EDITORIAL – O GOVERNO FAZ AS MALAS – O PSD PREPARA O BUNKER

Imagem2Repetindo uma velha graçola ianque, diríamos – há uma boa notícia e uma má notícia: a boa notícia é que o governo de Passos Coelho pode cair a todo o momento. A má notícia é a de que o próximo governo pode ser liderado por António José Seguro…

Segundo revelou ontem o semanário Sol na sua edição on-line, na passada terça-feira, Passos Coelho esteve na sede do PSD para, em conjunto com a  Comissão Permanente,  encontrar medidas adequadas a um eventual colapso do executivo governamental. Terá posto em debate dois cenários – a constituição de um governo do bloco central (sendo improvável que o PS aceite tal aliança) e outro, a demissão do governo e a realização de eleições antecipadas. Aguardando-se a decisão do Tribunal Constitucional sobre o Orçamento de Estado e podendo o acórdão declarar a sua inconstitucionalidade.

Entre o estado-maior do PSD adensa-se a convicção de que eleições antecipadas conduzirão inexoravelmente a um novo pedido de empréstimo. Durante três horas, Passos Coelho procurou sensibilizar os membros daquele organismo para as consequências de um chumbo vindo do Palácio Ratton  e que inviabilize normas do Orçamento do Estado para 2013. Na quarta-feira, a  Antena 1 havia revelou que Passos Coelho reconheceu ante a Comissão Permanente do PSD não ter alternativas para os cortes avaliados pelo Tribunal Constitucional. E que o seu caminho poderia ser o da demissão.

Ou seja só passando por cima da Constituição este miserável governo pode prosseguir a sua tarefa de destruição da vida social de uma grande parte do povo português – privando-o de cuidados de saúde, cortando pensões de reforma, promovendo o desemprego. O Público noticiou ontem que Passos já “reconheceu perante o seu núcleo duro que o Governo pode não chegar ao final da legislatura”. Como disse o poeta António José Forte, “Fazei todo o mal que puderdes e passai depressa”

Leave a Reply