitos de nós aguardamos com ansiedade o próximo referendo na Catalunha, que o governo do Sr. Rajoy tem tratado, em linguagem futebolística, à…

À ESPERA DO REFERENDO NA CATALUNHA – DOIS TEXTOS DE ALFONSO CASTELAO – selecção e introdução de ANTÓNIO GOMES MARQUES

Publicado originalmente em A Viagem dos Argonautas:
? (1886 – 1950) À Espera do Referendo na Catalunha Muitos de nós aguardamos com ansiedade o próximo referendo na Catalunha, que o governo do Sr. Rajoy tem tratado, em linguagem futebolística, à…

PARA A HISTÓRIA DO TEATRO DE AMADORES – 15 – por ANTÓNIO GOMES MARQUES

Depois do meu texto para a revista Nova Síntese, n.º 13, «O Neo-Realismo no Teatro de Amadores», que considerei também como o n.º 14 desta série, tendo em conta que o seu conteúdo se insere de igual modo neste modesto

PARA A HISTÓRIA DO TEATRO DE AMADORES – 15 – por ANTÓNIO GOMES MARQUES

Depois do meu texto para a revista Nova Síntese, n.º 13, «O Neo-Realismo no Teatro de Amadores», que considerei também como o n.º 14 desta série, tendo em conta que o seu conteúdo se insere de igual modo neste modesto

Por Terras do Alentejo, por António Gomes Marques

         Tenho paixão pelo meu país, por este Portugal à beira-mar plantado, com uma costa de grande beleza, de Norte a Sul, onde brilham as suas praias escandalosamente tratadas, de uma forma geral, pelo desenvolvimento turístico, o

Por Terras do Alentejo, por António Gomes Marques

         Tenho paixão pelo meu país, por este Portugal à beira-mar plantado, com uma costa de grande beleza, de Norte a Sul, onde brilham as suas praias escandalosamente tratadas, de uma forma geral, pelo desenvolvimento turístico, o

MORREU O ARMANDO CALDAS, MEU AMIGO, por ANTÓNIO GOMES MARQUES

  Telefonou-me o João Machado, o que é habitual, mas o que motivou o seu telefonema de hoje surpreendeu-me. «Morreu o Armando Caldas», informa-me o João, acrescentando mais alguns pormenores, nomeadamente o ter sido uma morte repentina. Não li, nem

MORREU O ARMANDO CALDAS, MEU AMIGO, por ANTÓNIO GOMES MARQUES

  Telefonou-me o João Machado, o que é habitual, mas o que motivou o seu telefonema de hoje surpreendeu-me. «Morreu o Armando Caldas», informa-me o João, acrescentando mais alguns pormenores, nomeadamente o ter sido uma morte repentina. Não li, nem

O NEO-REALISMO NO TEATRO DE AMADORES, por ANTÓNIO GOMES MARQUES

  I No final de 1970, regressado de Moçambique após a comissão de serviço militar na guerra colonial, de onde consegui sair sem nunca ter entrado em combate ─mas isso é outra história que talvez, um dia, venha a contar─,

O NEO-REALISMO NO TEATRO DE AMADORES, por ANTÓNIO GOMES MARQUES

  I No final de 1970, regressado de Moçambique após a comissão de serviço militar na guerra colonial, de onde consegui sair sem nunca ter entrado em combate ─mas isso é outra história que talvez, um dia, venha a contar─,

DO MITO À PROCURA DA VERDADE SOBRE A 1.ª REPÚBLICA – por ANTÓNIO GOMES MARQUES

    I Saí da aldeia onde nasci —Chã de Alvares/Góis— com 10 anos, mas foi ainda ali que comecei a ouvir falar da 1.ª República como um tempo melhor para todos do que aquele que então se vivia, o

DO MITO À PROCURA DA VERDADE SOBRE A 1.ª REPÚBLICA – por ANTÓNIO GOMES MARQUES

    I Saí da aldeia onde nasci —Chã de Alvares/Góis— com 10 anos, mas foi ainda ali que comecei a ouvir falar da 1.ª República como um tempo melhor para todos do que aquele que então se vivia, o

MAIS UM TEXTO SOBRE O PAÍS QUE TEMOS – por ANTÓNIO GOMES MARQUES

  I   A propósito do meu último texto aqui publicado, “Portugal e a Democracia”, perguntou-me um amigo e camarada de longas lutas: «Quais são os países que, no teu exigente critério, estão à frente de Portugal, além dos que

MAIS UM TEXTO SOBRE O PAÍS QUE TEMOS – por ANTÓNIO GOMES MARQUES

  I   A propósito do meu último texto aqui publicado, “Portugal e a Democracia”, perguntou-me um amigo e camarada de longas lutas: «Quais são os países que, no teu exigente critério, estão à frente de Portugal, além dos que

PORTUGAL E A DEMOCRACIA, por ANTÓNIO GOMES MARQUES

  Fui surpreendido por uma notícia do jornal Público do passado dia 11 de Setembro, com o título «Portugal está em 10.º lugar no ranking das democracias mundiais», à qual reagi de imediato com uma gargalhada; depois, sem demora, pensei:

PORTUGAL E A DEMOCRACIA, por ANTÓNIO GOMES MARQUES

  Fui surpreendido por uma notícia do jornal Público do passado dia 11 de Setembro, com o título «Portugal está em 10.º lugar no ranking das democracias mundiais», à qual reagi de imediato com uma gargalhada; depois, sem demora, pensei:

Ainda a geringonça – Os êxitos do atual governo, vistos do exterior e vistos desde Portugal. A resposta de António Gomes Marques às interrogações de Nuti sobre Portugal

Os êxitos do atual governo, vistos do exterior e vistos desde Portugal. A resposta de António Gomes Marques às interrogações de Nuti sobre Portugal Por António Gomes Marques  em 22 de maio de 2018   “Visto desde Itália, desde 2015

Ainda a geringonça – Os êxitos do atual governo, vistos do exterior e vistos desde Portugal. A resposta de António Gomes Marques às interrogações de Nuti sobre Portugal

Os êxitos do atual governo, vistos do exterior e vistos desde Portugal. A resposta de António Gomes Marques às interrogações de Nuti sobre Portugal Por António Gomes Marques  em 22 de maio de 2018   “Visto desde Itália, desde 2015