PRECÁRIOS INFLEXÍVEIS – FCT ADMITE ATRASOS NA ABERTURA DOS CONCURSOS PARA BOLSAS

banner_pi_bolseiros

 Julho 12, 2013

 1069969_517352638359148_970523415_nA mobilização e os protestos anunciados obrigaram a Fundação para Ciência e a Tecnologia (FCT) a admitir que há atrasos na abertura de concursos para bolsas, embora apenas anuncie mais um horizonte temporal vago em forma de promessa vã – e fá-lo em declarações à imprensa, sem qualquer nota específica publicada no seu site. É preciso procurar a grelha do calendário para concursos para se saber que houve alterações. Em Maio, a FCT emitiu um comunicado assumindo a abertura de concursos de bolsas individuais de doutoramento, pós-doutoramento e de Investigador FCT durante o mês de Junho. Agora diz que tal será em Julho, «o mais rapidamente possível». Mas estamos já a meio do mês de Julho…

A justificação para o atraso expressa simplesmente incompetência e desrespeito pelos investigadores científicos que esperam e desesperam com as suas vidas e projetos suspensos. Um mês e meio sem dar notícias não pode ser a forma de relação com quem está disposto a não desistir do país, não desistir da produção de saber, não desistir da investigação e inovação científicas.

Exigimos respeito!

A FCT tem de fixar definitivamente a data de abertura dos concursos de 2013 e assumir esse compromisso claramente.

No início desta semana, o grupo de bolseiros do PI tornou público um comunicado de imprensa denunciando a situação e também apelando à participação de todos – bolseiros, futuros candidatos a bolseiros, investigadores, professores, cidadãos que apoiam a ciência e o conhecimento, cidadãos que rejeitam a destruição do país como solução – numa ação de protesto, um flashmob para iluminar a FCT, na próxima segunda-feira, dia 15 de Julho, às 13h, em frente à Loja do Cientista (Av. D. Carlos I, nº124).

Entretanto, a ABIC está a promover um abaixo-assinado para exigir “a abertura imediata dos concursos individuais de bolsas de doutoramento e pós-doutoramento em 2013”. A petição pode ser assinada aqui.

Só a mobilização poderá obrigar a FCT a ouvir-nos e a fazer o que deve – abrir os concursos para bolsas, respeitar os investigadores científicos e dignificar a ciência e o conhecimento.

Contamos com todos/as na ação de dia 15! Traz um espelho ou uma lanterna

Leave a Reply