A BARRACA – ENCONTROS IMAGINÁRIOS

No próximo Encontro ouviremos

AFONSO COSTA, advogado,professor Universitário, político Republicano e grande legislador da nova República Portuguesa.
Amado e odiado pelo país em permanente convulsão, cercado por invasões Monárquicas apoiadas por Espanha, com as colónias em Africa atacadas pelos abutres Inglaterra e Alemanha, com divisões no campo Republicano ( o tal problema que SEMPRE existe quando as Frentes conquistam o poder), foi um Estadista digno e patriota que morreu no exílio em França depois de exercer cargos de relevo na Sociedade das Nações.
Outra figura da mesa é o inesquecível actor Italiano TOTÓ, cultor de um cómico satírico popular na linha Napolitana dos De Fillipo. Para quem não conheça ou já não recorde este trabalho extraordinário, lembrem-se do trabalho de Mário Viegas, o melhor cultor dessa tecnica de humor.
E como estamos no mundo do cinema trazemos ao debate RANDOLPH HEARST, o multimilionário magnata da imprensa dos Estados Unidos. Inspiração para Citizen Kane de Orson Wells, foi exímio na falsificação e manipulação das notícias, nas provocações politicas e
eleitorais, nas provocações belicistas, e na construção lógica do Império dos tabloides, cadeias de rádio e produção de cinema.
Um ENCONTRO que será muito instrutivo para os dias que correm por aqui e no mundo.

RESERVAS : 213965360 e por este mail – costhelder@gmail.com

29 OUTUBRO, às 21.30

Afonso Costa

 Totò

Randolph Hearst

Afonso Augusto da Costa (Seia, 6 de Março de 1871Paris, 11 de Maio de 1937) foi um advogado, professor universitário, político republicano e estadista português.

Foi um dos principais obreiros da implantação da República em Portugal e uma das figuras dominantes da Primeira República.

Autor do célebre discurso com a frase

Por muitos menos crimes do que os cometidos por D. Carlos I, rolou no cadafalso, em França, a cabeça de Luís XVI

 

Totònome artístico de Antonio de Curtis, (Nápoles, 15 de fevereiro de 1898Roma, 15 de abril de 1967) foi um actor cômico italiano que marcou uma época da invenção  do cómico no cinema-

Dentre seus filmes mais famosos tem-se: Totò e le donne, Miseria e nobiltà, I soliti ignoti, I Ladri, Totò e Cleopatra e Uccellacci e uccellini.

Randolph Hearst

William Randolph Hearst (San Francisco, 29 de abril de 1863Beverly Hills, 14 de agosto de 1951) foi um magnata da imprensa estadunidense.

Na época áurea, a sua empresa, a Hearst Corporation, foi proprietária de 28 jornais, entre eles o San Francisco Examiner, o Chicago Examiner, o The New York Journal e o Boston American; e 18 revistas, entre as quais a Cosmopolitan e American Weekly. Possuía também cadeias de rádio e uma produtra de cinema.

Hearst é considerado um dos precursores da chamada “imprensa marrom“. O filme Cidadão Kane, de Orson Welles, talvez tenha sido baseado em sua vida.

 

FAÇA JÁ A SUA MARCAÇÃO

Leave a Reply