CALDOS – por Fernando Correia da Silva

Um Café na Internet

logótipo um café na internet 

Em 1579 pergunto ao Fernão Mendes Pinto:

– E o que é que estava escrito, em língua chinesa, sobre o terríbil Afonso de Albuquerque naquela lápide de que falaste?

 Fernão sorri e repete a inscrição:

 – Capitão Albuquerque, leão dos roubos do mar.

         Concluo:

 – E tu estás de acordo, suponho…

         Reage, protesta:

 – Não, não, isso dizem os chins. Eu digo que D. Afonso de Albuquerque é vero herói lusitano, varão assinalado por via das guerras ganhas e de muitas outras obras valorosas.

        Estou em crer que Fernão põe na boca dos gentios palavras e opiniões que são da sua lavra. Mas não se arrisca a assumi-las como suas. Bem o entendo. Nos turvos tempos em que estamos mergulhados, cautela e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém

Leave a Reply