Pentacórdio para Domingo 4 de Novembro

por Rui Oliveira

 

 

   

 

   No Domingo 4 de Novembro, a Fundação Calouste Gulbenkian volta a ser o polo atractivo do dia com o concerto no seu Grande Auditório, às 19h, pelo jovem pianista espanhol Javier Perianes (que já visitara aquela sala em 2007 com a Orquestra Sinfónica de Londres e o maestro Daniel Harding).

   Este Medalha de Bronze do 14º “Concurso Internacional Vianna da Motta” (e também vencedor do 8º “Concurso Internacional de Piano da Fundação Jacinto e Inocencio Guerrero” e Medalha de Ouro do 45º “Concurso Internacional de Piano Prémio Jaén”) lançou recentemente (2011) um disco dedicado à música para piano de Manuel de Falla, incluindo uma gravação ao vivo de “Noites nos Jardins de Espanha”, com a Sinfónica da BBC e o maestro Josep Pons, temas que abordará no concerto.

   É este o seu programa :

 

              Fryderyk Chopin    Prelúdio, op. 28 nº 1

                                                Barcarola, op. 60

                                                Berceuse, op. 57

                                                Balada nº 4, op. 52

              Claude Debussy     Danseuses de Delphes

                                                L’Isle joyeuse

                                                Clair de lune

                                                Les sons et les parfums tournent dans l’air du soir

              Manuel de Falla     Nocturno

                                                Serenata andaluza

                                                Cuatro piezas españolas

                                                Fantasia Baetica

 

   Mostramos-lhe a execução por Perianes de uma das Cuatro piezas españolas, Andalucia :

 

 

 

 

 

   No mesmo Domingo 4 de Novembro há na Sala dos Espelhos do Palácio Foz, às 16h, um Recital de Piano de entrada livre com Miran Devetak, um pianista italiano (nascido junto à Eslovénia) que foi 1º Prémio quer do Concurso Internacional “ Nikolai Rubinstein”, quer do Concurso Internacional “ Città di Moncaglieri”.

   No programa do recital figuram :

      Franz Liszt              Années de pèlerinage-Deuxième année-Italie

                                       Sposalizio

                                       Sonetto 47 del Petrarca

                                       Sonetto 104 del Petrarca

                                       Sonetto 123 del Petrarca

                                       Après une Lecture de Dante-Fantasia quase Sonata

      Robert Schumann Fantasie in C Major op. 17

      Schumann-Liszt     Widmung (dedicação)

                                        Frühlingsnacht (noite de primavera)

 

 

 

   Igualmente no Domingo 4 de Novembro, no Átrio da Biblioteca de Arte do Museu da Fundação Calouste Gulbenkian realiza-se às 12h mais um dos Concertos de Domingo  de entrada livre intitulado “O Guardador de Canções” com Job Tomé, barítono e João Vasco, piano, um recital  − no âmbito da exposição dedicada ao mar − em torno do imaginário e das emoções que invoca e oculta a viagem e a contemplação, mas também a separação, a tragédia e a morte.

  

 

    Num campo musical muito diverso, também no Domingo 4 de Novembro, vem a Portugal o grupo norte-americano The Walkmen para um concerto único a realizar no TMN ao Vivo, às 21h (embora inicialmente previsto para o Coliseu de Lisboa), onde vão apresentar o novo álbum “Heaven”, editado no início de Junho deste ano.

   Esta banda de Indie rock constituida em 2000 por Paul Maroon (guitarra, piano), Walter Martin (órgão, contrabaixo), Matt Barrick (bateria), Peter Bauer (contrabaixo) e Hamilton Leithauser (voz, guitarra), já com 6 discos editados, tem uma ligação particular com o público português, que teve a concretização máxima no disco “Lisbon”, lançado em Setembro de 2010, inspirado na capital portuguesa.

   É dele este tema :

 

 

 

 

   Ainda em campo diferente, tem lugar ainda no Domingo 4 de Novembro, às 21h, no cinema São Jorge o espectáculo “Aline Frazão & Amigos” onde a jovem cantora angolana Aline Frazão apresentará pela primeira vez em Lisboa o seu disco “Clave Bantu” num concerto que reunirá Paulo Flores, António Zambujo e Sara Tavares como seus convidados nesta viagem pela lusofonia.

   Deste álbum que reúne uma selecção de onze temas originais compostos pela luandense durante estes últimos quatro anos de viagens e é resultante da colaboração com o contrabaixista cubano José Manuel Diaz e com o percussionista galego Carlos Freire, retirámos este tema Assinatura de Sal  :

 

 

 

   Por último, aos amadores de cinema (e do francês em particular) informa-se que a curta passagem do filme de Claude Chabrol produzido em 2009 pelas salas portuguesas termina neste Domingo 4 de Novembro com a exibição no cinema Nimas às 16h e 18h30 de “Bellamy”, com Gérard Depardieu (Paul Bellamy), Marie Bunel (Françoise Bellamy), Clovis Cornillac (Jacques Lebas), Jacques Gamblin (Nöel Gentil), Vahina Giocante (Nadia Sancho) e Marie Matheron (Madame Leullet).

   Sinopse : Como todos os anos nas férias o comissário Bellamy vem passar um tempo a Nîmes em casa da família da sua mulher Françoise que só sonha com viagens à volta do mundo … Paul adora Françoise, mas detesta viagens. Um pretexto duplo prende-o naquele lugar : a chegada imprevista do seu meio-irmão Jacques, um aventureiro de meia tigela dado à bebida; e o aparecimento dum homem desesperado que lhe pede protecção. No seu desejo generoso de ajudar toda a gente, Paul vai dedicar-lhes o seu tempo e os seus esforços, pois a sua curiosidade natural satisfaz-se com isso e a sua posição de irmão mais velho beneficia-o …

   Mostramos-lhe (se o não puder ver) o filme-anúncio e uma cena da “investigação” do comissário :

 

 

 

 

(para as razões desta nova forma de Agenda ler aqui ; consultar a agenda de Sexta aqui )

 

 

 

 

4 Comments

  1. A angolana Aline Frazão andou por muitos lados. Entre eles pela Galiza, onde viveu em Compostela e participou na edição de 2010 do Cantos na Maré, festival galego dedicado à lusofonia. Foi aí que formou a banda que a acompanha: o contrabaixista cubano Jose Manuel Díaz e o percussionista galego Carlos Freire.
    Em 2011 fazendo duo com o castelhano César Herranz – sob o nome “A Minha Embala” – ganhou o concurso “Musicando Carvalho Calero” com uma versom musical do poema “Maria Silêncio”.

  2. Meu caro Não quis prolongar a apresentação para não desequilibrar os textos, mas é facto que a Aline Frazão, depois da Universidade em Lisboa, fez um circuito “espanhol” significativo, passando por Barcelona em 2009 (e daí o projecto “A minha embala”) e Madrid até que em 2011, depois do tal festival galego se transferiu para Santiago de Compostela, onde ainda viverá (pelo menos parcialmente dado ter lá a banda que refiro no texto, responsável pelo “Clave Bantu”). Agradeço a complementação.

Leave a Reply