OS MAIS DESGRAÇADOS DOS SERES HUMANOS – por Mário de Oliveira*

*Mário, Presbítero da Igreja do Porto

Quase todos os dias, chegam-me mensagens aterradoras, a dizer que os do Dinheiro estão determinados em dominar e destruir o Mundo. Dizem o óbvio. Na verdade, só mesmo cegos que não queiram ver, é que não vêem que as coisas, é por aí que estão a avançar. Porém, de nada adianta ficarmos aterrorizados. Isso é o que os do Dinheiro pretendem. Eles sabem melhor do que ninguém, que populações aterrorizadas, são populações politicamente desmobilizadas. Alerta, pois!

A um dos meus amigos que acaba de me fazer chegar três mensagens-alerta, todas do mesmo teor, acabo de reagir com esta mensagem que aqui partilho, agora, com todas, todos Vós. Eis:

Os do Dinheiro não têm futuro. São assassinos, antes de mais, deles próprios. Suicidam-se, sempre que matam os povos que empobrecem. De iluminados, não têm nada. São cegos que “guiam” outros cegos. Os mais desgraçados dos seres humanos. Comem dinheiro e acabam feitos dinheiro. É o triunfo dos porcos. Em contrapartida, ousemos ser Liberdade. Ousemos ser Pobres por opção. Ousemos viver em Deserto. Viva a Liberdade! Viva a Dignidade! Viva quem é pobre por opção! Viva o Barracão de Cultura de Macieira da Lixa, que precisa urgentemente de equipamento, no seu interior, para poder começar a funcionar com o mínimo de condições. Fujamos do Dinheiro. Ajudemos a equipar o Barracão de Cultura. Comamos CULTURA maiêutica. E seremos Humanos!

 

 

Leave a Reply